conecte-se conosco



Polícia

Polícia Civil prende mulher que tentava transferir veículo utilizando documento falso

Publicado


Assessoria | PJC-MT

Uma mulher que usava documento falso para transferir para o seu nome a motocicleta do marido já falecido foi presa em flagrante pela Polícia Judiciária Civil, na quinta-feira (23.01), em ação realizada pela equipe da Divisão Especializada de Roubos e Furtos (DERF) de Sorriso (442 km ao Norte de Cuiabá).

As diligências iniciaram após a equipe da DERF ser acionada pelo cartório do 2º Ofício da Comarca de Sorriso. Segundo as informações, na segunda-feira (20), a mulher compareceu no estabelecimento para fazer o reconhecimento de sua assinatura, porém ao entrarem em contato com cartório de Várzea Grande foi informado que se tratava de uma falsificação.

Também foi informado que o selo de autentificação não foi gerado pelo Cartório de Várzea Grande, como constava no documento de Certificado de Registro de Veículo, apresentado pela suspeita. Ao ser abordada pelos policiais da DERF, a suspeita disse que a motocicleta estava em nome do seu marido, que faleceu há dois anos.

Ela disse que o veículo estava apreendido e precisava dele para trabalhar e por isso procurou o proprietário de uma autoescola em Matupá que disse que poderia ajudar na liberação do veículo, cobrando R$2,5 mil para “fazer os documentos” e reconhecer firma. Após receber os documentos, a mulher foi orientada a fazer o reconhecimento da assinatura no Cartório de Sorriso, ocasião em que foi descoberta.

Diante da situação, a suspeita foi conduzida a Delegacia de Sorriso, onde após ser interrogada foi autuada em flagrante pelo crime de uso de documento falso. As investigações continuam em andamento para localizar o suspeito de falsificar os documentos.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Pontes e Lacerda: Após perseguição e troca de tiros Polícia recupera duas caminhonetes roubadas

Publicado

Por volta das 05:30 horas desta quarta-feira (19, a guarnição da PM realizava rondas ostensivas pela rodovia BR 174-b, saída para Vila Bela da Santíssima Trindade, momento em que se deparou com uma caminhonete Toyota Hilux, placas QCT-9122, em atitude suspeita seguindo sentido Pontes e Lacerda.

Momento em que foi feito o acompanhamento e solicitado apoio à guarnição do oficial de dia, sendo que o condutor do veículo em questão entrou pela Vila Guaporé e se juntou a outra caminhonete Hilux, na sequencia observaram a aproximação da viatura Policial, se-apavoram e um deles colidiu o veículo contra um ônibus que passava pelo local.

A partir desse momento o condutor da S-10 vermelha foragiu juntamente com um acompanhante com uma arma de fogo em mãos efetuando disparos contra a guarnição, sendo que foi revidado a injusta agressão de imediato, os suspeitos abandonaram a caminhonete no local do acidente ambos tomando rumo ignorado, então foi feito um breve acompanhamento a pé porém sem sucesso em localizar os mesmos.

A Polícia seguia a procura na cola da outra caminhonete que tentava fugir em alta velocidade, a caminhonete foi localizada no final da rua paraná última rua à direita, sendo que o motorista (que se encontrava sozinho) foragiu pela região de mata não sendo localizado até o presente momento.

Já no batalhão do 18º BPM após checagem constatou se que ambos os veículos tratam-se de produto de roubo e as placas foram clonadas sendo as placas originais da s-10 vermelha qct-3907 emplacamento de várzea grande conf. Boº 2020.47404 e a Hilux vermelha pxu-4222 emplacamento de Canarana-MT conf. B.O n ° 2020.49598, devido à complexidade da ocorrência e injusta agressão foi necessários disparos de arma de fogo devido a tentativa de capturar os infratores da lei.

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana