conecte-se conosco



Mato Grosso

Testagem para Covid-19 em Mato Grosso é cinco vezes maior que média nacional

Publicado

Laboratório Central do Estado já avaliou um total de 152.828 amostras do RT-PCR e superou a marca de 4 mil testes por 100 mil habitantes

Ana Lazarini | SES-MT

O Lacen atingiu a média de 4.454 testes aplicados para cada 100 mil habitantes – Foto por: Tchélo Figueiredo | Secom-MT

Na última quarta-feira (06.01), Mato Grosso alcançou a marca de 4.454 testes moleculares (RT-PCR) aplicados para cada 100 mil habitantes. Isto é, mais do que o quintuplicou a média nacional – de 870 testes por 100 mil habitantes –, conforme apontam dados disponibilizados no Painel da Covid-19. Os números mostram um acréscimo de aproximadamente 411% em relação à média nacional.

Desde que passou a realizar testes de coronavírus, no dia 19 de março de 2020, o Lacen já avaliou um total de 152.828 amostras do RT-PCR. 

“A viabilização do teste da Covid-19 à população de Mato Grosso é fundamental, sobretudo se considerarmos a detecção e tratamento precoces. Essa ampla testagem também permite a detecção do maior número de casos e a análise de dados mais precisos e próximos da realidade. É importante ressaltar que esses números auxiliam no monitoramento não somente dos pacientes internados, mas também daqueles que estão em isolamento domiciliar”, explicou a secretária adjunta Executiva da SES, Danielle Carmona.

Na semana epidemiológica de número 14, o Laboratório Central do Estado (Lacen), unidade gerida pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), realizou 21,52 testes por 100 mil habitantes. Na semana epidemiológica 49, esse número saltou para 130,6, já acima da média nacional da época.

Há cerca de um mês, o Laboratório atingiu a média de 3.776 testes aplicados para cada 100 mil habitantes. Contudo, nesta semana, foi superada a marca dos 4 mil testes.

“São amostras vindas de diversos municípios de Mato Grosso. Nossa equipe recebe, realiza a conferência das amostras, se elas possuem viabilidade de análise (qualidade e documental). Depois é realizada a preparação de reagentes e, então, as amostras são colocadas em equipamentos para a extração viral e posterior amplificação das mesmas. A liberação dos resultados é feita por meio do Sistema Gerenciador de Laboratorial (GAL) e a vigilância epidemiológica dos municípios realiza a entrega aos pacientes. É um trabalho importante e complexo que conta com uma equipe preparada para execução”, concluiu a diretora do Lacen, Elaine Cristina de Oliveira.

Testes rápidos

Além de promover a testagem do coronavírus via teste RT-PCR, o Governo implementou, por meio da SES, o Centro de Triagem da Covid-19 na Arena Pantanal. Em mais de cinco meses de funcionamento, o Centro já realizou mais de 85 mil atendimentos e testes rápidos. Entre os dias 22 de julho e 28 de dezembro, 13.703 pessoas testaram positivo para coronavírus, 46.438 obtiveram o resultado negativo e 25.514 casos foram considerados suspeitos da Covid-19.

O Governo de Mato Grosso ainda distribuiu 631,1 mil testes rápidos aos 141 municípios de Mato Grosso com o objetivo de auxiliar as prefeituras na ampliação do rastreamento dos casos confirmados da Covid-19.

Comentários Facebook
Leia mais:  Sábado (23): Mato Grosso registra 207.747 casos e 4.954 óbitos por Covid-19
publicidade

Mato Grosso

Sábado (23): Mato Grosso registra 207.747 casos e 4.954 óbitos por Covid-19

Publicado

Há 285 internações em UTIs públicas e 316 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 70% para UTIs adulto e em 36% para enfermarias

Rose Velasco | SES-MT

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (23.01), 207.747 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.954 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 980 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 207.747 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.593 estão em isolamento domiciliar e 193.143 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 285 internações em UTIs públicas e 316 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 70,93% para UTIs adulto e em 36% para enfermarias adulto.

 

Leia mais:  Polícia investiga novas pistas sobre paradeiro de menino desaparecido há mais de um ano em MT

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (45.348), Várzea Grande (13.809), Rondonópolis (13.798), Sinop (10.964), Tangará da Serra (9.129), Sorriso (9.046), Lucas do Rio Verde (8.375), Primavera do Leste (6.345), Cáceres (4.836) e Nova Mutum (4.372).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 177.488 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 436 amostras em análise laboratorial.

(mais…)

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana