conecte-se conosco


Geral

Governador consegue aprovação para aumentar percentual de vacinas às Forças de Segurança

Publicado em

Geral [email protected]

Já estão sendo tomadas as providências para que nesta terça-feira (06.04), seja iniciada a aplicação dessas doses

O governador Mauro Mendes conseguiu a aprovação, junto ao Ministério Público Estadual e ao Conselho dos Secretários Municipais de Saúde, para aumentar o percentual a ser disponibilizado para a vacinação das Forças de Segurança de Mato Grosso. 

“A proposta que apresentamos e que conseguimos a aprovação foi para destinar em todos os lotes de vacina que vierem para Mato Grosso, 5% das doses para a imunização dos profissionais das Forças de Segurança”, afirmou o governador.

A decisão de aumentar a quantidade de dose disponibilizada foi definida na noite deste domingo (04.04), após uma reunião do governador com os secretários de Estado Alexandre Bustamante (Segurança Pública), Gilberto Figueiredo (Saúde), Francisco Lopes (Procuradoria Geral), Mauro Carvalho (Casa Civil) e Rogério Gallo (Fazenda). 

“Assim que terminamos a reunião já nos mobilizamos e ligamos para o procurador-geral de Justiça, José Antonio Borges, e o presidente do Cosems, Marco Antonio Noberto Felipe, e conseguimos a validação da proposta. Todos compreenderam que é necessário aumentar as doses disponibilizadas às forças de segurança, porque esses homens estão na linha de frente do combate à Covid-19 e estão colocando suas vidas em risco pelo bem da população”, destacou Mauro Mendes. 

Segundo o governador, o momento é de tomar decisões que possam contribuir para que os profissionais que atuam na linha de frente se sintam seguros. 

Na última remessa de vacina, feita pelo Governo Federal, foi disponibilizado para Mato Grosso 896 doses para aplicar o imunizante nos integrantes da Força de Segurança no Estado. 

Já estão sendo tomadas as providências para que nesta terça-feira (06.04), seja iniciada a aplicação dessas doses.

Fonte: Secom-MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Terça-feira (06): Mato Grosso registra 319.978 casos e 8.234 óbitos por Covid-19
Propaganda

Geral

Mendes não vê problema em CPI: “Tenho consciência tranquila”

Publicados

em

Governador do Estado, no entanto, afirmou temer que comissão de inquérito acabe em pizza

O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou que recebeu com tranquilidade a informação da ampliação do escopo da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 no Senado Federal.

A CPI foi instalada na noite de terça-feira (13) prevendo a investigação das ações e omissões do Governo Federal na pandemia, assim como o uso de recursos federais por parte de estados e municípios.

“Eu tenho minha consciência tranquila. Eu nunca pedi, nem mandei, ninguém fazer nada e se eu sei que alguém fez alguma coisa ilegal, pode ter certeza que eu tomo providências dentro do Governo”, disse Mendes em entrevista à TV Villa Real.

“Se vai ou não investigar, para mim não tem problema. Pode investigar, é bem-vinda toda e qualquer tipo de fiscalização. […] Eu teria que ser mil governadores para estar em mil lugares diferentes onde tem gente comprando e pagando. Quer fiscalizar? Pode fiscalizar”, afirmou.

O requerimento que amplia a investigação para Estados e Municípios foi assinado por todos os senadores de Mato Grosso – Jayme Campos (DEM), Welligton Fagundes (PL) e Carlos Fávaro (PSD), que são aliados de Mendes. 

Terminar em pizza

Mendes ainda ponderou sobre a discussão em torno do escopo da CPI. Inicialmente para investigar apenas ações e omissões da União e agora, com a mudança do objeto, e ampliando também para estados e municípios.

“Era uma CPI para uma coisa, agora estão mudando para outra coisa. Do jeito que as coisas são em Brasília, não sei como as coisas vão acabar. É perigoso não acabar em nada”, afirmou.

“Mentira descarada”

O Estado recebeu ao todo – desde o início da pandemia em fevereiro de 2020 – R$ 5,044 bilhões do Governo Federal, segundo Mendes.

Irritado, informou que há uma fake news publicada nas redes sociais em que diz que o Governo de Mato Grosso recebeu R$ 20 bilhões da União.

“Tem uma fake news monstruosa que roda pela internet dizendo que o Governo Federal mandou para o Governo de Mato Grosso R$ 20 bilhões. Mentira! Mentira descarada dessa fake news que roda pela internet”, disse.

“Temos um documento que nós recebemos oficialmente do Ministério da Economia dizendo que tudo que o Governo Federal mandou para o Estado de Mato Grosso dá R$ 5,044 bilhões”, emendou

Fonte:

Comentários Facebook
Leia mais:  Mendes não vê problema em CPI: “Tenho consciência tranquila”
Continue lendo

INFORME PUBLICITÁRIO

Propaganda

Pontes e Lacerda

Propaganda

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana