conecte-se conosco


Pontes e Lacerda

Pontes e Lacerda entra no grupo de ALTO RISCO PARA CONTAMINAÇÃO DO COVID-19 em MT

Publicado em

Pontes e Lacerda [email protected]

Outras 25 cidades de Mato Grosso registram risco moderado de contágio por coronavírus

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou, nesta quinta-feira (25.02), o Boletim Informativo n° 354 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. 

O documento mostra, a partir da página 9, que 13 municípios registram alta classificação de risco para o coronavírus. São eles: Cuiabá, Rondonópolis, Várzea Grande, Primavera do Leste, Sinop, Nova Xavantina, Sorriso, Barra do Garças, Poconé, Cáceres, Pontes e Lacerda, Nova Mutum e Cotriguaçu.

Ainda de acordo com informações do Boletim, outras 25 cidades foram classificadas na categoria de risco moderado para a Covid-19. São elas: Alta Floresta, Juruena, Confresa, Carlinda, Vila Bela da Santíssima Trindade, Paranatinga, Colíder, Tangará da Serra, Paranaíta, Mirassol D’Oeste, Peixoto de Azevedo, Alto Araguaia, Brasnorte, Arenápolis, Campo Novo do Parecis, Lucas do Rio Verde, Chapada dos Guimarães, Juara, Canarana, São Félix do Araguaia, Sapezal, Marcelândia, Conquista D’Oeste, Glória D’Oeste e Serra Nova Dourada. 

O sistema de classificação que aponta o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos, é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades.

Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana, às segundas e quintas-feiras, e os resultados são divulgados nos Boletins Informativos da SES.

Recomendações aos municípios

Por meio do Decreto Estadual nº 522, de 12 de junho de 2020, o Governo de Mato Grosso faz diversas recomendações aos municípios classificados com risco baixo, moderado, alto e muito alto de contaminação pelo coronavírus.

As orientações para os municípios classificados como risco baixo são: evitar circulação de pessoas pertencentes ao grupo de risco, conforme definição do Ministério da Saúde; isolamento domiciliar de pacientes em situação confirmada de Covid-19 e quarentena domiciliar de pacientes sintomáticos em situação de caso suspeito para de Covid-19, entre outras. 

Para os municípios classificados com o risco moderado de contaminação pelo vírus, o Governo recomenda a implementação e manutenção de todas as medidas previstas para o nível de risco baixo, além de quarentena domiciliar para pessoas acima de 60 anos e grupos de risco definidos pelas autoridades sanitárias; suspensão de aulas em escolas e universidades.

Já para os municípios classificados com alto risco de contaminação pela doença, as recomendações anteriores são mantidas e acrescentadas novas orientações como: proibição de qualquer atividade de lazer ou evento que cause aglomeração; proibição de atendimento presencial em órgãos públicos e concessionárias de serviços públicos e adoção de medidas preparatórias para a quarentena obrigatória.

SES MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Fux cita gravidade da situação e manda Pontes e Lacerda seguir decreto do Governo contra a Covid-19
Propaganda

Pontes e Lacerda

Comissão Regional de Saúde é criada por vereadores da Região Oeste do Estado de Mato Grosso, após reunião na Câmara Municipal de Pontes e Lacerda

Publicados

em

O objetivo do encontro foi o de alinhamento junto aos parlamentares da Região Oeste para buscar recursos, melhorias e qualidade dos atendimentos no Hospital Vale do Guaporé nesse momento de pandemia

Um grande encontro que reuniu a classe política das Comissões de Saúde dos municípios de Vila Bela da Santíssima Trindade, Pontes e Lacerda, Campos de Júlio, Comodoro, Vale de São Domingos e a diretoria do Hospital Vale do Guaporé, aconteceu na manhã desta sexta-feira (16) na Câmara de Vereadores de Pontes e Lacerda.

O objetivo dos participantes foi somar forças para que juntos possam buscar recursos a nível estadual e federal para a unidade hospitalar que atende toda a região.

Preocupados com a atual situação causada por conta do novo coronavírus, os vereadores juntamente com os representantes do hospital, decidiram criar uma comissão para consolidar forças quando for necessário buscarem recursos para o hospital.

A reunião foi bastante produtiva, durou pouco mais de duas horas. Alguns questionamentos elencados pelos parlamentares foram esclarecidos pela diretoria do hospital.

Após o termino da reunião ficou definida a “Comissão Regional de Saúde do Vale do Guaporé” que é composta pelo vereador presidente da comissão, Edicley Coelho (vereador por Vila Bela), Paulo Sérgio Bezerra como vice-presidente (vereador por Comodoro) e Daniel Soares da Silva sendo o relator da comissão (vereador por Pontes e Lacerda).

Por Adriano Monezi 

Comentários Facebook
Leia mais:  Águas Pontes e Lacerda tem horário de atendimento presencial reduzido; das 8h às 12h
Continue lendo

INFORME PUBLICITÁRIO

Propaganda

Pontes e Lacerda

Propaganda

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana