conecte-se conosco


Política

Projeto de lei aponta necessidade de mudanças na política de doação de órgãos

Publicado

Foto: MAURICIO BARBANT / ALMT

O deputado estadual Paulo Araújo (PP) apresentou, na sessão plenária de quinta-feira (7), o Projeto de Lei n° 1179/19, que dispõe sobre a doação de órgãos, tecidos, células e partes do corpo humano e dá outras providências. O parlamentar ressaltou que, após o período de 10 anos de serviços interrompidos, iniciou-se em junho, novamente, a captação de múltiplos órgãos que estão sendo realizados no Hospital e Pronto-Socorro Municipal de Cuiabá (HPSMC).

“Como é sabido, o procedimento é feito por uma equipe técnica, que está apta a realizar o procedimento. O que se pretende com essa iniciativa é promover celeridade e prioridade para a realização da necropsia imediatamente, após a cirurgia de retirada dos órgãos, tecidos, células e parte do corpo humano. Nossa intenção é diminuir um pouco esse tempo, para que os familiares possam, por fim, realizar o funeral mais rapidamente”, explicou o parlamentar.

Consta ainda na proposta que a retirada de órgãos poderá ser efetuada, desde que não prejudique a análise e a identificação das circunstâncias da morte.  Além disso, para a retirada será necessário que tenha o conhecimento prévio do serviço médico legal ou do serviço de verificação de óbito responsável pela investigação. Os dados pertinentes terão que ser circunstanciados no relatório de encaminhamento do corpo que vai para necropsia.

Leia mais:  Representantes do Lions Clube recebem títulos de cidadão mato-grossense

“Entendemos que o ato de doar partes do corpo daquele familiar não pode ser motivo de mais uma angústia e morosidade. Muitas famílias acabam declinando do ato por conta da demora ocorrida na liberação, e ainda tem as horas de retirada”, finalizou.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
publicidade

Política

Assembleia Social solicita doações para bazar voltado ao Hospital Amparo de Rosário Oeste

Publicado

por

Foto: Karen Malagoli

A Assembleia Social promove, no dia 04 de dezembro, a 9ª edição do Bazar Solidário, cuja arrecadação será toda revertida para o Hospital Amparo de Rosário Oeste, única unidade hospitalar no município, que atende 99% dos pacientes pelo SUS.

Nesta etapa, o braço social da Assembleia Legislativa de Mato Grosso solicita doações de roupas, calçados, acessórios e artigos de decoração, para alcançar maior volume de produtos e reverter mais recurso à entidade filantrópica. Os interessados em doar podem agendar retirada dos itens pelo telefone (65) 3313-6875.

O hospital, gerido pela Associação Municipal de Proteção e Assistência de Rosário, recebe repasse financeiro do SUS, mas insuficiente para atender toda a demanda: média de 2400 pacientes por mês.

O Bazar Solidário da Assembleia Social, terceira edição de 2019, ocorrerá entre 9h e 15h do dia 04/12, no foyer do Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros, e disponibilizará para venda roupas, calçados, acessórios e artigos de decoração, novos e usados, com valores a partir de R$ 2. A entrada é gratuita e é aberto a toda a comunidade.

Leia mais:  Projeto cria programa de atenção à pessoas com fibromialgia em MT

“Nosso bazar é um ciclo de solidariedade e de consumo consciente. Neste momento, queremos sensibilizar vocês para doar, desocupar os guarda-roupas, renovar as energias. Logo no início de dezembro, período de fechar ciclos e abrir novos, convidamos para conferir nossas peças, levar presentes para si e para as pessoas que amam. E, claro, contribuir com o trabalho lindo do Hospital Amparo, reconhecendo a importância que ele tem para a população rosariense”, convida a diretora da Assembleia Social e do Teatro Zulmira, Daniella Paula Oliveira.

Mais sobre o Hospital Amparo

O Hospital Amparo de Rosário Oeste é o chamado “porta aberta”, pois atende por 24 horas e tem serviço de Pronto-Atendimento (PA), de Urgência e Emergência, prevê internação e promove cirurgias de baixa complexidade, como parto cesáreo, retirada de vesícula, etc. Há também atendimento clínica médica para homens, mulheres, acompanhamento de gestantes e pediatria.

A entidade filantrópica tem 51 anos e surgiu por iniciativa da Igreja Católica. Hoje sobrevive por doações dos benfeitores, por repasses de um convênio com a Prefeitura Municipal de Rosário Oeste e com recursos do SUS. No entanto, atende uma demanda maior do que a estrutura suporta.

Leia mais:  Representantes do Lions Clube recebem títulos de cidadão mato-grossense

A presidente da Associação, Elenir Bernadete Gubert dos Santos, informa que os recursos arrecadados com o 9º Bazar Solidário serão usados para algumas adequações no hospital, como a melhoria do acesso de ambulâncias (pequena reforma na calçada) e aquisição de utensílios de cozinha, para a produção das refeições para pacientes, acompanhantes e funcionários.

 

SERVIÇO

Doação de roupas, calçados, acessórios e artigos de decoração para 9º Bazar Solidário da Assembleia Social

Agendamento de retirada de doações: (65) 3313-6875

Entidade beneficiada: Hospital Amparo de Rosário Oeste

Data do bazar: 04/12/2019, entre 9h e 15h

Local: Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros

Informações: (65) 3313-6875

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana