conecte-se conosco



Mato Grosso

Mato Grosso registra 138.137 casos e 3.758 óbitos por Covid-19; 119.661 estão recuperados

Publicado

Há 182 internações em UTIs públicas e 187 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 45% para UTIs adulto e em 21.% para enfermarias.

Rose Velasco | SES-MT

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (21.10), 138.137 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.758 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 850 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 138.137 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 14.164 estão em isolamento domiciliar e 119.661 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 182 internações em UTIs públicas e 187 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 45,50% para UTIs adulto e em 21% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (27.424), Rondonópolis (10.135), Várzea Grande (9.790), Sinop (6.626), Sorriso (6.136), Lucas do Rio Verde (5.836), Tangará da Serra (5.559), Primavera do Leste (4.739), Cáceres (3.404) e Campo Novo do Parecis (2.857).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 110.826 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 734 amostras em análise laboratorial.

Comentários Facebook
Leia mais:  IPVA com desconto de 3% pode ser pago até segunda-feira (23)
publicidade

Mato Grosso

IPVA com desconto de 3% pode ser pago até segunda-feira (23)

Publicado

Proprietários de veículos com placas finais 6 e 7 têm até o dia 23 para recolher o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) com desconto de 3%. O benefício é concedido nos pagamentos em cota única, ou seja, à vista.

A partir do dia 24 até o dia 30 de novembro, o tributo deverá ser pago de forma integral ou parcelada, mas sem direito ao desconto. Após o dia 30, o valor só poderá ser quitado em cota única, com acréscimo de juros e multas.

Os contribuintes que optarem pelo parcelamento podem dividir o valor em até duas vezes mensais, conforme calendário de vencimento. Nesses casos, o valor por parcela não pode ser inferior a R$ 342,00 – correspondente a duas UPF/MT.

Para imprimir o documento de arrecadação (boletos) com as novas datas de vencimento o contribuinte precisa acessar o banner “IPVA 2020”, disponível no site da Sefaz e informar o chassi ou renavan do veículo. Nos casos dos parcelamentos já realizados e impressos, será necessário fazer a reimpressão dos boletos.

Caso o contribuinte tenha dificuldade ou encontre alguma inconsistência na hora de gerar e imprimir os boletos, a Sefaz orienta que entre em contato pelos canais de atendimento virtuais informando todos os dados necessários. O contato deve ser feito pelo Sefaz para Você, disponível no site da secretaria, ou pelo e-mail da Agência Fazendária do domicílio tributário do contribuinte.

Prorrogação

Devido a pandemia da Covid-19 e os reflexos financeiros causados por ela nas finanças dos comerciantes, empresários e pessoas físicas, o Governo de Mato Grosso prorrogou o pagamento do IPVA 2020 para o último trimestre do ano. A medida abrangeu veículos com placa finais 4 e 5; 6 e 7; e 8, 9 e 0, e os parcelamentos já realizados, incluindo os referentes a exercícios anteriores.

Dessa forma, a cobrança do IPVA das placas 8, 9 e 0 que venceriam no mês de julho, passou para o mês dezembro de 2020. Esses são os últimos finais de placas que compõe o calendário do IPVA 2020.

Confira das datas de vencimento das próximas placas:

Comentários Facebook
Leia mais:  IPVA com desconto de 3% pode ser pago até segunda-feira (23)
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana