conecte-se conosco


Polícia

Menor é detida pela Polícia Militar por tráfico de drogas

Publicado

Foto: PM

Uma menor, de apenas 16 anos foi detida por tráfico de drogas na noite desta terça-feira (24) nas proximidades do Bairro Jardim Morada da Serra.

A guarnição recebeu informações da equipe de inteligência de que haveria uma menor traficando drogas no Mini Estádio Nivaldo Assunção.

Segundo a Polícia Militar, ela foi localizada e abordada e com ela foram encontradas 3 porções de substância análoga à maconha e dinheiro trocado.

A mesma afirmou que estava vendendo drogas e que tinha acabado de vender para uma usuária. Com a usuária foi localizada uma porção de maconha.

Diante dos fatos foram encaminhadas as duas pessoas para a delegacia e registrado o boletim de ocorrência.

Comentários Facebook
Leia mais:  Autor de homicídio em Itaúba tem prisão cumprida em Colíder
publicidade

Polícia

Polícia Civil destrói 700 quilos de entorpecente apreendidos na região de fronteira

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Aproximadamente 700 quilos de entorpecentes foram incinerados pela Polícia Judiciária Civil, na manhã desta sexta-feira (18.10), em Cáceres (225 km a Oeste de Cuiabá). A destruição aconteceu em uma empresa de curtume, no bairro Jardim Industrial, zona rural do município.

A grande quantidade de drogas, sendo a maior parte pasta base e cloridrato de cocaína, é decorrente das ações realizadas pelas forças de Segurança Pública da região de fronteira. O montante refere-se a procedimentos registrados no ano de 2019, e que tiveram as autorizações expedidas pela Justiça Federal e Justiça Estadual.

O total do entorpecente queimado foi apreendido em diversas operações policiais, deflagrada pela Polícia Civil e Polícia Militar, por meio da Delegacia Especial de Fronteira (Defron), do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron), e das Delegacias de Polícia das cidades de Cáceres, Mirassol D’Oeste e São José dos Quatro Marcos.

Durante o evento, a delegada titular da Defron, Cinthia Gomes da Rocha Cupido, destacou a importância do ato de eliminação das substâncias ilícitas apreendidas.

“A integração entre os órgãos que compõem a segurança pública na fronteira, no trabalho diário, possibilitou o aumento no número de apreensões de entorpecentes, tirando de circulação o mal que causa a destruição de inúmeros lares e famílias”, destacou Cinthia Gomes da Rocha Cupido.

Leia mais:  Projeto Ainda Posso Sonhar oferta auxílio psicológico a vítimas de violência

Também participaram da incineração os delegados de polícia, Wilson Souza Santos, Judá Maali Pinheiro Marcondes, o coordenador da Politec de Cáceres, Ataíde de Campos Malheiros Filho, o coordenador do Gefron, CEL PM José Nildo Silva de Oliveira, além de outros convidados.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana