conecte-se conosco



Cidades

Leilão arrecada R$ 1 milhão com venda de imóvel, avião e veículos de traficantes em MT

Publicado

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) arrecadou mais de R$ 1,1 milhão em um leilão realizado com bens apreendidos no combate ao tráfico de drogas no estado.

O leilão de veículos, imóvel e aeronave foi realizado pela Secretaria Adjunta de Justiça (Saju) e o recurso arrecadado será destinado ao Fundo Nacional Antidrogas.

O leilão ocorreu em janeiro e o resultado foi divulgado nesta quarta-feira (12).

Um dos bens arrematados foi uma residência com mais de 125 m² no município de Várzea Grande ao custo de R$ 222 mil. O lance inicial era de pouco mais de R$ 136 mil. Ao todo, 92 bens que estavam disponíveis foram adquiridos.

De acordo com a Sefaz, o resultado do leilão surpreendeu pelo valor alcançado.

Pelo lance inicial dos bens, a expectativa era o alcance de R$ 173 mil. O valor arrecadado ultrapassou em mais de 300% a previsão.

Um novo leilão está previsto para o mês de março.

Somente coma venda da aeronave, carros e barcos foi levantado o valor de mais de R$ 931 mil. Os bens estavam localizados nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande e Cáceres. Além da opção eletrônica, o leilão também teve a modalidade presencial.

Por G1 MT

Leia mais:  Traficante é preso com mais de 60 kg de droga na fronteira de MT com a Bolívia

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

Sicredi libera maior volume de crédito rural entre instituições privadas no 1º semestre do Plano Safra 2019/20

Publicado

Montante disponibilizado para associados do campo já ultrapassa R$ 12 bilhões; instituição estima disponibilizar R$ 20,1 bilhões até o final da safra atual

Conhecido pela forte atuação no agronegócio brasileiro, o Sicredi, instituição financeira cooperativa com mais de 4 milhões de associados e presente em 22 estados e no Distrito Federal, disponibilizou R$ 12 bilhões em mais de 131 mil operações de crédito rural para os associados no primeiro semestre do Plano Safra 2019/20. Trata-se do maior valor liberado entre as instituições privadas que atuaram de julho a dezembro de 2019. Os dados constam no levantamento do Banco Central do Brasil (BC).

Anúncios

Considerando todas as instituições (públicas e privadas) que liberam crédito rural no atual plano safra, o Sicredi foi o segundo maior agente liberador. “Nossa instituição manteve seu tradicional desempenho, fornecendo crédito rural e outras soluções fundamentais para a sustentabilidade do agronegócio. O resultado nos seis primeiros meses do Plano Safra 2019/20 evidencia nosso compromisso de apoiar os associados com produtos e serviços adequados as suas necessidades, contribuindo para o seu crescimento”, destaca Gustavo Freitas, diretor executivo de Crédito do Banco Cooperativo Sicredi.

Para esta safra, a instituição financeira cooperativa estima viabilizar mais de R$ 20,1 bilhões em crédito rural, projetando atingir mais de 220 mil operações. O valor representa um crescimento de 12,3% nos recursos concedidos em relação ao ano-safra anterior, quando foram disponibilizados R$ 17,9 bilhões em 190 mil operações.

Do montante para o ciclo atual, a expectativa é disponibilizar R$ 17,5 bilhões em operações de custeio, comercialização e investimento, além de R$ 2,6 bilhões com recursos direcionados, oriundos do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social).

Sicredi é destaque no ranking de desembolsos do BNDES

Além do desempenho apresentado no primeiro semestre do Plano Safra 2019/20, o Sicredi também ganhou destaque, em 2019, no ranking de desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que tem como objetivo identificar o desempenho das instituições financeiras nas operações indiretas, isto é, aquelas em que o BNDES participa indiretamente no repasse de recursos por meio de um agente financeiro credenciado.  

Na colocação geral, que leva em conta os desembolsos ao longo do ano de 2019, o Sicredi é o segundo colocado no ranking das Instituições Credenciadas das Operações Indiretas do BNDES, disponibilizando R$ 2,9 bilhões em 30 mil operações. Já nos repasses dos Programas Agrícolas, a instituição figura na 1ª posição entre as que liberaram crédito no âmbito do Inovagro. Nesta linha, o Sicredi aprovou 463 operações, liberando um total de R$ 312,9 milhões.

Nas linhas do Pronaf e do Moderagro, a instituição ocupa a 2º colocação entre as que mais desembolsaram crédito rural no ano passado. No Pronaf, o Sicredi disponibilizou R$ 1,1 bilhão em 19 mil operações, enquanto que no Moderagro foram liberados R$ 174,9 milhões em 569 operações. Já na linha Pronamp, a instituição financeira cooperativa ocupa o 3º lugar, com R$ 149,2 milhões liberados para os agricultores em 953 operações.

Comentários Facebook
Leia mais:  Traficante é preso com mais de 60 kg de droga na fronteira de MT com a Bolívia
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana