conecte-se conosco



Economia

MDR libera R$ 344,3 milhões para concluir 230 mil moradias populares

Publicado

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) anunciou hoje (11) a liberação de R$ 939 milhões para conclusão de obras de habitação, saneamento e segurança hídrica em todo o país. A maior parcela dos recursos, no valor de R$ 344,3 milhões, segundo a pasta, será destinada à conclusão de 230 mil moradias populares em construção. Ao longo do ano, o MDR entregou 245,6 mil unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida, com investimentos de R$ 4,1 bilhões.

Para a área de segurança hídrica, o ministério liberou R$ 250,3 milhões, que vão financiar obras de abastecimento regular de água, como o canal do Sertão Alagoano (R$ 25 milhões), em Alagoas; a Adutora do Agreste (R$ 24,4 milhões), em Pernambuco; das Vertentes Litorâneas (R$ 32,7 milhões), na Paraíba; e do Cinturão das Águas do Ceará (R$ 55,4 milhões), no Ceará. Todos esses empreendimentos são executados diretamente pelo estados, mas contam com apoio financeiro do governo federal.

Os eixos Norte e Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco – incluindo o Ramal do Agreste – também receberam investimentos. Ao todo, foram pagos R$ 102,9 milhões, sendo R$ 74 milhões ao Ramal e os outros R$ 28,8 milhões aos eixos principais de transferência de água (Norte e Leste). As águas do Velho Chico no Eixo Norte percorrem os canais em direção ao Ceará. A previsão é atender 4,5 milhões de pessoas, após a chegada da água ao estado no final do primeiro trimestre de 2020. O restante do aporte ao empreendimento foi aplicado em obras de recuperação de reservatórios de água e ações de macrodrenagem.

Saneamento

A outra parte de recursos liberada pela pasta, no valor de R$ 138,3 milhões, será aplicada em obras de saneamento no Distrito Federal e em outros 22 estados: Amapá, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande Do Sul, Santa Catarina, Sergipe e São Paulo.

Edição: Denise Griesinger

Comentários Facebook
Veja as principais ações do mercado financeiro mundial
publicidade

Economia

Caixa paga R$ 300 a 1,6 milhão beneficiários do Bolsa Família

Publicado

A Caixa realiza hoje (24) o pagamento de R$ 428,2 milhões referente à primeira parcela do auxílio emergencial residual para 1,6 milhão de beneficiários do Bolsa Família com final  6 do Número de Identificação Social (NIS).

Com mais esse pagamento, foram liberados até hoje R$ 2,5 bilhões da primeira parcela do auxílio emergencial residual para 9,6 milhões de pessoas que atendidas pelo Bolsa Família. Ao todo, mais de 16,3 milhões de pessoas cadastradas no programa foram consideradas elegíveis e receberão, no total, R$ 4,3 bilhões durante o mês de setembro.

Critérios

Para quem recebe o Bolsa Família nada muda. O recebimento do Auxílio Emergencial Extensão atende aos mesmos critérios e datas do benefício regular, permitindo a utilização do cartão nos canais de Autoatendimento, Unidades Lotéricas e Correspondentes Caixa Aqui; ou por crédito na conta Caixa Fácil.

Para o pagamento do Auxílio Emergencial Extensão, os beneficiários do Bolsa Família tiveram avaliação de elegibilidade realizada pelo Ministério da Cidadania – conforme Medida Provisória nº 1.000, de 2 de setembro de 2020 – e recebem o valor do Programa Bolsa Família complementado pela extensão do auxílio emergencial totalizando R$ 300 ou R$ 600, no caso de mulher provedora de família monoparental.

Comentários Facebook
Veja as principais ações do mercado financeiro mundial
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana