conecte-se conosco


Geral

Amazonas vai restringir a circulação de pessoas o dia todo, a partir de segunda

Publicado em

Geral [email protected]

O governador Wilson Lima afirmou que vai publicar um decreto, válido a partir de segunda-feira (25), para endurer as restrições na circulação de pessoas no Amazonas. Segundo o governador, as restrições passarão a ser de 24 horas: as pessoas só poderão sair para atividades essenciais, ida ao supermercado e receber atendimento médico. As medidas serão válidas por 7 dias – inicialmente, o governador disse que seriam 10 dias, mas a assessoria dele corrigiu a informação.

“Isso não significa cercear o direito de ir e vir, o cidadão pode sim sair da sua casa, mas ele só pode sair se houver extrema necessidade. Ele pode sair para ir ao supermercado, pode sair para ir à farmácia, em um caso de urgência e de emergência, pode sair, não há problema em relação a isso”, afirmou. “Mas ele só pode sair se houver essas condições”.

De acordo com Wilson Lima, a partir de segunda-feira, o estado passa a ter as seguintes restrições:

Por G1 MT

Leia mais:  Contribuinte pode juntar documentos para declarar Imposto de Renda

  • Supermercados ficam abertos de 6h às 19h, limitado a produtos de alimentação, bebidas, limpeza e higiene pessoal – uma pessoa por família.
  • Farmácias estão abertas durante 24h.
  • Serviços de saúde, clínicas de urgência e emergência, atendimento a domicílio e e saúde mental.
  • Clínicas veterinárias.
  • Feiras, de 4h às 8h
  • Restaurantes, padarias e bares (com cnae de restaurante) podem funcionar apenas em sistema delivery, de 6h às 22h.
  • Obras e serviços de engenharia na área de saúde
  • Produção e transporte de cargas de produtos essenciais à vida, como alimentos, medicamentos e insumos
  • Transporte de trabalhadores nas atividades permitidas
  • Indústria funcionará em turnos de 12 horas, com exceção das empresas que atendem o setor de alimentação, de farmácias e de itens para hospitais.

 

Leia mais:  NA SINFRA: Deputado e prefeita se reúnem com secretário para avançar obras em Cáceres

“Essa é uma medida para que a gente possa diminuir aglomerações e a transmissão do vírus”, afirmou o governador. “Não há necessidade de correria aos supermercados, aos mercadinhos, não há necessidade de fazer estoque de alimento. É preciso ter prudência, é preciso que as pessoas entendam a necessidade que temos de tomar essas medidas, que são medidas duras, mas necessárias para salvar a maior quantidade de vidas”.

Polícia Militar, Polícia Civil vão garantir o cumprimento do estabelecido no decreto e evitar aglomerações e abusos, como festas clandestinas.

As medidas chegam depois que o Ministério Público Federal emitiu uma recomendação para que os gestores promovessem “isolamento sanitário mais severo, se necessário com aumento do toque de recolher”.

Leia mais:  Homem ameaça ex-mulher de morte e é preso pela Polícia Civil com armas de fogo em MT

Comentários Facebook
Propaganda

Geral

Avião com doses da vacina da Covid-19 bate em jumento que estava em pista de aeródromo da Bahia

Publicados

em

Por G1 BA e TV Oeste

Um avião da Casa Militar do Governador da Bahia, que fazia o transporte de doses da vacina contra a Covid-19 para a cidade de Ibotirama, no oeste do estado, se chocou contra um jumento que estava na pista do aeródromo do município, na manhã desta quarta-feira (3).

A aeronave transportava quatro caixas com vacinas, que não foram danificadas. De acordo com a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), não houve problemas com o imunizante nem com o piloto.

A aeronave teve danos pequenos e outro avião foi deslocado para dar a sequência ao transporte das vacinas.

A Sesab informou que o acidente não comprometeu a distribuição do imunizante. No entanto, por causa da logística, haverá atraso na chegada das vacinas às cidades de Barreiras, Guanambi e Santa Maria da Vitória, na região oeste do estado, vizinhas a Ibotirama.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública (SSP), o acidente aconteceu pouco depois que a aeronave pousou na pista. Uma equipe da Polícia Militar esteve no local para prestar auxílio à ocorrência e verificou que o animal ficou ferido e fugiu do local. Não há informações sobre as extensões dos ferimentos do animal.

Comentários Facebook
Leia mais:  Metade dos pais não confia na segurança sanitária de escolas públicas
Continue lendo
Propaganda

Pontes e Lacerda

Propaganda

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana