conecte-se conosco


Cidades

Velório só pode durar até 4h e com cinco pessoas por vez em Conquista D’Oeste (MT), decreta prefeitura

Publicado em

Cidades [email protected]

Se for em casa só serão liberados os que a residência tiver mais que 30 m².

A Prefeitura de Conquista D’Oeste , a 571 km de Cuiabá, Maria Lúcia Porto (PL), decretou situação de emergência no município e restringiu as medidas protetivas, na última semana. Entre as medidas, o decreto restringe a duração dos velórios a, no máximo, quatro horas, quando a causa da morte não foi a Covid-19.

Além disso, o documento também estabelece:

  • Alimentos e bebidas estão proibidos de serem servidos e consumidos durante o velório;
  • Os presentes no velório não podem ultrapassar o número de cinco pessoas ao mesmo tempo dentro do ambiente interno
  • Deverá ser observado o distanciamento de 1,5m entre cada pessoa no velório, bem como na cerimônia de sepultamento;
  • As janelas e portas do local do velório devem ser mantidas abertas para propriciar a ventilação constante;
  • Idosos com mais de 60 anos, portadores de doenças crônicas e imunodeprimidos, gestantes, lactantes, crianças com até 12 anos, pessoas com sintomas de problemas respiratórios como febre, tosse, dor de garganta, coriza ou congestão nasal, não devem ir aos velórios, mantendo o isolamento social;
  • Ao entrar e sair dos locais dos velórios as pessoas devem realizar a desinfecção das mãos com álcool gel 70%, que deve estar disponibilizado na entrada e em outros lugares visíveis e identificados;
  • Todos deverão estar obrigatoriamente de máscara;

 

Leia mais:  Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de tráfico e associação, dentro e fora de unidade prisional em Comodoro, Pontes e Lacerda e Vila Bela da Santíssima Trindade

Quanto ao espaço da cerimônia fúnebre, se for em casa só serão liberados os que a residência tiver mais que 30 metros quadrados. Todos os convidados devem usar máscara e idosos, crianças de até 12 anos, pessoas com doenças crônicas e/ou sintomas de gripe não devem ir a esse tipo de evento.

A medida vale até 4 de abril. O município justifica a necessidade das medidas por causa da escassez de leitos de UTI, de equipamentos de auxílio respiratório e limitação de recursos humanos na estrutura de saúde local para atendimento dos casos de Covid-19.

A prefeitura também decretou a suspensão do funcionamento de bares, lanchonetes, academias, clubes, centros de ginástica, tabacarias, exposições em geral, congressos e seminários, entre outros.

Aos bares e lanchonetes será permitido o funcionamento por meio de entrega em domicílio até às 23h.

Missas, cultos, encontros e celebrações religiosas poderão ser realizadas de forma presencial somente aos domingos, entre o horário das 05h e 12h, desde que não seja ultrapassada em 30% a capacidade máxima de lotação do local.

Os estabelecimentos que não foram proibidos de funcionar poderão manter seu horário de funcionamento aberto ao público de segunda à sexta feira das 5h às 19h e aos fins de semana das 5h às 12h.

As farmácias, serviços de saúde, de hospedagem,de transporte rodoviário, transporte individual de passageiros por meio de táxi ou aplicativo, as funerárias, os postos de combustíveis, exceto conveniências, as indústrias, as atividades de colheita e armazenamento de alimentos e grãos, serviços de manutenção de energia, água, telefonia, coleta de lixo e as atividades de logísticas de distribuição de alimentos, não ficam sujeitas às restrições de horário.

Fica proibida a venda de bebida alcoólica nas conveniências, restaurantes e lanchonetes localizadas em postos de combustíveis situados às margens de rodovias estaduais e federais que passam dentro do território municipal fora dos horários definidos no decreto.

Fonte: G1 MT

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Prefeitura de Cáceres prorroga medidas restritivas de quarentena coletiva obrigatória até o dia 20/04

Publicados

em

A Prefeitura Municipal de Cáceres editou hoje (15), o Decreto nº 355 de 15 de abril de 2021, prorrogando o efeito do Decreto nº 247, de 04 de março de 2021, e Decreto nº 328, de 07 de abril de 2021. 

Considerando fatores como  o aumento da média de casos, internações hospitalares e óbitos; Taxa de Ocupação de UTI  de 95,21% no Estado de Mato Grosso, e no Hospital Regional Dr.

Antônio Fontes  em 100%; que o Município de Cáceres se encontra em classificação de risco “MUITO ALTO”, e,  além do  estado de emergência em saúde pública, a Prefeita Eliene, resolveu prorrogar até o dia 20 de abril de 2021,  os efeitos do Decreto Municipal nº 247, de 04 de março de 2021, que autoriza a realização de atividades em regime de teletrabalho e revezamento nos órgãos da administração pública direta e indireta do Poder Executivo Municipal. 

Também ficam prorrogados os efeitos do Decreto Municipal nº 328, de 07 de abril de 2021, que estabelece medidas restritivas de quarentena coletiva obrigatória, para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente da COVID-19 (Sars-Cov-2). 

O Decreto nº 355 de 15/04/21, foi assinado pela Prefeita Eliene Liberato na tarde desta quinta-feira (15/04), e será publicado no Diário Oficial Eletrônico dos Municípios do Estado de Mato Grosso, na edição do dia 16/04/2021.

Os efeitos do Decreto nº 355 poderão ser revistos ou novamente prorrogados após disponibilização, pelo Governo do Estado de Mato Grosso, de Painel Epidemiológico atualizado contendo a classificação de risco do Município de Cáceres-MT.

Por Cáceres Noticias 

Comentários Facebook
Leia mais:  Prevenção: Prefeitura de Vila Bela realiza desinfecção dos prédios públicos e distribui KIT COVID para a população
Continue lendo

INFORME PUBLICITÁRIO

Propaganda

Pontes e Lacerda

Propaganda

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana