conecte-se conosco



Polícia

Polícia Civil prende padrasto condenado por estupro de vulnerável

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um padastro foragido da Justiça por estupro de vulnerável praticado na cidade de Nova Lacerda (546 km a Oeste de Cuiabá), foi preso pela Polícia Judiciária Civil do município de Pontes e Lacerda (448 km a Oeste de Cuiabá), na quinta-feira (19.12).

O suspeito W.F.S.J. estava com a ordem de prisão de condenação decretada pela Justiça, acusado de cometer os abusos sexuais contra suas duas enteadas, atualmente uma com 17 e outra com 13 anos.

Conforme apurado os estupros aconteciam desde quando a criança mais velha tinha 7 anos de idade. Os indícios apontam também que os abusos eram cometidos contra a irmã mais nova.

Considerado foragido, W.F.S.J. foi localizado pelos policiais civis de Pontes e Lacerda após informações de que ele estaria na região. Diante das suspeitas foram realizadas diligências ininterruptas durante sete dias, e na quinta-feira (19) o mesmo foi preso.

Em cumprimento ao mandado judicial o suspeito foi conduzido para providências cabíveis, e posteriormente colocado à disposição da Justiça.

 

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Fronteira

Polícia Civil investiga se aeronave boliviana em Vila Bela que caiu transportava pasta base

Publicado

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km a oeste de Cuiabá) investiga o acidente aéreo que resultou na queda de uma aeronave, ocorrido na segunda-feira (16.11), na zona rural do município. O avião de bandeira boliviana pegou fogo, resultando na morte do piloto que teve o corpo carbonizado. Há suspeita é que a aeronave realizava o transporte de pasta base de cocaína.

A equipe da Polícia Civil da Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade foi acionada por um morador da região, sobre a queda da aeronave, que bateu em um poste da rede elétrica e caiu em uma via da zona rural. A comunidade onde ocorreu a queda é distante da zona urbana da cidade, cerca de 130 quilômetros, nas imediações do Rio Guaporé.

Ao chegar ao local, os policiais constataram que o avião pegou fogo, encontrando o cadáver junto aos destroços e a fiação elétrica caída em cima da aeronave. A equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica de Pontes e Lacerda foi acionada e recolheu o corpo que ainda não foi identificado.

O corpo estava carbonizado e não foi localizado nenhum documento do piloto no local. O delegado de Vila Bela da Santissíma Trindade, João Paulo Berté, acredita que há possibilidade de que a aeronave estivesse realizando o transporte de pasta base, uma vez que o produto é inflamável com grande facilidade de combustão.

“Recolhemos o material para perícia e será encaminhado para análise se realmente o avião era utilizado para o transporte de droga. Além do forte odor e pelo conhecimento dos policiais, existem outros indícios, como o fato de o avião ser de bandeira boliviana, voar baixo, e com apenas o piloto, são modus operandi muito utilizado pelos traficantes da região”, disse o delegado.

As investigações estão em andamento e a Polícia Civil aguarda os resultados das perícias, para identificação do número de matrícula e modelo do avião, assim como da vítima que teve o corpo carbonizado no acidente.

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana