conecte-se conosco



Pontes e Lacerda

Operação Hades cumpre 24 ordens judiciais em investigação sobre crime organizado em Pontes e Lacerda

Publicado

Durante as buscas, os policiais civis apreenderam diversas armas, munições, veículo, dinheiro e entorpecentes.

Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil de Pontes e Lacerda (448 km a oeste de Cuiabá), deflagrou na manhã desta quarta-feira, 14 de outubro, a Operação Hades, para cumprimento a 24 mandados judiciais de prisões e de buscas e apreensões em ação de combate ao crime organizado no município.

De acordo com o delegado de Pontes e Lacerda, Alexandre Nazareth, até o momento quatro pessoas foram presas em flagrante por tráfico, associação para o tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo, além dos cumprimentos de 19 ordens judiciais entre buscas e apreensões e prisões.

Durante as buscas, os policiais civis apreenderam diversas armas, munições, veículo, dinheiro e entorpecentes.

Uma das armas aprendidas, uma pistola 9 mm, foi possivelmente utilizada em um duplo homicídio praticado no município. Outros materiais apreendidos na operação são: aproximadamente 1 quilo de entorpecentes entre pasta base e maconha, 80 munições de diversos calibres (380, 9mm e 38), um automóvel VW/Gol, uma espingarda calibre 22, aparelhos celulares, R$ 1.425,00 em dinheiro e duas balanças de precisão.

As investigações da Polícia Civil que culminaram com a deflagração da Operação Hades apuram diversos crimes ocorridos no município, com envolvimento de facções criminosas, como três homicídios e várias tentativas de homicídios.

O delegado Alexandre Nazareth destaca o empenho de todos os profissionais da instituição para chegar ao esclarecimento dos crimes e à responsabilização dos envolvidos.

O nome da operação faz menção a Hades, que na mitologia grega é conhecido por ser o deus do submundo, que governa o mais sombrio território do mundo.

Comentários Facebook
Leia mais:  Organização criminosa é pega com 25 mil maços de cigarros sem procedência em Pontes e Lacerda
publicidade

Pontes e Lacerda

MEDIDA PREVENTIVA: Redes de esgoto passam por revisão em Pontes e Lacerda

Publicado

Caminhão hidrojato é usado na desobstrução e limpeza das tubulações; concessionária de saneamento alerta sobre destinação do lixo
Nas ruas de Pontes e Lacerda, um novo integrante do time do saneamento básico chama a atenção: o caminhão hidrojato, que chega com a missão de preparar o sistema de esgotamento sanitário para o período de chuva. As ações preventivas de limpeza e desobstrução das tubulações serão realizadas pela concessionária de saneamento em todos os bairros e devem ser concluídas em até 60 dias.

 

“O caminhão hidrojato auxiliará a concessionária na limpeza e desobstrução das redes de esgoto da cidade, com o intuito de diminuir o risco de alagamentos característicos desse período”, explica Marcus Silva, gerente operacional da Águas Pontes e Lacerda. “Estamos trabalhando para manter nosso alto padrão de qualidade do atendimento e do serviço ofertado aos lacerdenses em todas as estações do ano.”

Lixo é no lixo – A concessionária faz um alerta sobra a importância de não jogar lixo nas ruas e na rede de esgoto. “O descarte irregular dos resíduos sólidos são o maior problema para o sistema de esgotamento sanitário. Uma sacola plástica, por exemplo, quando descartada de forma incorreta nas vias públicas, pode causar o entupimento das bocas de lobo, provocando alagamentos em períodos de chuva. Quando o lixo chega às redes de esgoto, o acúmulo desses resíduos pode causar obstrução das tubulações e extravasamento, prejudicando todo o sistema e a população em geral”, observa Marcus Silva.

 

Óleo de cozinha, haste flexível, algodão, bituca de cigarro, absorventes, preservativo ou embalagens, por exemplo, que acabam sendo descartados pela pia ou vaso sanitário, podem provocar transtornos tanto na rede de esgotamento sanitário doméstico quanto no encanamento interno dos imóveis. A correta destinação dos resíduos sólidos é uma grande aliada para o funcionamento do sistema de saneamento básico da cidade e uma atitude de respeito para com a sociedade e o meio ambiente”, finaliza o gestor.

Sobre a Águas Pontes Lacerda: Por meio de concessão plena com validade de 30 anos, a Águas Pontes Lacerda assumiu os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário no município em 2001. A empresa atende a cerca de 45 mil pessoas e tem como objetivo universalizar o acesso da população à água de qualidade e à coleta e tratamento de esgoto. Desde 2017, faz parte da Iguá Saneamento, companhia que está presente em 37 municípios brasileiros e que alcança 6 milhões de pessoas com o compromisso de ser a melhor empresa de saneamento para o Brasil.

 

Sobre a Iguá Saneamento: A Iguá é uma companhia de saneamento, controlada pela IG4 Capital, que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas. Atualmente, está presente em 37 municípios de cinco estados brasileiros: Alagoas, Mato Grosso, Santa Catarina, São Paulo e Paraná, por meio de 18 operações que somadas beneficiam cerca de 6 milhões de pessoas. O alcance dos serviços prestados pela companhia a coloca entre os principais operadores privados do setor de saneamento do país. Em 2019, foi eleita pelo terceiro ano consecutivo uma ótima empresa para se trabalhar pela consultoria Great Place to Work (GPTW). Atualmente, emprega cerca de 1,5 mil pessoas. O nome Iguá é uma referência direta ao universo em que atua: em tupi-guarani, “ig” quer dizer água. www.iguasa.com.br.

Comentários Facebook
Leia mais:  Organização criminosa é pega com 25 mil maços de cigarros sem procedência em Pontes e Lacerda
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana