conecte-se conosco


Fronteira

Gefron e Polícia Federal apreendem mais de 700 quilos de drogas

Publicado em

Fronteira [email protected]

 

O Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) e a Delegacia de Polícia Federal do município de Cáceres (214 ao Oeste de Cuiabá) apreenderam, na zona rural do município de Vila Bela da Santíssima Trindade (540 km ao oeste da capital), mais de 700 quilos de substância análoga à pasta base. A droga estava dividida em tabletes e tinha como destino a cidade de Goiânia (GO). Na ação, oito pessoas foram presas.

Leia mais:  Mãe e padrasto são presos por estupro e maus tratos contra duas crianças em Pontes e Lacerda

Os policiais receberam uma denúncia de que uma equipe traria entorpecentes da Bolívia para o Brasil por veículos até o Rio Barbado, navegando até o Rio Guaporé, onde guardariam os entorpecentes em um sítio. Por volta das 2h da manhã os policiais conseguiram abordar os suspeitos.

Leia mais:  Governo paga servidores estaduais nesta sexta-feira (26)

Do total de suspeitos, três já respondiam por crimes de homicídio, receptação e uso de documento falso, furto e tráfico de drogas.

Leia mais:  Confusão em posto de combustível termina na delegacia em Pontes e Lacerda; pistola 380 é apreendida

Além das prisões foram apreendidos também uma caminhonete S10 de cor branca, um Gol de cor cinza, duas embarcações, cada uma com motor de popa e um rifle CBC calibre 22LR.

(Sob supervisão de Hérica Teixeira)

Fonte: GOV MT

 

Comentários Facebook
Propaganda

Fronteira

Policiais que atuam na região de fronteira realizam treinamento de ações de Segurança

Publicados

em

Quinze policiais civis atuantes na região de fronteira, entre investigadores e escrivães de polícia, participaram entre os dias 2 e 4 de fevereiro, de capacitação realizada pela Gerência de Operações Especiais (GOE), com objetivo de atualizar e reciclar os conhecimentos para operarem com segurança. 

O curso com total de 40 horas/aulas, foi ministrado para servidores lotados nas Delegacias de Polícia dos municípios de Comodoro (644 km a oeste de Cuiabá) e Campos de Júlio (553 km a noroeste da Capital), que foram divididos em duas turmas com 20 horas/aula cada.

Durante os quatro dias de curso com aulas teóricas e práticas, foram realizados treinamentos para pistola de calibre .40 e submetralhadora .40 . Oito investigadores que trabalham diretamente nas ruas também foram habilitados para a utilização de carabina calibre 556 (armamento tipo fuzil). 

Para a realização do curso, as munições foram disponibilizadas por outro órgão da Segurança Pública e diante dessa colaboração foi solicitado por meio de ofício à Gerência de Operações Especiais, para que promovesse a capacitação aos policiais civis, objetivando a reciclagem e o aperfeiçoamento.

Além dos treinamentos para melhorar as técnicas de uso e manuseio dos armamentos, como pistola, submetralhadora e carabinas (adquiridas recentemente através de parceria com o Sistema Penitenciário Federal), foi solicitado a GOE a realização de um módulo específico com  relação a cumprimento de prisões e cumprimento de buscas com entradas nas residências, em razão dos trabalhos das delegacias terem aumentados e estarem mais intensos.

As aulas teóricas aconteceram em sala de ensino nas dependências da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). A parte das entradas em domicílios foi realizada em um conjunto de casas habitacionais que ainda não foram concluídas, após autorização da Prefeitura Municipal de Comodoro para a utilização.

O treinamento de disparos de armas de fogo aconteceu em uma propriedade rural onde a uma cascalheira com barrancos bem altos e ideal para esse tipo de prática, cedida por um particular.

O delegado de Comodoro, Ricardo Marques Sarto, agradeceu a equipe da GOE pelo curso ministrado sob a coordenação do investigador de polícia Fausto, que forma brilhante não mediram esforços para levar mais conhecimentos aos servidores da região.

“É muito importante a realização desses tipos de cursos, que deveriam acontecer com frequência, para que nossos profissionais tenham cada vez mais instruções para exercerem suas funções de forma segura e qualificada”, destacou.

SESP MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Casos de Covid-19 voltam a subir e alerta moradores de Pontes e Lacerda; 142 casos ativos e 79 óbitos registrados
Continue lendo
Propaganda

Pontes e Lacerda

Propaganda

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana