conecte-se conosco



Agronegócio

Pecuaristas podem fazer comunicação de vacinação contra aftosa por e-mail

Publicado

Dados do INDEA MT indicam que a comunicação está maior neste período que em anos anteriores

Thielli Bairros | Sedec MT

A vacinação contra a febre aftosa em Mato Grosso está em andamento. Cerca de 30 milhões de cabeças de gado deverão ser imunizadas até 10 de junho e a comunicação ao Instituto de Defesa Agropecuária (Indea-MT) poderá ser feita até 20 de junho.

Os pecuaristas estão se adiantando: 22,9% dos estabelecimentos rurais já comunicaram a vacinação – 9,14% a mais que na etapa passada para esta data. Até domingo (17.05), o Indea-MT registrou 24,21% dos bovinos e bubalinos já vacinados e com comunicação realizada, um aumento de 11,74% em relação à etapa passada nesta mesma data.

“Devido à pandemia do novo coronavírus, o Indea optou por antecipar a vacinação e prorrogar a comunicação ao órgão. Desta forma, conseguiremos evitar aglomerações nas lojas veterinárias e também nas unidades do Instituto em todo o Estado”, explica Luiz Fernando Flamínio, presidente do Indea-MT.

De acordo com João Marcelo Brandini Nespoli, coordenador de Sanidade Animal, há a opção de o pecuarista fazer a comunicação por e-mail. “Queremos que os produtores vacinem seu rebanho e comuniquem imediatamente ao Indea. Por isso, pensamos na facilidade de fazer pela internet seguindo o passo a passo disponível no site”, diz. As orientações encontram-se no link: https://bit.ly/3bCuctI

Comentários Facebook
publicidade

Agronegócio

Vacinação contra a febre aftosa em MT é antecipada e tem prazo ampliado devido à pandemia da Covid-19

Publicado

Nessa etapa de vacinação contra febre aftosa serão vacinados bovinos e bubalinos de mamando a caducando. Em função da pandemia da COVID 19, o prazo para vacinação e comunicação foi ampliado para garantir a imunização do rebanho de maneira segura às pessoas envolvidas nas propriedades rurais, lojas veterinárias e Unidades Locais do INDEA/MT.

O período para vacinação inicia-se em 27 de abril e encerra-se em 10 de junho, tendo até o dia 20 do mesmo mês para comunicação. É de extrema importância que o produtor se programe para evitar aglomerações na aquisição da vacina, aplicação e comunicação.

O INDEA/MT disponibilizará meios remotos para comunicação da vacinação visando reduzir ao máximo a presença nas Unidades. Esses procedimentos serão em breve publicados.

Contamos com a costumeira colaboração dos produtores rurais, entidades representantes, revendedores de vacinas e demais envolvidos para que possamos, nessa etapa, nos adaptarmos da melhor maneira possível para alcançar a meta e, cumprindo as exigências das autoridades de saúde relativas à prevenção da COVID-19.

Max Campos | Indea-MT

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana