conecte-se conosco



Pontes e Lacerda

Mudança de horário automática era prevista pelo Google

Publicado

As mudanças de horário que ocorreram automaticamente hoje (3) em alguns aparelhos já estavam previstas pelo Google.

No último dia 18, em mensagem no blog do Google Brasil,a empresa esclareceu que aparelhos com o sistema Android poderiam ter alterações de horário neste fim de semana. Isso ocorreu devido a mudanças feitas pelo governo brasileiro no horário de verão. O sistema estava programado para atualizar os aparelhos. Mudanças automáticas ocorreram também no dia 20 de outubro. 

 “Para os aparelhos que não forem impactados no dia 20 de outubro, existe a possibilidade de que a mudança automática aconteça no dia 3 de novembro, já que a regra mudou em 2018”, dizia o post. A orientação é definir manualmente a hora dos aparelhos. 

A alteração do dia 20 e a deste domingono ocorreram devido a duas mudanças. Em 2018, a data de início do horário  de verão passou do terceiro domingo de outubro para o primeiro domingo de novembro, justificando a alteração mais recente. O fim do horário de verão foi a causa da alteração no dia 20.

“Todas essas modificações impactam diretamente no Banco de Dados Global da Iana (em português, Autoridade para Atribuição de Números de Internet), que é utilizado por smartphones e dispositivos eletrônicos para garantir que você esteja sempre na hora certa, onde quer que esteja”, diz o post assinado pela equipe Android. 

O Google divulgou um passo a passo para orientar os usuários: “Entre no menu Configurações e procure o item chamado Sistema, depois, escolha “Data e Hora” ou algo similar (em alguns aparelhos talvez não seja necessário passar pelo menu Sistema). Desative as opções Data e hora automáticas e Fuso horário automático.”

De acordo com a empresa, caso o telefone não sofra nenhuma alteração de horário em nenhuma das duas datas, isso significa que o aparelho já foi atualizado pelos fabricantes ou, então, que está seguindo as regras de rede da operadora. 

Neste domingo (3), a alteração deixou apreensivos estudantes que fazem o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As provas começaram às 13h30. Os portões dos locais de prova abriram-se às 12h, no horário de Brasília, e foram fechados às 13h. Em post no Twitter, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que “isso já está sanado, está tudo resolvido, e os horários estão mantidos.”

A mudança repercutiu nas redes sociais: “Saí de casa achando que tava na hora do Enem e descubro que minha hora estava errada e sai quase 1 hora mais cedo, voltei pra casa”, disse um usuário do Twitter. “Quase que eu saio de casa 10 horas de bobeira pra ir pro Enem. Famosa hora errada”, disse outro. 

Hoje, cerca de 5,1 mil estão inscritos para fazer o Enem. Os participantes fazem provas de redação, linguagens e ciências humanas. A aplicação do exame continua no próximo domingo (10), quando os candidatos farão provas de matemática e ciências da natureza.

Comentários Facebook
Leia mais:  Sobe para nove (9) o número de pacientes recuperados da Covid-19 em Pontes e Lacerda/MT
publicidade

Pontes e Lacerda

PRF prende quadrilha em Conquista D’oeste/MT; Indivíduos estavam em 3 veículos, um deles adulterado e com registro de roubo

Publicado

Indivíduos estavam em 3 veículos, um deles adulterado e com registro de roubo

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu uma quadrilha na tarde dessa terça-feira (26), durante fiscalização na BR-174, em Conquista D’oeste.

A equipe desconfiou de 3 veículos que viajavam juntos, como se estivessem em comboio e ordenou que parassem.

O primeiro veículo (V1) era uma Toyota Hilux, com placas de Pouso Alegre/MG, conduzida por um homem de 30 anos e que tinha um passageiro de 39. O segundo veículo (V2) era uma Chevrolet S10, com placas de Senador Canedo/GO e tinha como condutor um homem de 41 anos. Por fim o terceiro veículo (V3), outra Toyota Hilux, com placas de Belo Horizonte/MG, que tinha como condutor um homem de 26 anos.

Durante a fiscalização, a equipe percebeu sinais de adulteração em V1. Após análise detalhada e consulta aos sistemas, foi possível confirmar que o veículo era adulterado e que o original possuí registro de roubo.

Ao serem questionados se viajam juntos, todos negaram, entretanto os PRF verificaram que V2 era de propriedade do condutor de V1 e os motoristas eram irmãos. Posteriormente o condutor de V1 afirmou conhecer os demais envolvidos. O passageiro que estava em V1, disse apenas estar pegando uma carona e que não conhecia nenhum dos motoristas.

Em busca veicular e pessoal, foram encontrados 30 pontos de substância análoga à LSD que estavam na carteira do condutor de V1.

V2 e V3 não possuíam irregularidades, porém V3 era de propriedade de uma locadora, sendo locado em 21 de abril deste ano, com devolução em 27 de abril, o que de fato não aconteceu.

Ocorrência encaminhada para a Polícia Civil de Pontes e Lacerda/MT.

SECOM PRF MT

Comentários Facebook
Leia mais:  ARTIGO - Mediação é ferramenta importante para diminuir processos de recuperação judicial
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana