conecte-se conosco



Cidades

Polícia Civil cumpre mandados e fecha carvoaria na zona rural de Cáceres

Publicado

Dois mandados de busca e apreensão visando combater prática de crimes ambientais, como desmatamento e carvoaria ilegal, foram cumpridos na zona rural de Cáceres (225 km a Oeste de Cuiabá), em ação integrada deflagrada pelas forças de Segurança Pública de Mato Grosso.

O trabalho conjunto foi realizado, na sexta-feira (04.10), pela Polícia Judiciária Civil com apoio da Polícia Militar e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), tendo como alvos das ordens judiciais endereços situados no assentamento Paiol, município de Cáceres.

Anúncios

No local, o suspeito, D.B.N., foi detido por crimes contra a fauna e flora, além de serem apreendidas uma motocicleta com suspeita de adulteração veicular, uma espingarda de pressão, uma motosserra, um animal abatido, e várias munições de calibre 38 e calibre 22.

Os mandados de busca e apreensão domiciliar foram expedidos pela Justiça, após investigações da Polícia Civil de Cáceres, para apurar diversos furtos cometidos em chácaras e sítios na região rural da cidade. Sendo nas diligências identificada uma área onde vinha ocorrendo desmatamento, bem como um ponto com possível funcionando de uma carvoaria ilegal.

Em posse dos pedidos de busca, as equipes foram até o local, onde durante cumprimentos foram apreendidas munições de diferentes calibres, uma motosserra, um tatu abatido, uma moto com suspeita de adulteração e uma espingarda de pressão. O suspeito D.B.N. foi conduzido para esclarecimentos. 

Logo que chegaram a propriedade, os policiais encontraram a carvoaria funcionando e ainda vários sacos de carvão, que já estavam prontos para serem comercializados. Ao perceber a chegada das equipes, um dos suspeitos que estava no local conseguiu fugir.

Participaram da operação integrada 19 profissionais, das Polícia Civil, Polícia Ambiental, Força Tática e peritos.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Policiais civis de Jauru/MT prende homem por golpes contra moradores

Publicado

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Jauru (425 km a oeste de Cuiabá) prendeu nesta quarta-feira (27.05) um homem suspeito de aplicar golpes contra comerciantes e moradores do Distrito de Lucialva, no mesmo município.

Anúncios

Com o suspeito foram apreendidos aproximadamente 22 quilos de carne bovina e R$ 300,00 reais que pertenciam às vítimas, que acreditaram no seu argumento, quando disse ao proprietário de um açougue que outra pessoa pagaria a carne. E para esta segunda vítima, o suspeito pediu o dinheiro e disse que pagaria em bebidas, mas que iria demorar, porque o caminhão, supostamente, havia sofrido um acidente na estrada.

Ao perceberem que foram enganadas, as vítimas procuraram a Polícia Civil e fizeram a denúncia, com a descrição do suspeito e modelo da motocicleta. Em diligências, os investigadores conseguiram localizar o suspeito que informou ter escondido o dinheiro da vitima em um bar de Jauru. O valor foi recuperado logo depois.

O suspeito do estelionato disse também para as vítimas que morava em Pontes e Lacerda, contudo seu endereço é na cidade de Figueirópolis d’Oeste, também na região.

Os policiais também notaram que o suspeito estava com os olhos vermelhos e odor etílico. O teste do etilômetro deu positivo para embriaguez. O homem foi conduzido para a Delegacia de Jauru e autuado em flagrante pelos crimes de estelionato e direção sob influência de álcool.

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana