conecte-se conosco



Educação

No Rio, candidatos do Enem chegam cedo para não perder a prova

Publicado

Thiago Salustriano, 20 anos, decidiu chegar mais cedo à Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) para o segundo dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) porque acredita que, assim, ficará menos nervoso. “Estou bem preparado, mais tranquilo do que na semana passada. Thiago quer cursar jornalismo ou cinema.

Ele aproveitou para relaxar, conversando com Karolina Oliveira que chegou no local às 10h30.

Rio de Janeiro -  Os estudantes Karolina Oliveira e Thiago Salustriano, primeiros a chegar para o segundo dia de provas do ENEM, na UERJ. (Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil)

Rio de Janeiro – Os estudantes Karolina Oliveira e Thiago Salustriano, primeiros a chegar para o segundo dia de provas do ENEM, na UERJ. (Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil) – Fernando Frazão/Agência Brasil

Para Karolina, 20 anos, a primeira prova foi bem complicada. Hoje disse que expectativa é grande. “Porque eu me esforcei e espero dar o melhor”. Karolina que cursar enfermagem, de preferência em uma universidade pública. Ela trouxe suco e sanduiches para se alimentar durante a prova.

Já Paloma Alves, 18 anos, veio com o pai, o vigilante Sidney Gonçalves Brum, para se acalmar. “A gente passa algumas dicas”, disse Sidney. Paloma achou a primeira prova dificil, mas acredita que deu tudo certo. Ela quer cursar desenho grafico.

O acesso à sala de provas só será permitido com a apresentação de documento oficial de identificação com foto, conforme previsto em edital. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recomenda que o participante imprima e leve o cartão de confirmação da inscrição, que já está disponível na Página do Participante e no aplicativo do Enem.

O segundo dia de aplicação do Enem ocorre neste domingo (10), à tarde, em todo o país, quando estudantes farão provas de ciências da natureza e matemática. Os portões abrirão às 12h e fecharão às 13h30, no horário de Brasília. Os participantes terão 5 horas para resolver as questões. A prova termina às 18h30.

Edição: Liliane Farias
Tags: Enem Enem2019

Comentários Facebook
publicidade

Educação

Governo prorroga prazo de inscrição do Enem até dia 27

Publicado

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou a prorrogação do prazo de inscrição para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 para a próxima quarta-feira (27). Pelo calendário inicial, as data limite para os estudantes se inscreverem era hoje (22).

As inscrições começaram no último dia 11 e podem ser feitas por meio da página do Enem na internet.

De acordo com Weintraub, mais de cinco milhões de estudantes já se inscreveram para a prova até a manhã desta sexta-feira (22). “Como já anunciei, os candidatos inscritos serão ouvidos, em junho, pela Página do Participante, do Inep [Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira]. Eles, os interessados, vão escolher quando fazer a prova”, explicou o ministro, em outra publicação no Twitter.

Na quarta-feira (20), o Ministério da Educação anunciou o adiamento do Enem por algo entre 30 a 60 dias, em razão dos impactos ocasionados na sociedade pela pandemia de covid-19. As provas impressas estavam previstas para serem aplicadas em 1º e 8 de novembro e as provas do Enem digital para os dias 22 e 29 de novembro.

A estrutura dos dois exames será a mesma. Serão aplicadas quatro provas objetivas, constituídas por 45 questões cada, e uma redação em língua portuguesa. A redação será manuscrita, em papel, nas duas modalidades. Durante o processo de inscrição, o participante deverá selecionar uma opção de língua estrangeira – inglês ou espanhol.

Neste ano, será obrigatória a inclusão de uma foto atual do participante no sistema de inscrição, que deverá ser utilizada para procedimento de identificação no momento da prova. O valor da taxa de inscrição é de R$ 85 e deverá ser pago até 28 de maio.

Quem tem direito à gratuidade da taxa de inscrição, por se enquadrar nos perfis previstos nos editais do Enem, terá a isenção automática, a partir da análise dos dados declarados no sistema. A regra se aplica, inclusive, aos isentos em 2019 que faltaram aos dois dias de prova e não tenham justificado ausência. De acordo com o Inep, a medida beneficia quem teve dificuldades em realizar a solicitação de isenção devido às restrições impostas pelo isolamento social decretado em razão da pandemia de covid-19.

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana