conecte-se conosco



Polícia

PRF em Mato Grosso autua 23 pessoas por crime ambiental em três dias

Publicado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) autuou 23 pessoas por crime ambiental em Mato Grosso, entre sexta-feira (13) e domingo (15). A maioria foi flagrada transportando madeira irregular, o que resultou na apreensão de 215,59 m³ do produto.

Na área de abrangência da Delegacia de Sorriso, região Norte, foram cinco ocorrências. No município de Sorriso, na sexta-feira, uma carreta foi flagrada com 55m³ de madeira serrada sem licença. O motorista apresentou documentos falsos do transporte aos policiais, por isso foi preso e encaminhado à Polícia Federal. Ele também responderá pelo crime ambiental. Horas depois, também em Sorriso, um bitrem transportava 37 m³ de madeira com documentação reutilizada de outra carga. Já na madrugada de sábado, um ônibus foi flagrado transportando 30 m³ de carvão vegetal sem documentação. Não havia passageiros no veículo.

Em Nova Santa Helena foram duas apreensões. No sábado uma carreta com 50 m³ de madeira em toras, das espécies cambará e cedrinho, estava reutilizando a documentação de outra carga. Na sexta-feira, uma carreta transportando 38 m³ de madeira serrada estava fora do percurso que deveria seguir conforme a Guia Florestal, tornando o transporte ilegal. Além isso, o veículo estava com o sistema de emissão de poluentes adulterado.

Outra apreensão de madeira ocorreu no domingo em Rondonópolis, Sudoeste do Estado. Em fiscalização conjunta com a Companhia da Polícia Militar de Proteção Ambiental, os PRFs abordaram uma carreta com 34,8 m3 de madeira beneficiada que saiu de Alto Paraíso/RO para Colombo/PR. Na vistoria da carga foram encontradas tábuas serradas sem documentação de transporte.

Em Barra do Garças, divisa com Goiás, e em Pontes e Lacerda, fronteira com a Bolívia, houve o flagrante de bitrens com o sistema de emissão de poluentes adulterados.
Em crimes ambientais, não apenas o transportador é autuado, mas também o emissor do produto e quem receberia a carga.

FONTE: PRF

Comentários Facebook
Leia mais:  Preso é flagrado com 8 celulares, carregadores, cabos e chips dentro no corpo em MT
publicidade

Polícia

Preso é flagrado com 8 celulares, carregadores, cabos e chips dentro no corpo em MT

Publicado

Ele expeliu objetos sozinho e não necessitou de atendimento médico. Materiais foram identificados após inspeção eletrônica durante revista.

Um preso foi flagrado com oito mini aparelhos de celular com bateria, quatro plugs de cabo USB, sete chips e um fio de carregador dentro do corpo ao ser revistado na Penitenciária Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Ferrugem), em Sinop, a 503 km de Cuiabá.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), ele foi descoberto durante procedimento de entrada na penitenciária. O caso aconteceu na última sexta-feira (18).

Os policiais penais identificaram “comportamento suspeito” no homem, que estava em um grupo de recém-chegados ao local. Após busca pessoal, ele foi submetido à inspeção eletrônica, e o scanner corporal revelou a presença de alguns objetos.

Preso estava com celulares, cabos USB e chips dentro do corpo — Foto: Sesp/MT

Objetos seriam entregues a outros presos

O homem então confessou que transportava materiais que seriam entregues a presos da unidade.

Sozinho, ele expeliu oito mini aparelhos de celular com bateria, quatro plugs de cabo USB, sete chips de celulares e um fio de carregador de celular. O preso não necessitou de atendimento médico.

Leia mais:  Policiais militares salvam bebê que se afogou na banheira em Tangará da Serra

O material estava protegido por bexigas e fitas isolante. Aos policiais penais, ele relatou que receberia uma quantia em dinheiro caso conseguisse fazer a entrega.

O homem foi encaminhado para a ala destinada ao isolamento, como medida de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19).

A direção da penitenciária afirma que investiga quem encomendou os objetos e a participação do preso nesse caso.

por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana