conecte-se conosco



Polícia

Maior é preso e menor apreendido por roubo a residência em Várzea Grande

Publicado


Assessoria | PJC-MT

Dois jovens, um deles menor de idade, identificados como autores de um roubo a residência em Várzea Grande foram detidos pela Polícia Judiciária Civil, poucas horas após o crime, durante trabalho investigativo da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF-VG).

O assalto a mão armada ocorreu na manhã de domingo (12.01), quando dois suspeitos em posse de um revólver calibre 38, invadiram a residência no bairro Paiaguás em Várzea Grande. Para entrar na casa, os criminosos renderam o filho do casal no portão e em seguida pularam o muro da residência.

A família foi feita refém e ameaçada de morte, enquanto os suspeitos subtraíam diversos objetos da casa, como aparelhos celulares, televisões, notebook, joias e dinheiro. O crime contou ainda com a participação de um terceiro, que ficou em um veículo do lado de fora da casa, para dar apoio a fuga dos criminosos.

Assim que os policiais da DERF-VG foram acionados do crime, iniciaram as diligências conseguindo informações que levaram a identificação de dois suspeitos, um deles menor de idade, como autores do crime. Com base nos levantamentos, os suspeitos foram detidos  e encaminhados a DERF-VG. Parte dos objetos roubados foram recuperados e restituídos à família.

Leia mais:  Polícia Civil prende dois suspeitos por homicídio de rapaz encontrado carbonizado em zona rural

Na delegacia, eles foram seguramente reconhecidos pelas vítimas como os envolvidos na ação criminosa. Interrogados, pelo delegado Afonso Monteiro da Silva Junior, os dois suspeitos confessaram a atuação no assalto e o menor de idade, contou ainda que pegou o carro do pai que estava dormindo para praticar o roubo.

Diante dos fatos, o suspeito maior de idade foi autuado em flagrante pelos crimes de roubo majorado e corrupção de menores, sendo posteriormente encaminhado para Penitenciária Central do Estado (PCE). O menor infrator, após ser ouvido, foi conduzido a Delegacia Especializada do Adolescente (DEA) para as providências cabíveis.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende homem que agrediu ex-companheira com chave de fenda em Várzea Grande

Publicado


Assessoria | PJC-MT

Um homem acusado de agredir a namorada com golpes de chave de fenda teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, nesta quarta-feira (22.01), em ação da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI-VG) com apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres (228 km a Oeste de Cuiabá).

O suspeito, que conviveu 5 anos com a vítima, já havia a agredido anteriormente, no mês de dezembro de 2019. Assim que saiu da prisão, em janeiro, mesmo ciente das medidas protetivas, rompeu a tornezeleira eletrônica para praticar a nova agressão.

O crime ocorreu no dia 10 de janeiro em uma residência no bairro Parque do Lago, em Várzea Grande. O suspeito, pelo fato de não aceitar o fim do relacionamento, pulou o muro da casa em que a vítima estava e a agrediu com diversos golpes com chave de fenda, ferindo a vítima na barriga, nas costas, na nuca, tórax e rosto.

Enquanto a agredia, o suspeito xingava, ameaçava de morte e ao mesmo tempo pedia perdão à vítima. Após o crime, o agressor foi embora, porém, voltou a passar em frente a casa, apontado uma arma de fogo e dizendo que iria matar a vítima.

Leia mais:  Polícia Civil prende homem que agrediu ex-companheira com chave de fenda em Várzea Grande

Diante da gravidade da situação e para evitar um futuro feminicídio, a delegada Mariel Antonini Dias representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela Justiça. A ordem judicial foi cumprida nesta quarta-feira (22), na cidade de Cáceres, com apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher do município.

“Para evitar consequências maiores, como um possível feminicídio, a Delegacia da Mulher de Várzea Grande atuou de maneira grave e eficaz, fazendo que o agressor retornasse à prisão”, disse a delegada.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana