conecte-se conosco



Política

COMBATE A CRIMINALIDADE: Deputado Moretto recebe viaturas da Polícia Civil para reforço na região de fronteira

Publicado

Os veículos Renault Duster serão destinados às Delegacias de Pontes e Lacerda e Vila Bela da Santíssima Trindade.

A Polícia Civil de Mato Grosso recebeu na manhã desta terça-feira (27.10) duas viaturas da Renault, modelo Duster, locadas pelo Governo do Estado por intermédio do deputado estadual Valmir Moretto, visando fortalecer a atuação da segurança pública na região de fronteira.

Os dois veículos zero-quilômetro e caracterizados com a padronização visual da instituição, serão destinados para reforçar os trabalhos investigativos na área oeste do estado. Um carro será entregue para a Polícia Civil de Vila Bela da Santíssima Trindade, e outro para a Polícia Civil de Pontes e Lacerda.

Os veículos são provenientes de recurso oriundo da administração pública estadual por meio de contrato de locação, contando com o apoio do deputado estadual Valmir Moretto para destinação à Polícia Civil para uso nas ações policiais.

Durante o ato de entrega realizada na Diretoria Geral da Polícia Civil, o parlamentar agradeceu os diretores por atender as necessidades e demandas de estruturação das unidades dos municípios de Pontes e Lacerda, Vila Bela da Santíssima Trindade e adjacências.

“Por coincidência homenageamos com Moção de Aplausos os policiais civis de Vila Bela da Santíssima Trindade, que coordenados pelo delegado Maurício Pereira Maciel estão realizando brilhante trabalho , mesmo com apenas uma viatura”, disse o deputado.

Ainda na ocasião Valmir Moretto destacou que a entrega é reconhecimento do trabalho realizado pela atual gestão da Polícia Civil, e pelo governador Mauro Mendes, “que tem organizado Mato Grosso, promovendo condições e respaldo aos nossos servidores de prestar um relevante serviço a sociedade”, completou o deputado.

O delegado-geral Mário Dermeval Aravechia de Resende ressaltou a região de Pontes e Lacerda como local estratégico para o estado, e que com a vinda das viaturas será suprida a necessidade das delegacias, permitindo uma investigação de maior qualidade.

Conforme o diretor do Interior, Walfrido Franklim do Nacimento, a restruturação de veículos da regional de Pontes e Lacerda com duas novas viaturas, no ponto de vista operacional, é uma comemoração. “Nos próximos dias também teremos a reestruturação de material humano com o acréscimo dos novos delegados que logo atuarão na região”, destacou.

Por assessoria

Leia mais:  Lei obriga estabelecimentos a denunciar a violência contra a mulher

https://www.facebook.com/Portaldenoticiasponteselacerdamt/videos/3589959727734515

Comentários Facebook
publicidade

Política

Lei obriga estabelecimentos a denunciar a violência contra a mulher

Publicado

“Não podemos permitir que a violência contra as mulheres, que considero pré-histórica, continue a atormentar a sociedade”, disse o deputado Nininho, autor da lei

Na quarta-feira (25), Dia Internacional de Não Violência Contra a Mulher, Mato Grosso avançou no amparo às vítimas de violência com a Lei nº 11.252, de autoria do deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD), o Nininho, sancionada em 19 de novembro pelo governo do estado.  A lei tem como finalidade a divulgação do Disque Denúncia Nacional de Violência Contra a Mulher em estabelecimentos públicos e privados.

Conforme a lei, o texto altera a Lei nº 9.922, de 24 de novembro de 2013, tornando obrigatória a denúncia por responsáveis de estabelecimentos públicos e privados e colaboradores a acionar o disque denúncia “180”.

Segundo um levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Mato Grosso é o estado com o maior aumento no número de feminicídios durante o isolamento social com um aumento de 400% se comparado até o mês de março de 2019.

De acordo com o autor da lei, as mulheres ganham mais uma ferramenta de proteção. “A lei de 2013 não obrigava a livre iniciativa de terceiros para as denúncias em ambientes públicos, agora a nova lei vai dar mais segurança e inibir os atos de violência. Não podemos permitir que esta violência, que considero pré-histórica, continue atormentar a sociedade”, afirmou Nininho.

O artigo 2º destaca que a divulgação deverá ser feita em condomínios, edifícios e prédios residenciais e comerciais, permitindo que todos os colaboradores passam a ser obrigados a acionar o disque-denúncias nos casos que presenciarem, independente da forma de agressão contra a mulher, bem como todas as formas de agressão previstas na Lei Maria da Penha.

“Ficarão os gestores dos estabelecimentos responsáveis por oferecerem capacitação e orientação aos colaboradores a respeito do disque denúncia”, diz o parágrafo 3º.

O parlamentar agradeceu a celeridade do governador Mauro Mendes. “Quero em nome de todas as mulheres de nosso estado agradecer o governador, primeiro pela sensibilidade de entender a importância da lei e segundo por ele ser um ativista em defesa da mulher”, agradeceu o parlamentar.

Confira o teor da Lei nº 11.252 aqui


Gabinete do deputado Nininho

Telefone:  (65) 3313-6320

Comentários Facebook
Leia mais:  Lei obriga estabelecimentos a denunciar a violência contra a mulher
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana