conecte-se conosco



Polícia

Policiais militares salvam bebê que se afogou na banheira em Tangará da Serra

Publicado

A criança já recebeu alta médica e está em casa com a família

Greyce Lima | Secom-MT

– Foto por: PMMT

A | A

Em Tangará da Serra, policiais militares salvaram uma criança recém nascida com um mês de vida, que havia se afogado na banheira, na tarde de terça- feira (22.09), no bairro Vila Alta. De imediato, a equipe da PM realizou os procedimentos de  primeiros socorros na vítima e a conduziu  para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Por volta das 14 horas,policiais estavam atendendo uma ocorrência de acidente de trânsito na Rua 01 do bairro Vila Alta, quando foram procurados por um homem que bastante nervoso pedia ajuda para salvar uma criança recém-nascida que havia se afogado.

Os policiais pediram apoio de mais equipes da PM e parte da guarnição foi verificar na residência a situação da criança.

No local, os policiais constataram que a criança de colo estava sem sinais de respiração. Um dos policiais deu início aos procedimentos de primeiros socorros para liberar as vias aéreas da vítima. Enquanto realizavam os procedimentos, os policiais com a família conduziram a criança ao hospital, no caminho a vítima conseguiu repelir todo o líquido e foi entregue à uma equipe médica especializada da Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Segundo os policiais que atenderam a ocorrência, os médicos informaram que o procedimento de primeiros socorros realizado pela PM foi essencial para salvar a vida do bebê.

A mãe relata que estava dando banho no recém nascido em uma banheira, quando em determinado momento, a criança escorregou e ingeriu  bastante água; não conseguia respirar. A criança já recebeu alta médica e está em casa com os pais.

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Mulher é presa por agredir e trancar o marido em casa em MT

Publicado

A suspeita tentou fugir quando estava sendo conduzida à viatura.

Greyce Lima Secom-MT

Nesta terça-feira(13) a Polícia Militar prendeu uma mulher de 26 anos por crime de  sequestro e cárcere privado, em Várzea Grande. A suspeita teria agredido e trancado o marido dentro de casa no bairro Mapim.

Por volta das 10h57, policiais foram acionados para uma ocorrência em que a esposa havia prendido marido dentro da residência, no bairro Mapim. A PM foi até o local e encontrou a suspeita com o comportamento alterado( chorando e gritando). O marido relatou que a esposa o agrediu fisicamente e trancou ele dentro da residência para evitar que ele saísse de casa. 

Os policiais tentaram verbalizar com a suspeita  para que ela  entregasse a chave da casa. A mulher disse que não entregaria, abrindo somente  a porta para verbalizar com a equipe da PM. A vítima relatou que não conseguia pular pois possui imobilidade em uma das pernas. 

Depois de várias tentativas de verbalização com a suspeita, os militares conseguiram deter a mulher, que ainda tentou fugir, quando estava sendo conduzida para viatura policial. 

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana