conecte-se conosco



Polícia

Policiais de Mato Grosso, Goiás e federais apreendem mais de 230 quilos de drogas

Publicado

Ação conjunta das forças policiais de Mato Grosso e Goiás apreendeu mais de 230 quilos de drogas no sábado (06.09). O carregamento do entorpecente foi feito na Bolívia e tinha como destino o Estado do Maranhão. Além da apreensão dos entorpecentes, três pessoas, sendo uma com passagem por tráfico de drogas, foram presas.

Policiais do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) detinham a informação de que um grupo faria o carregamento de uma grande quantidade de droga no país vizinho. De imediato, o grupamento acionou a Polícia Federal (PF). Os entorpecentes estavam separados em tabletes e foram carregados em três caminhonetes, sendo duas modelo Hilux e uma S10.

O grupo foi monitorado e na cidade de Santa Fé, no Estado de Goiás, o cerco policial do Comando de Operações de Divisas (COD) apreendeu o carregamento, os três veículos e prendeu três homens.

Dentre as drogas apreendidas, 222,5 kg era de substância análoga à pasta base de cocaína, 10,3 kg de substância análoga a skunk, a super maconha e 4,2 kg de cloridato de cocaína.

Participaram da operação o Gefron, a Polícia Federal, a Polícia Militar de Mato Grosso (PMMT), por meio da 2º Companhia Independente do município de Comodoro e o Comando de Operações de Divisas (COD).

Hérica Teixeira | Sesp-MT

Leia mais:  Policiais militares salvam bebê que se afogou na banheira em Tangará da Serra

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Preso é flagrado com 8 celulares, carregadores, cabos e chips dentro no corpo em MT

Publicado

Ele expeliu objetos sozinho e não necessitou de atendimento médico. Materiais foram identificados após inspeção eletrônica durante revista.

Um preso foi flagrado com oito mini aparelhos de celular com bateria, quatro plugs de cabo USB, sete chips e um fio de carregador dentro do corpo ao ser revistado na Penitenciária Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Ferrugem), em Sinop, a 503 km de Cuiabá.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), ele foi descoberto durante procedimento de entrada na penitenciária. O caso aconteceu na última sexta-feira (18).

Os policiais penais identificaram “comportamento suspeito” no homem, que estava em um grupo de recém-chegados ao local. Após busca pessoal, ele foi submetido à inspeção eletrônica, e o scanner corporal revelou a presença de alguns objetos.

Preso estava com celulares, cabos USB e chips dentro do corpo — Foto: Sesp/MT

Objetos seriam entregues a outros presos

O homem então confessou que transportava materiais que seriam entregues a presos da unidade.

Sozinho, ele expeliu oito mini aparelhos de celular com bateria, quatro plugs de cabo USB, sete chips de celulares e um fio de carregador de celular. O preso não necessitou de atendimento médico.

Leia mais:  Policiais militares salvam bebê que se afogou na banheira em Tangará da Serra

O material estava protegido por bexigas e fitas isolante. Aos policiais penais, ele relatou que receberia uma quantia em dinheiro caso conseguisse fazer a entrega.

O homem foi encaminhado para a ala destinada ao isolamento, como medida de prevenção ao novo coronavírus (Covid-19).

A direção da penitenciária afirma que investiga quem encomendou os objetos e a participação do preso nesse caso.

por G1 MT

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana