conecte-se conosco



Polícia

Polícia Civil destrói 700 quilos de entorpecente apreendidos na região de fronteira

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Aproximadamente 700 quilos de entorpecentes foram incinerados pela Polícia Judiciária Civil, na manhã desta sexta-feira (18.10), em Cáceres (225 km a Oeste de Cuiabá). A destruição aconteceu em uma empresa de curtume, no bairro Jardim Industrial, zona rural do município.

A grande quantidade de drogas, sendo a maior parte pasta base e cloridrato de cocaína, é decorrente das ações realizadas pelas forças de Segurança Pública da região de fronteira. O montante refere-se a procedimentos registrados no ano de 2019, e que tiveram as autorizações expedidas pela Justiça Federal e Justiça Estadual.

O total do entorpecente queimado foi apreendido em diversas operações policiais, deflagrada pela Polícia Civil e Polícia Militar, por meio da Delegacia Especial de Fronteira (Defron), do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), e das Delegacias de Polícia das cidades de Cáceres, Mirassol D’Oeste e São José dos Quatro Marcos.

Durante o evento, a delegada titular da Defron, Cinthia Gomes da Rocha Cupido, destacou a importância do ato de eliminação das substâncias ilícitas apreendidas.

“A integração entre os órgãos que compõem a segurança pública na fronteira, no trabalho diário, possibilitou o aumento no número de apreensões de entorpecentes, tirando de circulação o mal que causa a destruição de inúmeros lares e famílias”, destacou Cinthia Gomes da Rocha Cupido.

Leia mais:  Menor suspeito de roubos em Pontes e Lacerda é preso pela Polícia Civil; na mesma ação, outro suspeito foi detido por posse irregular de arma de fogo

Também participaram da incineração os delegados de polícia, Wilson Souza Santos, Judá Maali Pinheiro Marcondes, o coordenador da Politec de Cáceres, Ataíde de Campos Malheiros Filho, o coordenador do Gefron, CEL PM José Nildo Silva de Oliveira, além de outros convidados.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Menor suspeito de roubos em Pontes e Lacerda é preso pela Polícia Civil; na mesma ação, outro suspeito foi detido por posse irregular de arma de fogo

Publicado

Neste domingo (5) foi deflagrada a Operação “Moléstia Incubada”, sob coordenação dos Delegados de Polícia, Dra. Lizzia e Dr. Maurício, em que a equipe de investigação da DP de Vila Bela da Santíssima Trindade logrou êxito em cumprir mandado de apreensão de um adolescente de 17 anos, expedido pela Segunda Vara Cível da Comarca de Pontes e Lacerda/MT, em razão de sentença que aplicou a medida socioeducativa de internação ao menor.

Segundo a Polícia, o adolescente é suspeito de envolvimento em diversos atos infracionais praticados em Pontes e Lacerda, em especial, análogos a roubos de residências com restrição de liberdade das vítimas.

Durante as investigações, realizadas pela equipe de investigação da DP de Pontes e Lacerda em conjunto com os investigadores da DP de Vila Bela da Santíssima Trindade, verificou-se que o adolescente estaria recebendo auxílio de um homem residente em Vila Bela, suspeito de envolvimento com roubos e aliciamento de menores para tais práticas.

Após realizar monitoramento dos alvos, o adolescente foi apreendido quando saía da residência do outro suspeito. Ato contínuo, foi cumprido mandado de busca domiciliar na residência em questão, sendo encontrado no local um revólver calibre .32, supostamente utilizado em outras ações criminosas, além de outros objetos que se suspeita serem produto de ilícitos.

Foi lavrado APFD em face do suspeito maior de idade pela prática, em tese, dos crimes de posse irregular de arma de fogo de uso permitido (art. 12 da Lei nº 10.826/2003) e de corrupção de menores do ECA (art. 244-B da Lei nº 8.069/1990.

O adolescente foi encaminhado à DP de Pontes e Lacerda, onde aguarda a realização da audiência de apresentação perante o Ministério Público.

INFORMAÇÕES DA POLÍCIA CIVIL

Leia mais:  PRF faz apreensão de drogas e causa prejuízo de mais de 53 milhões de reais ao narcotráfico

VEJA O VÍDEO:

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana