conecte-se conosco



Mato Grosso

Governo vai investir R$ 1,18 bilhão na Saúde e construir 3 novos hospitais regionais

Publicado

O programa prevê a melhoria da rede estadual de saúde e a retomada de obras que estavam paralisadas há décadas

Carlos Celestino | Secom-MT

Mais MT vai investir R$ 1,1 bilhão na Saúde – Foto por: Christiano Antonucci

Mais MT vai investir R$ 1,1 bilhão na Saúde

A | A

O Governo vai continuar investindo para melhoria dos serviços de saúde e garantia da melhor estrutura para atender a população do Estado. Isso será possível por meio do maior programa de investimentos da história de Mato Grosso, o Mais MT, que vai investir R$ 1,18 bilhão na Saúde pelos próximos quatro anos.

De acordo com o programa de investimentos, serão construídos mais três hospitais regionais nas regiões do Araguaia, Noroeste e Nordeste de Mato Grosso. Para tornar o planejamento uma realidade, o Poder Executivo vai investir R$ 201 milhões. Os profissionais da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) já trabalham na execução dos projetos, que estão na reta final.

Outra grande e importante obra de saúde em execução é a retomada da construção do Hospital Central. A unidade de saúde, localizada no Centro Político Administrativo, está paralisada há 34 anos e foi retomada pela atual gestão, que trabalha para colocar o hospital em funcionamento.

De acordo com o projeto, a unidade terá aproximadamente 32 mil metros quadrados de área total construída, sendo 9 mil da estrutura antiga e 23 mil de ampliação – isto é, construção nova. O valor investido será de R$ 195,9 milhões, tanto na construção e ampliação, como para a compra de equipamentos. A empresa responsável já foi definida em processo licitatório, que está em andamento.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, os investimentos vão impactar positivamente na sociedade, oferecendo um melhor serviço de saúde para quem depende do Sistema Único de Saúde (SUS-MT).

Secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo no Lançamento do Mais MT
Créditos: Mayke Toscano/Secom-MT

“São projetos estruturantes que vão melhorar o atendimento aos pacientes que buscam a rede de saúde em Mato Grosso. Os investimentos vão preencher vazios assistenciais, pois vão proporcionar melhorias das estruturas já existentes com reforma e ampliação e a construção de novas unidades que há décadas são reivindicadas pelas pessoas que moram nas regiões menos favorecidas”.

Fazem parte do pacote a retomada das obras do Hospital Universitário Júlio Muller (R$ 207 milhões), reforma, ampliação e modernização de demais hospitais (R$ 353 milhões), reforma e modernização de Unidades Especializadas (R$ 73,7 milhões), Programa de Cirurgias Eletivas (R$ 28,4 milhões), dobrar os leitos de UTIs dos hospitais regionais (R$ 30 milhões) e Programas de Segmentados (R$ 98,8 milhões).

Hospital Regional Irmã Elza Giovanella em Rondonópolis
Créditos: Mayke Toscano/Secom-MT

Comentários Facebook
Leia mais:  IPVA com desconto de 3% pode ser pago até segunda-feira (23)
publicidade

Mato Grosso

IPVA com desconto de 3% pode ser pago até segunda-feira (23)

Publicado

Proprietários de veículos com placas finais 6 e 7 têm até o dia 23 para recolher o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) com desconto de 3%. O benefício é concedido nos pagamentos em cota única, ou seja, à vista.

A partir do dia 24 até o dia 30 de novembro, o tributo deverá ser pago de forma integral ou parcelada, mas sem direito ao desconto. Após o dia 30, o valor só poderá ser quitado em cota única, com acréscimo de juros e multas.

Os contribuintes que optarem pelo parcelamento podem dividir o valor em até duas vezes mensais, conforme calendário de vencimento. Nesses casos, o valor por parcela não pode ser inferior a R$ 342,00 – correspondente a duas UPF/MT.

Para imprimir o documento de arrecadação (boletos) com as novas datas de vencimento o contribuinte precisa acessar o banner “IPVA 2020”, disponível no site da Sefaz e informar o chassi ou renavan do veículo. Nos casos dos parcelamentos já realizados e impressos, será necessário fazer a reimpressão dos boletos.

Caso o contribuinte tenha dificuldade ou encontre alguma inconsistência na hora de gerar e imprimir os boletos, a Sefaz orienta que entre em contato pelos canais de atendimento virtuais informando todos os dados necessários. O contato deve ser feito pelo Sefaz para Você, disponível no site da secretaria, ou pelo e-mail da Agência Fazendária do domicílio tributário do contribuinte.

Prorrogação

Devido a pandemia da Covid-19 e os reflexos financeiros causados por ela nas finanças dos comerciantes, empresários e pessoas físicas, o Governo de Mato Grosso prorrogou o pagamento do IPVA 2020 para o último trimestre do ano. A medida abrangeu veículos com placa finais 4 e 5; 6 e 7; e 8, 9 e 0, e os parcelamentos já realizados, incluindo os referentes a exercícios anteriores.

Dessa forma, a cobrança do IPVA das placas 8, 9 e 0 que venceriam no mês de julho, passou para o mês dezembro de 2020. Esses são os últimos finais de placas que compõe o calendário do IPVA 2020.

Confira das datas de vencimento das próximas placas:

Comentários Facebook
Leia mais:  IPVA com desconto de 3% pode ser pago até segunda-feira (23)
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana