conecte-se conosco


COVID-19

“Toninho do Trenzinho da Alegria” morre por complicações da Covid-19

Publicado em

COVID-19 [email protected]

Morreu na manhã desta quarta-feira (07/04), no Hospital Vale do Guaporé, em Pontes e Lacerda, Antonio Luiz Nogueira de 60 anos, vítima da Covid-19. Ele estava internado para tratar da doença.

Ele era conhecido como “Toninho do Trenzinho da Alegria” e morava em Pontes e Lacerda ha vários anos. Ele era diácono da Igreja Congregação Cristã no Brasil e deixa esposa e filho.

O sepultamento do irmão Toninho, será a partir das 13h15min, sendo que o cortejo sairá da Santa Casa, com destino ao Cemitério Municipal Recanto da Paz.

 

Leia mais:  Mauro lamenta decisão da Assembleia: É preciso salvar vidas

Comentários Facebook
Propaganda

COVID-19

Governo de MT lamenta falecimento do promotor de Justiça Célio Fúrio

Publicados

em

O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes externaram as condolências aos familiares e amigos do promotor

O Governo de Mato Grosso lamenta a morte do promotor de Justiça, Célio Fúrio, por complicações da Covid-19, nesta sexta-feira (16.04). Ele estava internado desde o dia 24 de março em um hospital particular de Cuiabá e com o agravamento da doença foi transferido para São Paulo, onde faleceu.

O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes externaram as condolências aos familiares e amigos do promotor. “Oramos a Deus para que a família e os amigos tenham forças para superar essa perda”.

Mauro Mendes pontuou sobre a atuação do representante do Ministério Público do Estado na 35ª Promotoria de Justiça do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público de Cuiabá.

“Era um zelador incansável na defesa das boas práticas na administração pública e do combate à corrupção. Seu cuidado inspirava para a boa gestão do dinheiro público e tenho certeza de que deixa sua contribuição para que todos os gestores façam o uso correto dos recursos”, disse o governador.

O secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, destacou o profissional e cidadão respeitado não apenas pelos colegas do Ministério Público, mas também por todos os que o conheciam.

“Lamento muito essa perda, pois Célio Fúrio foi um homem extremamente dedicado na defesa do direito do cidadão mato-grossense. Era um homem que reconhecia seus equívocos e essa era sua maior grandeza. Uma pessoa honrada e que fará muita falta ao Estado, principalmente, por sua atuação no combate à corrupção”, afirmou.

Ele atuava no MPE há 29 anos e deixa esposa e dois filhos.

Fonte: Secom-MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Morre empresária Odete Ribeiro por complicações da COVID 19
Continue lendo

INFORME PUBLICITÁRIO

Propaganda

Pontes e Lacerda

Propaganda

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana