conecte-se conosco



Mato Grosso

Detran-MT alerta usuários sobre site falso de leilões de veículos

Publicado

Autarquia recebeu denúncia nesta sexta-feira (28) sobre a atividade ilegal na internet

Assessoria Detran-MT

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso alerta para práticas ilegais que estão sendo imputadas à Autarquia. Nesta sexta-feira (28) foram recebidas denúncias a respeito de um site que se diz do Detran-MT e divulga leilões de veículos. O endereço na internet https://leiloesdetranmt.org/gov/home é falso e não representa leilões oficiais da Autarquia.

Leilão do Detran-MT é uma das modalidades de licitação específica com base nos artigos 271 e 328 do Código de Trânsito Brasileiro e se trata de um procedimento realizado por leiloeiros cadastrados na Junta Comercial do Estado. Todo o procedimento de leilão é publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) e no site oficial da autarquia, além do acompanhamento pela Comissão Especial de Leilão do órgão.

O Detran-MT oferece um canal de informações eletrônico localizado na página da autarquia na internet. No site oficial o usuário pode obter quaisquer informações sobre os procedimentos e serviços, inclusive informações sobre leilões oficiais (https://www.detran.mt.gov.br/aptos-a-circular).

Disque Detran é outra ferramenta para obter informações sobre procedimentos e serviços do Detran-MT e está disponível pelo telefone (65) 3615-4800 ou pelo e-mail disquedetran@detran.mt.gov.br.

Todas as denúncias dessa natureza são encaminhadas para a Gerência de Combate a Crimes de Alta Tecnologia da Polícia Civil (GECAT).

Veja como proceder diante da situação

1) Para assegurar que está consultando o site correto do Detran-MT, verifique que o endereço (URL), assim como todos os sites governamentais, termina com a extensão “.GOV.BR”;

2) Não abra arquivos anexados (normalmente são programas executáveis criados para causar danos ao computador ou celular com a finalidade de roubar dados pessoais);

3) Não acione links para endereços da Internet (mesmo que esteja escrito o nome do Detran-MT);

4) Se por acaso recebeu alguma mensagem sobre este site, exclua imediatamente a mensagem e denuncie (Ouvidoria Detran-MT 65 3615.4644).

5) Site oficial do Detran-MT https://www.detran.mt.gov.br

Comentários Facebook
Leia mais:  Equipes de fiscalização e resgate patrulham rios do Pantanal em busca de animais feridos
publicidade

Mato Grosso

Mato Grosso registra 117.299 casos e 3.336 óbitos por Covid-19; 97.938 estão recuperados

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quarta-feira (23.09), 117.299 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.336 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.299 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 117.299 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 15.263 estão em isolamento domiciliar e 97.938 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, 255 internações em UTIs públicas e 283 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 60,71% para UTIs adulto e em 32% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (22.916), Várzea Grande (8.765), Rondonópolis (8.520), Lucas do Rio Verde (5.353), Sorriso (4.956), Sinop (4.844), Tangará da Serra (4.785), Primavera do Leste (3.810), Cáceres (2.630) e Campo Novo do Parecis (2.615).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 93.872 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 582 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última terça-feira (22), o Governo Federal confirmou o total de 4.591.604 casos da Covid-19 no Brasil e 138.108 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 137.272 óbitos e 4.558.068 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de quarta-feira (23).

Ana Lazarini | SES

Leia mais:  Mato Grosso já aplicou R$ 1 bilhão em multas por crimes contra a flora

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana