conecte-se conosco



Mato Grosso

Sesp-MT lamenta morte de presidente do Conseg de Rondonópolis

Publicado


A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) lamenta o falecimento do ex-presidente do Conselho Comunitário de Segurança Pública (Conseg) da região central de Rondonópolis, Valdir Farinha, ocorrido na noite de quarta-feira (12.02). Ele foi baleado após reagir a uma tentativa de roubo, e não resistiu aos ferimentos.

A ação ocorreu no bairro Jardim Monte Líbano, em Rondonópolis (215 km ao Sul de Cuiabá). Policiais saíram em rondas e prenderam quatro pessoas, sendo dois homens e duas mulheres, suspeitos de terem envolvimento no crime. Os presos foram encaminhados à delegacia para prestarem depoimentos. As buscas pelo autor dos disparos continuam.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, ressalta a trajetória de Valdir Farinha ao longo dos anos em que atuou no Conseg, e externa condolências aos familiares e amigos. Ele tinha 60 anos de idade, deixou esposa, três filhos e três netos. Era conhecido não só na cidade em que atuava, mas pelos integrantes de Conselhos de outras cidades e das forças de segurança de Mato Grosso, em função da relevante atuação.

Leia mais:  Mato Grosso registra 117.299 casos e 3.336 óbitos por Covid-19; 97.938 estão recuperados

Desde 2009 no Conseg da área central de Rondonópolis, Valdir assumiu como presidente em 2015. Também integrava a Federação dos Consegs de Mato Grosso e participava ativamente das reuniões da Coordenadoria de Polícia Comunitária da Sesp-MT, além das comissões que discutiam a criação de conselhos e outros assuntos pertinentes. É lembrado com admiração pelo exemplo com que atuava, sempre observando as diretrizes de policiamento comunitário.

O velório está sendo realizado em uma sala dentro do Cemitério Vila Aurora, em Rondonópolis, onde também ocorrerá o enterro, ainda sem horário definido.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

PMs salvam bebê sufocado diante da mãe em completo desespero; veja o vídeo

Publicado

Um ato heróico, os soldados Cruz, De Paula e Laura salvaram um bebê na manhã de hoje (25) em Cuiabá. O menino, que mora na região do CPA, quase morreu sufocado. A soldado Laura, em vídeo que a reportagem do  teve acesso, chega a sugar o nariz do bebê pelo menos quatro vezes até ele voltar a respirar.

Ao fundo a mãe da criança de poucos meses entra em desespero e chora até que a policial consegue trazer o filho dela de volta. 

Mesmo diante da situação de desepero, a PM e os companheiros ainda conseguem acalmar a mãe. Após o ato de salvamento, os militares de viatura, seguem parando o trânsito até conseguirem chegar com a criança à UPA da Morada do Ouro.

O bebê passa bem. A causa do sufocamento ainda está sendo apurada.

Comentários Facebook
Leia mais:  PMs salvam bebê sufocado diante da mãe em completo desespero; veja o vídeo
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana