conecte-se conosco


Agronegócio

Ex-prefeito de cidade paulista virou pioneiro da pecuária em Vila Bela da Santíssima Trindade-MT

Publicado em

Agronegócio [email protected]

No Giro pelo Brasil que foi ao ar nesta quinta, 14, o gerente de originação da Friboi em Pontes e Lacerda-MT, Aristides Chicarolli Filho – Tidinho – destacou uma boiada Nelore terminada em confinamento na Fazenda Santa Cruz, propriedade localizada em Vila Bela da Santíssima Trindade-MT.

A fazenda é administrada por Izair dos Santos Teixeira, produtor que foi prefeito do município paulista de Buritama por três mandatos – de 1983 a 1988 e depois duas vezes seguidas entre 2009 e 2016. A cidade, fundada em 24 de agosto de 1892 às margens do Rio Tietê, está distante 540 km da capital São Paulo e tem hoje pouco mais de 15,4 mil habitantes.

Na foto em destaque acima, Tidinho aparece à direita, ao lado de Izair  Teixeira (centro) e sua esposa, Dona Lair (esquerda). “É gente boa demais e companheiro!”, completou.

Além do cargo de chefia do executivo no município do estado de São Paulo, Izair também contribuiu para a agropecuária mato-grossense. “Ele está na região há 36 anos, foi prefeito de Buritama algumas vezes é um grande fornecedor nosso. Olha o tipo de boiada de qualidade!”, destacou Tidinho.

Fonte: GIRO DO BOI

Leia mais:  'Nunca vou conseguir esquecer', diz trabalhador que ficou 82 dias preso injustamente no lugar de criminoso em MT

Os animais aos quais o gerente de originação se referiu são bois Nelore confinados na Fazenda Santa Cruz e abatidos com peso médio de [email protected] na Friboi de Pontes e Lacerda. Veja na foto abaixo:

Veja mais informações no vídeo a seguir:

Comentários Facebook
Propaganda

Agronegócio

Dados finais apontam 99,8% do rebanho vacinado contra febre aftosa em MT

Publicados

em

Resultado é referente à etapa de vacinação contra a febre aftosa em bovinos e bubalinos do mês de novembro de 2020

Thielli Bairros | Sedec-MT

O Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea MT) divulgou o resultado da etapa de novembro de 2020 de vacinação contra a febre aftosa no Estado. Foram vacinados 14.664.812 bovinos e bubalinos, quantidade correspondente a 99,8% dos animais foco desta etapa – todos os animais com até 24 meses, com atenção às propriedades localizadas no baixo Pantanal mato-grossense, onde todos os animais existentes deveriam ser vacinados.

“A baixa inadimplência é resultado de incessantes trabalhos de divulgação, educação sanitária, fiscalização dos servidores do Indea MT e fundamental apoio dos produtores rurais, que confiam nessa iniciativa para manter seus rebanhos livres da febre aftosa”, afirma César Miranda, secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso.

Nesta etapa, foram realizadas vacinações oficiais em 2.361 estabelecimentos rurais. “Neste momento, os animais são vistoriados nos currais para a verificação da sanidade do rebanho. A vigilância veterinária constante confere segurança da ocorrência ou não de doenças infectocontagiosas de interesse para a defesa sanitária animal”, explica Renan Tomazele, diretor técnico do Indea MT.

Desde 2007, as etapas de vacinação envolvendo bovinos até 24 meses têm alcançado índices de vacinação superiores a 99%, verificando-se homogeneidade entre as regiões do Estado.

O Indea MT e o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) são os órgãos oficiais responsáveis pela regulamentação, divulgação, educação sanitária, controle e fiscalização da vacinação, cabendo ao produtor arcar com a aquisição e aplicação da vacina.

As entidades do setor pecuário são parceiras do Indea MT, como a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Associação dos Criadores de Suínos de Mato Grosso (Acrismat), Sindicato das Indústrias de Frigorífico do Estado de Mato Grosso (Sindifrigo), Associação dos Criadores de Ovinos de Mato Grosso (Ovinomat) e o Fundo de Emergência de Saúde Animal do Estado de Mato Grosso (Fesa).

O último foco de febre aftosa em Mato Grosso foi registrado em 1996. Atualmente, o Estado é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como livre de febre aftosa com vacinação, condição constantemente comprovada pelas ações de vigilância veterinária e inquéritos epidemiológicos realizados pelo Indea MT e Mapa.

Comentários Facebook
Leia mais:  Produtos e equipamentos furtados são recuperados e um suspeito é preso em Pontes e Lacerda
Continue lendo
Propaganda

Pontes e Lacerda

Propaganda

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana