conecte-se conosco



Cidades

Paciente que morreu com suspeita de Covid-19 tem corpo trocado no Hospital São Luiz em Cáceres e idoso é enterrado no lugar

Publicado

Direção do hospital abriu sindicância para apurar o ocorrido e disse que adotará todas as medidas cabíveis.

Por Denise Soares e Alexia Schumacher, G1 MT e Centro América FM

Uma idosa morreu com suspeita de coronavírus (Covid-19) nessa terça-feira (26), mas teve o corpo trocado no Hospital São Luiz, em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, por outro idoso que acabou sendo enterrado no lugar dela.

Alaíde Rosa de Aquino, de 81 anos, moradora de São José dos Quatro Marcos, era cardíaca e deu entrada no hospital no dia 23 de maio com suspeita de Covid-19.

A direção do hospital São Luiz emitiu nota de esclarecimento informando que abriu sindicância para apurar o ocorrido e adotará todas as medidas cabíveis. (Veja a nota na íntegra ao final da matéria).

A morte da idosa provocou uma confusão na unidade e o corpo foi trocado com outro paciente: Adélio João de Souza, de 66 anos, que deu entrada no hospital com no dia 20 de maio após sofrer um infarto e morreu no mesmo dia que Alaíde.

Quando os familiares chegaram ao hospital para liberar o corpo, foram informados que o idoso já havia sido sepultado com suspeita de Covid pela família da idosa.

Ainda conforme os familiares, o idoso havia feito o exame enquanto esteve internado e o resultado deu negativo.

A duas famílias registraram boletim de ocorrência contra o hospital.

Outro lado

A direção do Hospital São Luiz informa que abriu sindicância para apurar o ocorrido e adotará todas as medidas cabíveis.

A gestão mantém, de forma contínua, a revisão de protocolos de segurança e o caso mencionado não está de acordo com o rigor dos procedimentos do São Luiz.

Os familiares dos pacientes envolvidos foram informados, imediatamente, após identificada a situação, sendo oferecido todo o suporte para a resolução dos trâmites necessários.

Neste momento, o Hospital São Luiz lamenta o ocorrido e reitera seu compromisso com a população, amparado por seus princípios e a busca permanente pela qualidade, humanização e segurança nos serviços oferecidos.

Assessoria de Comunicação – Hospital São Luiz

Leia mais:  EM VIDEOCONFERÊNCIA: Infectologista orienta lideranças regionais a pedido de Moretto

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

EM VIDEOCONFERÊNCIA: Infectologista orienta lideranças regionais a pedido de Moretto

Publicado

A videoconferência com o Dr. Paulo Olzon, infectologista de renome internacional, abordou medidas de prevenção e combate ao novo coronavírus (Covid-19).

Uma reunião realizada por meio de videoconferência, convocada e organizada pelo deputado Valmir Moretto (Republicanos), tirou dúvidas de lideranças da região Oeste de Mato Grosso relacionadas ao novo coronavírus (Covid-19). A conversa com o infectologista Dr. Paulo Olzon, conhecido como o “Dr. House do Brasil”, aconteceu na noite de terça-feira (07).

Anúncios

Recentemente, Olzon vem ganhando ainda mais destaque por acompanhar dia a dia o avanço e características da Covid-19.

“O que está dando certo é agir nas primeiras semanas. Isso já aconteceu na Espanha, na Itália e em países desenvolvidos. Tem que tratar rápido para que não chegue no quadro grave. Se o sintoma começou hoje, trata ontem”, argumentou Olzon na reunião.

O prefeito de São José dos Quatro Marcos, Ronaldo Floreano Santos, ressaltou a iniciativa do deputado Valmir Moretto em trazer conhecimento técnico sobre a doença.

“Nós gestores estamos no meio de um fogo cruzado, que as vezes a gente entra até em desespero. Essa iniciativa é imprescindível nesse momento de tamanha tensão”, disse.

Para Moretto, o conhecimento de um especialista na área é muito importante para combater a desinformação.

“Essa reunião foi um grande aprendizado. Agradeço a todos que participaram e agora vamos colocar em prática tudo que aprendemos com o doutor Paulo”, finalizou o deputado.

Comentários Facebook
Leia mais:  EM VIDEOCONFERÊNCIA: Infectologista orienta lideranças regionais a pedido de Moretto
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana