conecte-se conosco



Mato Grosso

Escolas dão show e revelam talentos durante apresentações do projeto Educarte

Publicado

O palco do anfiteatro da Escola Estadual Liceu Cuiabano Maria de Arruda Müller foi pequeno para acomodar tantos talentos que se apresentaram na quarta-feira (18.12) durante o evento de socialização do Projeto Arte, Música e Comunicação (Educarte). O evento, promovido pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), reuniu alunos de 15 escolas em apresentações de dança, coral, música, bandas, orquestra de violino e violão.

Conforme destacou a secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, esse foi o primeiro evento de vários outros do projeto Educarte que serão realizados.

“Essa é uma sementinha que está sendo plantada. Queremos fazer pelo menos um evento desse por ano para divulgar os trabalhos que estão sendo realizados no chão da escola. Temos muitas coisas boas acontecendo e que precisam ser socializadas com a sociedade em geral”, ressaltou.

Segundo a secretária, o projeto  Educarte vem com o propósito de oferecer à criança arte, educação, cultura e outros complementos que possam lhe proporcionar desenvolvimento de certas habilidades.

Leia mais:  65,7 mil doses da vacina chegam a Mato Grosso ainda hoje; Secretário explica que toda a logística de distribuição do imunizante já está pronta

Com o tema “Educação é Cultura, Arte, Movimento e Ação”,  o evento contou com a participação de alunos das escolas estaduais Liceu Cuiabano Maria de Arruda Muller, Tancredo de Almeida Neves, Porfiria Paula de Campos, Adalgisa de Barros, Alice Fontes Pinheiro, Mariana Luiza Moreira, Demétrio de Souza, Souza Bandeira, João Brienne de Camargo, André Avelino Ribeiro, Marcelina de Campos, José Leite de Moraes e das Creches Nasla Joaquim Aschar e Maria Eunice Duarte e do Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) Almira Amorim Silva. O coral da Seduc também participou com apresentações especiais.

A professora Luciana Carvalho do Nascimento, da EE Alice Fontes Pinheiro, explica que na escola o projeto alcança a 150 alunos,com oficinas de banda, corpo coreográfico, pavilhão de baliza, coral, teatro e dança. “Por meio desse trabalho, principalmente com a música, observamos que muitos alunos melhoraram o seu desempenho em sala de aula, pois trabalhar com a música exige concentração e disciplina”. 

Leia mais:  Governador e secretário de Saúde participam de ato de recebimento das vacinas do Ministério da Saúde

O regente Francisval Costa, da EE Souza Bandeira, conta que a unidade tem um trabalho voltado para a iniciação musical e de banda de percussão. “O projeto da escola tem rendido bons frutos. Recentemente, a banda realizou algumas apresentações em Cuiabá e outras cidades e ganhou várias premiações”. 

Para o professor, o evento no Liceu Cuiabano é um encontro cultural com interação entre as outras escolas e de grande importância para fomentar a participação dos alunos em eventos.

Para o maestro Vanderson dos Santos Duarte, que é voluntário na EE Alice Fontes, o projeto Educarte contribui para a melhoria do comportamento dos alunos em sala de aula.

“Trabalho com 150 alunos com oficinas de teatro e banda de percussão e todos tiveram melhora significativa em sala de aula. Além disso, essas apresentaçoes são muito positivas para o desenvolvimento deles”.

Leia mais:  Profissional da UTI Covid-19 do Hospital Metropolitano será primeira vacinada em Mato Grosso

Educarte

O Projeto Educarte é uma disciplina optativa, com atividade complementares, que atende 187 escolas da rede estadual de ensino de Mato Grosso, distribuídas em 72 municípios.

O Educarte disponibiliza, por meio da escola, ações pedagógicas de cunho interdisciplinar voltadas para a arte, a música e a comunicação, que são desenvolvidas de forma a garantir espaços nos quais os alunos participam em regime de contraturno, ocupando o tempo ocioso com novos aprendizados para a vida, ampliando conhecimentos e conceitos que já possuem.

Tudo isso com foco na melhoria da proficiência desses alunos, nas etapas ou modalidades de ensino em que se encontram matriculados dentro da trajetória escolar.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Reserva do Cabaçal e Salto Céu registram alto risco de contaminação pela Covid-19; Mirassol D’Oeste e Nova Lacerda estão com riscos moderados

Publicado

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta quinta-feira (21.01) o Boletim Informativo n° 319 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. 

O documento aponta, a partir da página 9, que os municípios de Reserva do Cabaçal e Salto Céu configuram com risco alto de contaminação pela Covid-19.

Já 21 municípios do Estado apresentam classificação com risco moderado para o coronavírus. São eles: Cuiabá, Sorriso, Várzea Grande, Cáceres, Barra do Garças, Sinop, Rondonópolis, Alta Floresta, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Juara, Colíder, Primavera do Leste, São José dos Quatro Marcos, Mirassol D’Oeste, Nova Canaã do Norte, Nova Lacerda, Apiacás, Carlinda, Rio Branco, Castanheira.

(mais…)

Comentários Facebook
Leia mais:  65,7 mil doses da vacina chegam a Mato Grosso ainda hoje; Secretário explica que toda a logística de distribuição do imunizante já está pronta
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana