conecte-se conosco


Mato Grosso

Quarta-feira (20): Mato Grosso registra 203.734 casos e 4.877 óbitos por Covid-19

Publicado em

Mato Grosso [email protected]

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (20.01), 203.734 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.877 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.609 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 203.734 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.868 estão em isolamento domiciliar e 188.925 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 292 internações em UTIs públicas e 332 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 72,68% para UTIs adulto e em 38% para enfermaria adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (44.801), Várzea Grande (13.692), Rondonópolis (13.543), Sinop (10.816), Tangará da Serra (8.986), Sorriso (8.899), Lucas do Rio Verde (8.244), Primavera do Leste (6.253), Cáceres (4.753) e Nova Mutum (4.254).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 172.557 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 413 amostras em análise laboratorial.

Ana Lazarini | SES-MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Governador e presidente do Detran prorrogam prazo para licenciamento de veículos em MT
Propaganda

Mato Grosso

Governo de Mato Grosso estende horários para supermercados e restaurantes

Publicados

em

O Governo de Mato Grosso alterou as medidas restritivas contra o contágio da covid-19 e estendeu os horários de funcionamento permitidos para supermercados nos sábados e para restaurantes aos finais de semana.

As alterações do novo decreto serão publicadas em edição extra do Diário Oficial desta sexta-feira (05.03). As medidas restritivas começaram a valer nesta quarta-feira e têm validade de 15 dias.

De acordo com o novo decreto, os supermercados e estabelecimentos que vendem produtos alimentícios poderão ficar abertos nos sábados até às 19h, “vedado o consumo de bebidas alcoólicas no local”. Antes, a permissão desse ramo nos sábados era das 5h às 12h.

Já os restaurantes, inclusive os localizados em shoppings, que poderiam atender até o meio-dia nos sábados e domingos, agora poderão funcionar até às 14h no final de semana. A alteração não se aplica às demais lojas dos shoppings.

Confira como ficaram as novas regras, válidas para os 141 municípios de Mato Grosso:

– De segunda à sexta, proibição de todas as atividades econômicas das 19h às 5h. Aos sábados e domingos, a proibição será após o meio-dia. A exceção fica por conta das farmácias, imprensa, hospedagem, serviços de segurança e vigilância privada, serviços de saúde, funerárias, postos de gasolina (exceto conveniências), indústrias, transporte de alimentos e grãos, e serviços de manutenção de atividades essenciais, como água, energia, telefone e coleta de lixo.

– Supermercados poderão funcionar nos sábados das 5h às 19h.

– Restaurantes, inclusive os localizados em shoppings, poderão atender nos sábados e domingos até às 14h.

– Nos horários permitidos, as atividades econômicas deverão respeitar as medidas de segurança, como o uso de máscara, distanciamento e limitação de 50% da capacidade máxima do local.

– Eventos podem ocorrer dentro do horário permitido, respeitado o limite 30% da capacidade do local, e número máximo de 50 pessoas.

– Os serviços de entrega por delivery seguem autorizados até às 23h.

– O transporte coletivo e congêneres (Uber, 99, etc) podem funcionar normalmente.

– Toque de recolher a partir das 21h até às 5h, com proibição de circulação.

– Nos órgãos públicos estaduais, fica suspenso o atendimento presencial em todas as secretarias e órgãos do governo, com exceção das unidades finalísticas. Quanto a jornada de trabalho, cada secretaria/autarquia vai disciplinar medidas para redução do fluxo de pessoas.

Comentários Facebook
Leia mais:  Governo de MT encaminha proposta para cobrar pelo uso das tornozeleiras eletrônicas
Continue lendo
Propaganda

Pontes e Lacerda

Propaganda

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana