conecte-se conosco


Polícia

PF apreende avião de ex-assessor do Governo Silval “recheado” com 500 kg de cocaína

Publicado em

Polícia [email protected]

Advogado defende que financiamento ainda não foi concluído e empresa ainda não é operada por ele e os sócios

O avião em que a Polícia Federal apreendeu na última terça-feira (9), 500kg de cocaína no Aeroporto Internacional de Salvador, Bahia, é de uma empresa que tem como um dos sócios o ex-assessor do Governo de Mato Grosso, Rowles Magalhães, que denunciou o esquema fraudulento nas obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

A droga estava escondida na aeronave que saiu de São Paulo com destino a Portugal, na Europa, mas precisou descer na Bahia depois de apresentou um alerta de pane. Durante a manutenção os mecânicos encontraram parte da droga e, imediatamente, chamaram a Polícia Federal.

Com o auxílio de Peritos Criminais Federais e de cães farejadores da Polícia Civil, foram localizados outros esconderijos onde estava o restante da cocaína, que foi encaminhada à Superintendência Regional da Polícia Federal.

https://go.hotmart.com/Q47755178MOs tripulantes do avião, o piloto, copiloto e comissária de bordo, também foram conduzidos para prestar depoimento e foram liberados em seguida. Dois passageiros também teriam sido ouvidos pela PF.

O advogado de Rowles, Ricardo Monteiro, disse que o cliente adquiriu a empresa portuguesa com outros sócios, mas como o financiamento ainda não foi concluído eles ainda não assumiram a operação, apenas o contrato de intensões.

Mas, o advogado garantiu que Rowles está à disposição para quaisquer esclarecimentos e que as negociações de compra definitiva da empresa seguem sem interferências. A PF investiga o caso. 

De acordo com a PF, os responsáveis pela carga ilícita, que poderão responder pelos crimes de tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico, previstos nos artigos 33 e 35 da Lei 11.343/2006, cujas penas, somadas, podem chegar a 25 anos de prisão.

Fonte: SÍLVIA DEVAUX | REPÓRTER MT

 

Leia mais:  Polícia Civil divulga resultado final do processo seletivo para o cargo de analista de sistemas em MT

Comentários Facebook
Propaganda

Polícia

Homem é preso suspeito de furtar ventiladores pulmonares de hospital referência para Covid-19 em Cáceres

Publicados

em

Por G1 MT

Um homem foi preso, nesta quarta-feira (3), suspeito de furtar dois ventiladores pulmonares e um monitor multiparâmetro do Hospital Regional de Cáceres, a 228 km da capital, no dia 25 de janeiro. A unidade de saúde é referência para casos de Covid-19.

Os aparelhos estavam escondidos na casa do suspeitos, em um condomínio no Bairro Jardim Santa Amália, em Cuiabá.

De acordo com a Polícia Civil, no dia do crime, o homem se apresentou no hospital como técnico em manutenção de equipamentos hospitalares, dizendo que faria um orçamento relativo a serviços que seriam prestados ao local.

O furto, conforme investigação da Delegacia de município e Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), ocorreu quando um funcionário do setor saiu da sala onde estavam os equipamentos, deixando o suposto técnico sozinho.

Durante as buscas pelo suspeito, os policiais conseguiram identificar e prender o suspeito em Cáceres. Já os aparelhos furtados foram encontrados em Cuiabá e encaminhados à delegacia.

Segundo o delegado, como já não estava em situação de flagrante o suspeito responderá em inquérito policial pelo crime de furto mediante fraude. Agora a polícia tenta identificar se haviam outras pessoas envolvidos no crime.

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil e Procon fiscalizam posto de combustível para apurar irregularidades durante abastecimento
Continue lendo
Propaganda

Pontes e Lacerda

Propaganda

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana