conecte-se conosco



Fronteira

Mais de 20 toneladas de drogas são apreendidas na fronteira com a Bolívia nos últimos dois anos

Publicado

As atividades do Gefron no período resultaram em prejuízo ao crime de mais de R$ 381 milhões

Hérica Teixeira | Sesp-MT

Nos últimos dois anos, mais de 20 toneladas de drogas foram apreendidas na extensão dos 983 km de fronteira, seca e alagada, de Mato Grosso com a Bolívia. O montante é resultado das ações repressivas do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron-MT), unidade que compõe a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Somente nos 12 meses de 2020, foram apreendidas mais de 14 toneladas de drogas. Já em 2019, esse montante chegou a seis toneladas.

Ainda segundo levantamento do Gefron, nos últimos 24 meses, as atividades desenvolvidas na fronteira resultaram em prejuízo ao crime de mais de R$ 381 milhões. Somente de janeiro a dezembro de 2020, as drogas e bens retirados de circulação somaram cerca de R$ 298 milhões. Já no mesmo período de 2019, foram mais de R$ 83 milhões.

O tráfico de drogas ocorre na fronteira por meio fluvial, terrestre e aéreo. Automóveis, ônibus de linha regular, veículos de cargas, motocicletas, bicicletas e até mesmo pessoas, as chamadas “mulas”, são usadas para transportar as drogas.

“O Gefron finaliza os dois últimos anos com uma alta produtividade, principalmente em termos de apreensões de drogas e apreensão e recuperação de veículos produto de crime. Esse aumento significativo vem calçado pela evolução técnica do efetivo policial da unidade, que vem se especializando cada vez mais nas atividades de policiamento de fronteira”, enfatizou o coordenador do grupamento, tenente-coronel PM Fabio Ricas.

O enfrentamento aos crimes transfronteiriços também conta com a atuação integrada de demais forças estaduais e federais, como Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Exército Brasileiro, Força Aérea Brasileira, Polícia Judiciária Civil (PJC), por meio da Delegacia Especial de Fronteira (Defron), Indea e Receita Federal.

Outras apreensões

Nos últimos dois anos, 607 ocorrências foram registradas na fronteira e as abordagens resultaram em 71 prisões por mandado judicial. Ao todo, 582 veículos foram apreendidos e/ou recuperados 98 armas de fogo e 2.346 munições foram retiradas de circulação.

Também no período, mais de 33 mil quilos em produtos de contrabando e/ou descaminho foram apreendidos.

O Gefron passou a operar na repressão aos crimes de fronteira em 13 de março de 2002. Os 140 policiais realizam patrulhamentos pelas rodovias, estradas vicinais, operações, barreiras fixas e volantes na repressão ao tráfico de drogas, contrabando e descaminho de bens e valores, evasão de divisas e roubos de veículos.

A base operacional do grupamento fica no município Porto Esperidião. Outros pontos de fiscalização estão distribuídos na região do Matão (no município de Pontes e Lacerda), Vila Cardoso, Avião Caído (em Cáceres), Canil Integrado (Cáceres), além da sede administrativa que fica na Sesp, em Cuiabá.

Denúncias

O Gefron conta com um canal de disque-denúncias, que é o telefone 0800.646.1402. As informações recebidas são checadas pelo grupamento e a identidade é mantida em sigilo.

Comentários Facebook
publicidade

Fronteira

Gefron apreende seis veículos e prende sete suspeitos de atos ilícitos neste fim de semana

Publicado

De sexta-feira a domingo foram apreendidos também uma arma de fogo e sete munições, sendo uma deflagrada

Hérica Teixeira | Sesp-MT

Sete pessoas foram presas, durante o fim de semana, suspeitas de atos ilícitos na fronteira de Mato Grosso com a Bolívia. Ao todo, foram recuperados três veículos e três motocicletas. Uma arma de fogo e munições também foram apreendidas. As ações repressivas foram realizadas pelo Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

Somente na sexta-feira (08.01), três pessoas foram presas. A primeira ocorrência aconteceu às 9h30 da manhã, na região da Vila Picada, no município de Porto Esperidião (a 328 ao Oeste de Cuiabá). Durante patrulhamento, próximo a MT-265, na estrada que dá acesso à comunidade São Fabiano, os policiais abordaram uma caminhonete Hilux.

Após checagem via base Gefron, foi constatado que o veículo tinha queixa de roubo na cidade de Várzea Grande do dia sete de janeiro. O suspeito, que já tinha passagem por lesão corporal, foi encaminhado para a Delegacia Especial de Fronteira (Defron) e o veículo e uma motocicleta, que estava na carroceria, foram apreendidas.

Já por volta das 10h30, também de sexta-feira, no município de Porto Esperidião, os policiais do Gefron e da Força Tática faziam rondas para localizar um carro com registro de roubo. Ao visualizar um veículo com as características semelhantes, os profissionais fizeram a abordagem. Durante busca pessoal nada foi encontrado, mas ao vistoriar o veículo, foi encontrado uma arma de fogo com sete munições, sendo uma deflagrada.

Ao ser questionado, o suspeito confirmou que não tinha registro de posse. Uma pessoa foi presa e a arma e as munições foram apreendidas.

Uma terceira pessoa foi presa nas proximidades de uma das bases do Gefron, o Posto do Limão, que fica na BR-070. Por volta das 22h30, os policiais abordaram um veículo onde o condutor estava com sinal visível de embriaguez ao volante. Ao realizar o teste do etilômetro (bafômetro) foi constatado que o nível de álcool estava acima do permitido. O suspeito e o veículo foram encaminhados para Delegacia de Cáceres (a 212 km ao Oeste de Cuiabá).

Mais prisões

Perguntado pelos policiais para onde estaria indo, o suspeito informou que estava levando a motocicleta para um morador do município e que receberia R$ 2 mil pelo serviço e, após 15 dias, seria registrado um Boletim de Ocorrência de roubo e/ou furto para solicitar ressarcimento da seguradora do veículo.

No sábado (09.01), em Porto Esperidião, por volta das 16h30, durante rondas, os policiais do Gefron visualizaram um condutor em uma motocicleta. Ao solicitar ordem de parada, o suspeito tentou fugir, mas foi contido. Durante busca pessoal foi encontrado uma porção de substância análoga a maconha. A motocicleta não tinha nenhuma ocorrência.

Diante dos fatos, o suspeito, que já tem passagens por tráfico de drogas e furto, foi levado para Delegacia e a motocicleta foi apreendida.

Já no domingo (10.01), por volta das 13h30, em Porto Esperidião, os policiais do Gefron e da Força Tática abordaram um veículo de uma empresa locadora de veículo. Durante checagem via sistema, constatou que o carro tinha queixa de furto na cidade de Caieiras (SP). Ao ser questionado, o condutor afirmou que receberia a quantia de R$ 1,5 mil do contratante. O veículo foi apreendido e o homem encaminhado para a Defron.

Um outro veículo foi recuperado, também neste domingo, por volta das 17 horas, em Cáceres. Ao passar pela base do Gefron, na BR-070, o condutor foi parado. Ao solicitar a documentação do veículo, com placa de Brasília (DF), o suspeito informou que emprestou o carro para ir até a Bolívia. Durante a checagem constatou que o bem era de uma locadora.

De imediato, os profissionais entraram em contato com a empresa, que confirmou a locação no dia sete de janeiro, mas afirmou que o mesmo não tinha autorização para deixar terceiros utilizar o veículo. Aos policiais, o suspeito confirmou que o locatário ofereceu R$ 1 mil para que levasse o carro para a Bolívia. O suspeito e o veículo foram encaminhados para a Delegacia do município.

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana