conecte-se conosco


Economia

Governo do Estado fecha setembro com déficit de R$ 69 milhões

Publicado

O governo do Estado de Mato Grosso fechou o mês de setembro de 2019 com um déficit de R$ 69,6 milhões. 

O valor é a diferença de tudo que foi arrecadado, o que foi pago e as despesas não pagas no mês. 

Em setembro, o Estado arrecadou R$ 1.379.354.359, valor que foi somado a outros R$ 76.461.323, que constavam no saldo da Conta Única no dia 1º daquele mês. Desse valor, o governo efetuou o pagamento dos salários dos servidores ativos no valor de R$ 308.719.018 e dos inativos no valor de R$ 197.755.982.

Somente com repasses obrigatórios aos Poderes, referente ao duodécimo, o valor foi de R$ 198.363.317. Conforme prevê a lei, ao Tribunal de Justiça foi destinada a quantia de R$ 88.215.266; à Assembleia Legislativa o valor foi de R$ 41.395.495; ao Ministério Público R$ 29.184.324; para o Tribunal de Contas do Estado o valor foi de R$ 28.784.198 e para a Defensoria Pública o repasse foi de R$ 10.784.034.

Para as 141 prefeituras de Mato Grosso, no mês de maio, o valor repassado foi de R$ 246.338.284.

A Educação recebeu de recurso referente ao Fundeb a quantia de R$ 125.484.798, além de R$ 9.335.612 também de repasse obrigatório.

À Saúde foi destinada a quantia de R$ 51.735.569 e para o custeio das secretarias de Estado o valor foi de R$ 86.845.399.   

O Estado também fez o pagamento de dívidas bancárias na quantia de R$ 135.641.653. Além desses valores, foi bloqueado judicialmente a quantia de R$ 11.756.807 e para as contas especiais (Fundo Estadual de Equilíbrio Fiscal de Mato Grosso, Mato Grosso Saúde e MT Prev) foi repassado o valor de R$ 16.431.156.

Em investimentos (excluindo Fethab/financiamentos), o Estado destinou a quantia de R$ 6.722.895. 

Ainda cumprindo os repasses obrigatórios, o Estado repassou ao Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal), Imad (Instituto da Madeira do Estado de Mato Grosso), Imafir (Instituto Mato-grossense do Feijão, Pulses, Grãos Especiais e Irrigação) e Detran a quantia de R$ 11.123.508.

Veja as despesas do Estado no quadro abaixo:

Leia mais:  Tarifas de energia do DF terão redução média de 6,79%

Comentários Facebook
Veja as principais ações do mercado financeiro mundial
publicidade

Economia

Agências da Caixa abrem neste sábado para saque do FGTS

Publicado

por

As agências da Caixa Econômica Federal estarão abertas neste sábado (19), das 9h às 15h, para liberação do saque de até R$ 500 em contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os não correntistas do banco nascidos em janeiro. A Caixa também vai trabalhar com horário estendido por duas horas na segunda (21) e na terça-feira (22).

Assim, as agências, que normalmente abrem às 11h, vão iniciar o atendimento às 9h. Já as que abrem às 10h iniciarão os trabalhos às 8h e as que abrem às 9h atenderão a partir das 8h e terão uma hora a mais ao final do expediente. No caso de agências que abrem às 8h, serão duas horas a mais ao final do expediente normal.

O pagamento dos recursos para os trabalhadores nascidos em janeiro começou ontem (18). Na próxima sexta (25), começa o saque para os não correntistas da Caixa nascidos em fevereiro. A lista das agências com horário estendido pode ser consultada na página do banco na internet.

Segundo a Caixa, a liberação dos recursos do FGTS para os nascidos em janeiro beneficiará 4,1 milhões de pessoas, com a injeção de R$ 1,8 bilhão na economia do país. No total, os saques do FGTS podem resultar em uma liberação de cerca de R$ 28 bilhões na economia. Para 2020, serão mais R$ 12 bilhões.

Leia mais:  Setembro tem a maior criação de emprego formal para o mês desde 2013

Cronograma

De acordo com o banco, 40% dos 96 milhões de brasileiros com direito ao saque já receberam os valores referentes ao saque imediato. Desse total, 82% movimentaram o dinheiro pelo celular, sem precisar ir a agências. O depósito automático começou em setembro para quem tem conta corrente ou conta-poupança na Caixa aberta até 24 de julho deste ano.

Em um mês, mais de R$ 15 bilhões em crédito em conta foi feito para quase 37 milhões de trabalhadores. O cronograma seguiu o mês de nascimento do correntista.

Quem nasceu em janeiro, fevereiro, março e abril recebeu em 13 de setembro. Os nascidos em maio, junho, julho e agosto tiveram o dinheiro depositado em 27 de setembro. Em 9 de outubro, foi a vez os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro.

Pagamento de dívidas

Pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revela que quase 10 milhões de brasileiros, cerca de 38% dos que têm direito ao recurso do FGTS, vão usar o dinheiro para quitar dívidas.

Leia mais:  Sexta rodada de partilha e produção da ANP tem recorde de empresas

Para aqueles que não têm conta poupança na Caixa, aberta até o dia 24 de julho de 2019, ou conta-corrente, o calendário começou ontem (18), para os nascidos em janeiro, e vai até 6 de março de 2020, para os nascidos em dezembro.

Segundo a Caixa, cerca de 33 milhões de trabalhadores receberam o crédito automático na conta poupança. Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa: site, Internet Banking ou aplicativo no celular.

Assista na TV Brasil:

*Com informações da repórter Kelly Oliveira, da Agência Brasil

Edição: Wellton Máximo

Comentários Facebook
Veja as principais ações do mercado financeiro mundial
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana