conecte-se conosco


Fronteira

EM OPERAÇÃO: GEFRON e PF apreende droga avaliada em 9 milhões em Mato Grosso

Publicado

Uma ação conjunta do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) e da Polícia Federal (PF) apreendeu, no fim da tarde deste domingo (1), na zona rural de Brasnorte mais de 600 quilos de cocaína pura (cloridrato). A droga estava escondida na carroceria de um caminhão dentro de uma propriedade rural, que fica na zona rural de Brasnorte (MT). Quatro pessoas foram presas. A carga está avaliada em R$ 9 milhões e tinha como destino a Europa.

Os policiais chegaram até os autores do delito após investigação do Núcleo de Inteligência do Gefron e da Polícia Federal. Além da droga, foram apreendidos também um caminhão boiadeiro, e dois veículos Fiat Uno que serviam como batedores do entorpecente.

“Esta é a maior apreensão do ano e é uma ação importante porque uma grande quantidade de droga deixará de ser comercializada, e mais uma vez de forma integrada conseguimos evitar que este entorpecente chegasse aos grandes centros”, ressaltou o coordenador do Grupamento, tenente-coronel PM José Nildo de Oliveira, que destacou ainda que a cocaína pura tem valor comercial maior que outros tipos de entorpecentes.

A droga e os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal de Cáceres. Os três homens e uma mulher devem responder por tráfico internacional de drogas.

Disque denúncia

O Gefron possui um telefone para denúncias anônimas. Qualquer informação que possa auxiliar as atividades policiais na fronteira pode ser feita pelo contato 08006461402. O sigilo do denunciante é garantido.

CONFIRA AS FOTOS:

FONTE: Cáceres Notícias 

Comentários Facebook
Leia mais:  Órfãos e abandonados; bebês de onça-parda são resgatados em rodovia de Mato Grosso
publicidade

Fronteira

Gefron entrega uniformes a crianças e adolescentes de projeto na fronteira

Publicado

O Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron-MT), da Secretaria de Segurança Pública, entregou nesta semana uniformes aos participantes do Projeto Grêmio do Gefron, que tem uma escolinha de futebol para crianças e adolescentes. Participam do projeto 60 alunos de ambos os sexos. As atividades são desenvolvidas no distrito de Vila Aparecida, no município de Cáceres (220 km ao oeste de Cuiabá), região de fronteira que é monitorada pelo Gefron.

 A entrega foi realizada no Canil Integrado de Fronteira (Canilfron), onde foram selecionados 20 alunos para receber o uniforme de passeio. No canil, os alunos puderam conhecer a estrutura física, policiais, viaturas e o principal atrativo – os cães policiais das raças belga de malinois e labrador, que integram a unidade.

O coordenador do Gefron, coronel PM José Nildo de Oliveira, afirmou que o projeto é mais uma atividade preventiva desenvolvida pela unidade com o objetivo de aproximar a polícia da comunidade. “Entendemos também que o trabalho preventivo é muito importante. A cada encontro que fazemos nas escolas vemos surtir efeitos positivos na comunidade”.

Participaram também da entrega dos uniformes o coordenador operacional, major PM Luiz Marcelo, o gerente do Canilfron, sargento Moracir, o presidente do Grêmio Recreativo e Desportivo, sargento Cláudio, o vereador, professor Domingos e demais policiais e membros do Projeto Grêmio do Gefron.

Projetos sociais

Além do Grêmio, o grupamento de fronteira desenvolve outros projetos sociais, como o “Cãominhar”, em Cáceres, e o Gefron em minha comunidade. Todos trabalham com ações preventivas e de auxílio a pessoas em situação de vulnerabilidade social. O Gefron em minha comunidade oferta atividades educativas e de lazer para crianças e adolescentes que vivem na região de fronteira.

O Cãominhar utiliza cães da unidade no auxílio à reabilitação de crianças com autismo e paralisia cerebral. A ação é realizada no Centro de Reabilitação de Cáceres, com quatro cães, em sessões de fisioterapia uma vez por mês.

Canil integrado

Dez cães auxiliam as instituições de Segurança Pública na faixa de fronteira entre Brasil e Bolívia. A unidade foi criada em outubro de 2013 e regulamentada em novembro de 2014. Os cães atuam em três frentes: faro de drogas, busca e resgate e captura, abordagens de guarda. Os cães farejadores são os mais empregados nas ações policiais.

 

Leia mais:  Mato Grosso Saúde e Procon criam canal de comunicação direta

FONTE: Governo do estado de MT

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana