conecte-se conosco


Polícia

PM detém netos por assassinar o próprio avó com golpes de facão e disparo de arma de fogo em Cáceres

Publicado

Dois jovens de 16 e 19 anos mataram o próprio avô de 40 anos a facadas e tiros, em Cáceres distante a 225km de Cuiabá. O homicídio aconteceu no Distrito do Caramujo, na zona rural.

Segundo a Polícia Militar, a vitima estava desaparecido a dias e os dois netos haviam contado ao policiais uma versão de que seu avô havia sido sequestrado.

Porém essa versão não teria sido aceita pelos vizinhos da propriedade do senhor, que começaram procuram a vítima, inclusive com a ajuda dos dois netos sendo J. H. B. B (19 anos) e o menor F. B. B (16 anos), e que neste domingo (15) por volta das 15h encontraram o corpo da vitima já em estado de putrefação as margens de córrego Padre Inácio.

Ao encontrar o corpo, uma testemunha em depoimento aos policiais contou que os netos teriam tentado fugir, porém os presentes teriam segurados os dois até a chegada dos policiais.

Os suspeitos confessaram que mataram o avô após uma discussão. O jovem de 19 anos, contou que efetuou um disparo de arma artesanal de calibre 22 no pescoço da vítima que estava agachado, que ao cair ao solo recebeu mais dois golpes de facão na nuca.

O suspeito em companhia do primo de 16 anos, que também morava com o avô, arrastaram o corpo por cerca de 60 metros do local do fato, com a intenção de esconde-lo e ainda cobriram o corpo com palhas de babaçu.

Os dois relataram que após executar a vítima jogaram o facão e a arma artesanal dentro do córrego, e após isso retornaram para o Distrito de Caramujo. Para avisar os que a vítima havia sido sequestrada.

A Policia Judiciária Civil e a Politec foram acionadas e estiveram no local, o corpo da vítima foi encaminhado para o IML em Cáceres.

Os policiais militares em policiamento sistêmico (pós ocorrência) teriam retornado ao local do fato e em conversa com os dois suspeitos foi possível identificar que os mesmos estavam mentindo sobre o fato.

Os dois jovens foram entregues no Centro Integrado de Segurança e Cidadania em Cáceres.

FONTE: Cáceres Notícias 

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil abre processo seletivo para Analista de Sistemas temporário
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende integrantes de quadrilha envolvida em roubos de caminhonetes na fronteira

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Quatro integrantes de uma quadrilha envolvida em roubos de caminhonetes na região de fronteira foram presos, pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (18.10), em ação das Delegacias de Pontes e Lacerda e Vila Bela da Santíssima Trindade (448 e 521 km a Oeste de Cuiabá).

Robson Costa de Araujo Vieira, 27, Jacinto Neto Barbosa dos Santos, 38, Anderson Mateus Pedroso Camargo, 26 e Daniel Gomes de Toledo, 24, foram flagrados em um ponto de venda de entorpecentes em Vila Bela e confessaram a participação no roubo de um veículo na cidade de Conquista D’Oeste.

As investigações iniciaram quando os policiais da Delegacia de Pontes e Lacerda entraram em contado com a equipe da Polícia Civil de Vila Bela comunicando o roubo de uma caminhonete Chevrolet S10, ocorrido na quarta-feira (16), em Conquista D’Oeste, em que os suspeitos estariam deslocando com o veículo com destino a Bolívia.

Durante as diligências para interceptar o veículo, os policiais receberam informações de que a caminhonete foi encomendada por um traficante da Vila Bela, para ser trocado por drogas no país vizinho.

Leia mais:  Polícia Civil promove mudanças em diretoria e regional do interior

Com base na informação, os policiais passaram a monitorar pontos conhecidos por atuarem como bocas de fumo na cidade, onde foram verificadas fundadas suspeitas na casa de dois traficantes da cidade.

Após mais de 24 horas de vigilância, os policiais flagraram o momento que três suspeitos com características pessoais semelhantes às passadas pela vítima chegaram a casa. Diante das suspeitas, os policiais civis solicitaram o apoio da equipe da Polícia Militar para entrar na residência, onde surpreenderam os quatro suspeitos.

Durante a abordagem, os investigados tentaram resistir a prisão, porém acabaram detidos pelos policiais. Questionados, os presos confessaram a participação no roubo da caminhonete e disseram que o veículo foi levado para Bolívia ainda no dia 16.

Em buscas na casa, os policiais encontraram documentos pessoais de outros dois integrantes da quadrilha, que seriam os responsáveis pela boca de fumo e também por levar a caminhonete para a Bolívia. Também foi apreendido no endereço, um prato com resquícios de entorpecente, aparelhos celulares de origem duvidosa e dois botijões de gás produto de furto.

Leia mais:  Polícia Civil abre processo seletivo para Analista de Sistemas temporário

Diante das evidências, os suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Pontes e Lacerda, onde foi lavrado o flagrante pelos crimes de roubo e associação criminosa.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana