conecte-se conosco



Política

Valmir Moretto: “Se levarmos em consideração o que já foi investido na região Oeste, o Governo Mendes tem avançado bastante “

Publicado

Em entrevista ao Notícia Max, deputado afirma que sua conduta faz parte do compromisso que fez em sua campanha eleitoral, quando garantiu que atuaria em sua região

FONTE

O deputado estadual Valmir Moretto (Republicanos) tem forte atuação em projetos desenvolvidos no interior do Estado. Em entrevista ao Notícia Max, afirma que sua conduta faz parte do compromisso que fez em sua campanha eleitoral, quando garantiu que atuaria em sua região.

Além disso, o deputado listou alguns de seus trabalhos parlamentares já realizados e elencou outras importantes conquistas, como por exemplo, retomada do funcionamento do Porto de Cáceres após sete anos desativado, rota aquaviária, 890 quilômetros para importação e exportação de Mato Grosso para o mundo.

Notícia Max – Como foi o processo de reativação do Porto de Cáceres? A retomada das vai facilitar e importação e exportação aos produtores da região?

Valmir Moretto – O processo foi dado através da Companhia Mato-grossense de Mineração (Metamat), o Estado passou para associação e ela tem tomado todas as providências para o funcionamento. Foi feita uma reforma, adequações e as licenças. Então, o Porto de Cáceres está em pleno funcionamento e já possui as condições para fazer exportações.

O governo do Estado precisa inovar, abrir novas frentes de trabalho e oportunidades ao comércio e as empresas já existentes

Vai facilitar para o Estado, lógico que os produtores locais também podem ter o benefício, mas nada impede que aqueles que estão mais distantes possam trabalhar no porto. Ele é um porto federal e qualquer cidadão do Estado de Mato Grosso pode fazer exportação para o mundo inteiro.

Notícia Max – Quando surgiu a iniciativa de contribuir para implantação de leitos de UTI nos municípios de Cáceres e Pontes e Lacerda. Como foi a intermediação dos recursos?

Valmir Moretto – O Governo do Estado vai fazer em Cáceres uma ampliação no hospital, tanto eu, quanto deputado estadual Dr. Gimenez (PV), estamos cobrando ações de melhorias para nossa região e o Mauro Mendes entendeu que em Cáceres ele faria uma ampliação de 30 leitos, destes, 10 são da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 20 clínicos.

Já em Pontes e Lacerda, seria a implantação de 10 UTI’s e o governo assumiria o compromisso de fazer a manutenção mensal dessas UTI’s para novo coronavírus (Covid-19). No entanto, aqui no município, após a pandemia, queremos que se tornem leitos permanentes.

Notícia Max – Os investimentos por parte do governo estadual estão dentro das expectativas dos municípios da região Oeste? Setores como infraestrutura e educação estão sendo contemplados?

Valmir Moretto – Está sendo contemplados sim, de uma maneira até satisfatória. Se levarmos em consideração o que já foi investido nos últimos anos na região, a gestão do governador de Mauro Mendes (DEM) tem avançado bastante. Teve o porto, as Zonas de Processamento de Exportação (ZPE), a MT-343 que vai até Barra do Bugres e em Campos de Júlio a MT – 388, ele também trabalhou. Na estrada do Matão (MT-473) tem encabeçamento de ponte que vai ser feito. Outra questão é que há poucos projetos aprovados, isso tem dificultado um pouco o investimento do Estado.

Na área da educação, no ano passado, tivemos sim um investimento razoável nas áreas que tangem as questões emergenciais, com as reformas para o funcionamento das escolas. Ao todo, foram 55 unidades que melhoraram. Fico em parte até feliz, mas muito insuficiente ainda, muito longe daquilo que gostaríamos de ter.

Notícia Max – O senhor está em seu primeiro mandato e vem atuando com responsabilidade em favor da população, principalmente no interior de MT. O que isso significa para você?

Valmir Moretto – Cada parlamentar foi eleito em uma região. Eu fui eleito nessa, na minha campanha eu falava, fiz um compromisso que eu atuaria nessa região e estou simplesmente cumprindo com o que falei.

Notícia Max – A segurança pública é uma de suas bandeiras. Como o senhor vê o setor na região de fronteira? Houve avanços no Governo Mendes?

Valmir Moretto – Houve bastante avanço. O Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) está bem mais preparado, até poucos dias recebeu cinco veículos novos. Muitos municípios também receberam no ano passado. Seis receberam há alguns dias. Tem a questão do sistema de monitoramento, câmeras OCR (Registro Óptico de Caracteres), que abraçamos, inclusive estamos colocando emendas constitucionais para ajudar o secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, ajudando na construção dessa segurança na faixa de fronteiras.

Acredito que crescemos bastante nos benefícios como também na segurança das fronteiras. Essa é uma visão que Bustamante já tinha e todos os coronéis têm, bem como a população. Isso, nos ajudou a aumentar a segurança nessa região.

Notícia Max – Quais as propostas apresentadas pelo senhor para o combate à pandemia do coronavírus?

Valmir Moretto – Temos várias propostas. Primeiro foram as UTI’s, mas temos que melhorar a saúde regional e é o que temos cobrado do governador (Mauro Mendes) e o secretário de Estado e Saúde, Gilberto Figueiredo.

O segundo é que o governo do Estado precisa inovar, abrir novas frentes de trabalho e oportunidades ao comércio e as empresas já existente, como por exemplo, linha de crédito, facilitando para que não haja um desemprego muito forte no fim da pandemia, com menos empresas prejudicadas e falidas.

Para retomada da economia, vamos precisar de todos de pé, fortes e firmes. A gente não trabalha em uma só linha e, sim, em micro e macro desenvolvimento. Todos os segmentos tem que ter uma atenção especial do Governo do Estado neste momento que mais vai precisar, para que região não fique empobrecida após essa pandemia.

Comentários Facebook
publicidade

Política

ELEIÇÕES 2020: Partido do Deputado Moretto, Republicanos lança médico à prefeitura de Cáceres

Publicado

Cenário negativo da saúde gerado pela crise do novo coronavírus (Covid-19) levou o partido, sob a liderança do deputado Valmir Moretto, a lançar o nome do Médico Dr. Odenilson para chefiar o executivo municipal.

O Partido Republicanos decidiu lançar o médico Odenilson José da Silva para a disputa pela prefeitura de Cáceres (a 220 km de Cuiabá). A decisão de formar uma chapa majoritária (prefeito/vice) foi tomada após reunião da Comissão Executiva do partido na cidade, realiza em (1°) de julho, por videoconferência.

A candidatura tem o aval do deputado Valmir Moretto, que é do partido e tem fortes ações na cidade, como a retomada das obras da MT-343, funcionamento do Porto Fluvial de Cáceres, e novos leitos de UTI1s para o Hospital Regional.

O Partido afirma também que um nome médico é necessário para que o executivo tenha uma gestão mais humana, com foco no desenvolvimento social, econômico da cidade.

Após a reunião, o deputado Valmir Moretto determinou que o presidente do Partido na cidade, professor Salmo Cesar da Silva, elaborasse uma ata com as demandas para o pleito municipal em 2020. Uma das demandas é de que haja reuniões com outras agremiações políticas para formar alianças.

Também ficou determinada reuniões com representantes de setores como da educação, saúde, segurança, empresarial, grandes e pequenos produtores, além de movimentos sociais. O objetivo é entender cada uma das necessidades para resolvê-las ao assumir o executivo municipal.

“Desde já o Presidente do Partido Republicanos fica autorizado a reunir e a buscar alianças, com a finalidade de formar a melhor chapa majoritária e que corresponda aos anseios da população cacerense, sendo uma combinação entre candidatos de partidos que se afinam em suas ideias”, consta na ata.

Além de ser especialista na área da saúde, o médico ainda representa outros setores, por atuar no município também como pecuarista e empresário.

Currículo de peso

O médico Odenilson José da Silva é graduado em Medicina pela Universidade Federal De Mato Grosso. É especialista em oftalmologia e medicina de tráfego, além de ser proprietário do Centro Oftalmológico de Cáceres (COC).

Ainda na área da saúde, Odenilson é professor do curso de Medicina da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e também servidor do Hospital Regional de Cáceres, onde atendia no setor de Trauma e Emergência (atualmente afastado para disputar as eleições).

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana