conecte-se conosco



Polícia

Veículo com fundo falso foi apreendido com 42 kg de droga em Alto Garças/MT; entorpecente saiu de Pontes e Lacerda

Publicado

No interior do veículo, a equipe PRF localizou um compartimento oculto.

Na sexta feira(10) a Polícia Rodoviária Federal no Km 48 BR 364 em Alto Garças/MT, abordou o veículo I/Nissan X-Trail, do município de Teresina/PI, conduzido por um homem, de 29 anos, tendo como passageira uma senhora de 38 anos com um bebê de colo.

Uma guarnição da Polícia Militar de Alto Graças foi solicitada para dar apoio na fiscalização, após os policiais suspeitarem do comportamento do condutor .

No interior do veículo, a equipe PRF localizou um compartimento oculto no assoalho e retirou do interior do fundo falso 39 tabletes de substância semelhante a cloridrato de cocaína, pesando 42,63kg da droga.

O condutor informou aos policiais que recebeu uma certa quantia em dinheiro, de um rapaz de origem Boliviana, para transportar o entorpecente de Pontes e Lacerda/MT até a cidade de Fernandópolis/SP.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil em Alto Garças/MT.

Secom PRF MT

Comentários Facebook
Leia mais:  PRF realiza Operação Juruena no Noroeste de MT
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende homem que agrediu ex-companheira com chave de fenda em Várzea Grande

Publicado


Assessoria | PJC-MT

Um homem acusado de agredir a namorada com golpes de chave de fenda teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, nesta quarta-feira (22.01), em ação da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI-VG) com apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres (228 km a Oeste de Cuiabá).

O suspeito, que conviveu 5 anos com a vítima, já havia a agredido anteriormente, no mês de dezembro de 2019. Assim que saiu da prisão, em janeiro, mesmo ciente das medidas protetivas, rompeu a tornezeleira eletrônica para praticar a nova agressão.

O crime ocorreu no dia 10 de janeiro em uma residência no bairro Parque do Lago, em Várzea Grande. O suspeito, pelo fato de não aceitar o fim do relacionamento, pulou o muro da casa em que a vítima estava e a agrediu com diversos golpes com chave de fenda, ferindo a vítima na barriga, nas costas, na nuca, tórax e rosto.

Enquanto a agredia, o suspeito xingava, ameaçava de morte e ao mesmo tempo pedia perdão à vítima. Após o crime, o agressor foi embora, porém, voltou a passar em frente a casa, apontado uma arma de fogo e dizendo que iria matar a vítima.

Leia mais:  Policiais civis localizam e prendem foragido por crime de homicídio

Diante da gravidade da situação e para evitar um futuro feminicídio, a delegada Mariel Antonini Dias representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela Justiça. A ordem judicial foi cumprida nesta quarta-feira (22), na cidade de Cáceres, com apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher do município.

“Para evitar consequências maiores, como um possível feminicídio, a Delegacia da Mulher de Várzea Grande atuou de maneira grave e eficaz, fazendo que o agressor retornasse à prisão”, disse a delegada.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana