conecte-se conosco



Mato Grosso

MT e Agência de Exportações fazem parceria para industrialização e atração de investimentos

Publicado


Reunião do Governo do Estado com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Atração de Investimentos (Apex-Brasil), vinculada ao Ministério das Relações Exteriores (MRE) realizada nesta terça-feira (11.02), reforçou o interesse em “vender” Mato Grosso para o mundo. O objetivo é criar um ambiente propício para exportações e atração de investimentos.

Um dos projetos da Apex é de capacitação das empresas para promover a industrialização de Mato Grosso, que deverá ser implementado ainda no primeiro semestre.

“A Apex tem muitas oportunidades para que micro e pequenos empresários se qualifiquem e se lancem ao mercado externo, assim como as empresas maiores. Então, lançaremos em Mato Grosso o primeiro núcleo do Programa de Qualificação de Exportadores (PEX) nos próximos meses”, informou Gerson Menandro, gerente de Relações Institucionais e Governamentais do MRE.

Leia mais:  Vacinas contra a Covid-19 serão escoltadas pela Segurança Pública em MT, diz governo

O vice-governador Otaviano Pivetta assegurou que o Governo dará as condições necessárias para a estruturação do plano, assim como o presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (FIEMT), Gustavo Oliveira.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, o Estado tem muitas potencialidades que precisam ser disseminadas para o mundo. “Temos que mostrar o que Mato Grosso tem de melhor e um escritório da Apex aqui será de extrema relevância para este trabalho”, afirmou.

Leia mais:  Governo de MT publica decreto com novas medidas para frear contágio da covid-19

A participação de Mato Grosso na Expo Dubai 2020, que será realizada de 20 de outubro de 2020 a 10 de abril de 2021, também foi debatida. Lá, haverá um pavilhão brasileiro onde os produtos mato-grossenses poderão ser exibidos, fomentando o interesse de investidores internacionais e visitantes.

“O enfoque é sustentabilidade e será uma ótima vitrine. O Governo do Estado verificará a viabilidade deste evento e a ida de uma comitiva mato-grossense”, explicou Rita Chiletto, assessora de Relações Internacionais.

A comitiva da Apex ainda se disponibilizou a auxiliar na abertura de um escritório de Mato Grosso na Ásia para consolidar as relações entre o Estado e este continente que é grande parceiro comercial.

Leia mais:  Governador e secretário de Saúde participam de ato de recebimento das vacinas do Ministério da Saúde

Participaram das reuniões os secretários adjuntos Celso Banazeski (Indústria, Comércio e Empreendedorismo), Walter Valverde (Investimentos e Agronegócio), Jefferson Moreno (Turismo), Allan Kardec (Cultura, Esporte e Lazer), Miriam Haddad (Superintendente de Comércio da Sedec), Sérgio Leal (coordenador Observatório do Desenvolvimento), Bruna Aquino (Núcleo Assuntos Internacionais), Rodrigo Gedeon (Gerente de escritórios da Apex), Luciano Lima (subcoordenador da Expo2020), Gustavo Ribeiro (coordenador de Acesso ao Mercado).

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Governo de MT publica decreto com novas medidas para frear contágio da covid-19

Publicado

As regras, assinadas pelo governador Mauro Mendes, deverão ser publicadas ainda nesta terça-feira (19.01) no Diário Oficial do Estado.

Foto por: Christiano Antonucci

De acordo com o decreto, pelos próximos 45 dias fica proibida a realização de eventos sociais, festas, shows, atividades em casas noturnas e confraternizações com mais de 100 pessoas em espaços privados ou públicos, “inclusive o uso de logradouros públicos, onde haja aglomeração e consumo de bebidas alcoólicas”.

Já os eventos corporativos (organizados por instituições públicas ou privadas) devem respeitar as regras sanitárias e distanciamento social previstas no Decreto 522, de 12 de junho de 2020, a exemplo do distanciamento mínimo de 1,5m e uso de máscaras.

Quanto às atividades em bares, restaurantes e congêneres, está permitida a realização desde que com o máximo de 50% da capacidade do local, “tendo como base o metro quadrado e o espaçamento de 1,5m (um metro e meio) entre as mesas/assentos”.

“Os prefeitos municipais deverão obrigatoriamente adotar as medidas estabelecidas neste Decreto ou outras mais restritivas, sob pena de responder pelas eventuais consequências de seus atos”, afirma trecho do decreto.

O documento autoriza as forças de Segurança do Estado de Mato Grosso a tomar todas as ações necessárias para fazer cumprir as novas medidas e também “possíveis normas municipais mais rígidas e/ou restritivas”.

Servidores

Ainda no decreto está previsto que, em casos excepcionais, poderá ser feito o regime de revezamento de trabalho aos servidores dos órgãos públicos estaduais (não se aplicando aos terceirizados).

O revezamento excepcional deve obedecer os critérios de permanência mínima de dois terços do quantitativo de servidores em trabalho presencial, mediante escala de revezamento a ser estabelecida pela chefia imediata; e também a compatibilidade das atividades exercidas pelo servidor com o regime de teletrabalho, “ainda que estas sejam oriundas de unidade administrativa diversa daquela em que o servidor está lotado”.

“A autoridade máxima do órgão ou entidade estadual poderá promover ajustes quanto à aplicação das regras de revezamento presencial e teletrabalho, conforme suas respectivas necessidades, ou para fins de garantir a preservação do funcionamento dos serviços considerados essenciais e prioritários”, afirma o decreto.

Comentários Facebook
Leia mais:  Vacinas contra a Covid-19 serão escoltadas pela Segurança Pública em MT, diz governo
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana