conecte-se conosco



Esportes

CBF avalia gramado da Arena Pantanal e suspende partida do Brasileirão

Publicado

A Confederação Brasileira de Futebol cancelou o jogo entre Cuiabá e Coritiba, que seria realizada na próxima terça-feira (24) na Arena Pantanal. O motivo é a péssima condição do gramado do estádio que está detonado.

O comunicado foi divulgado no sábado (21).

O jogo entre Cuiabá e Coritiba ocorre pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O gramado da Arena Pantanal teria sido atingido por uma praga, que também pode causar a suspensão dos jogos contra Londrina e Vitória-BA, dias 05 e 11 de outubro, respectivamente.

O estádio é administrado pelo Governo do Estado e a Federação  Mato-grossense de Futebol (FMF), que terão que pôr fim à praga.

FONTE: Repórter MT

Comentários Facebook
publicidade

Esportes

Início instável, afirmação, títulos e saída pelos “fundos”: Arrascaeta reencontra torcida do Cruzeiro

Publicado

Pouco mais de oito meses depois do “divórcio”, Arrascaeta reencontrará o Cruzeiro no Mineirão. Será no sábado, no duelo do time mineiro com o Flamengo, às 17h (de Brasília), pela 20ª rodada do Brasileiro. O jogador viveu anos de glórias na equipe cruzeirense, de lua de mel com o torcedor, mas, no fim, acabou saindo de forma melancólica, quase que pelas portas do fundo da Toca da Raposa, para defender o Rubro-Negro.

Em 2015, depois de ter desmanchado boa parte do time bicampeão brasileiro, a diretoria foi atrás da contratação de Arrascaeta. O meia havia sido um dos principais nomes da Libertadores no ano anterior, ajudando o modesto Defensor, do Uruguai, a chegar à semifinal.

Apesar de ser o grande nome contratado pelo Cruzeiro naquele ano, Arrascaeta ainda era uma aposta. Aos 21 anos, estava em um país diferente e para jogar em um time com dimensões muito mais elevadas do que aquele onde foi revelado. E ele viveu altos e baixos. Não só em 2015, mas também em 2016. Anos, inclusive, em que o time lutou, em determinado momento, contra o rebaixamento no Brasileiro.

Afirmação e títulos

Em 2017, ele começou a escrever uma história mais estável. Apesar de ainda conviver com o banco de reservas em diversos momentos – por conta da presença de Thiago Neves –, apareceu como protagonista em mais oportunidades. Ele fez gol, inclusive, na final da Copa do Brasil, contra o Flamengo. Título que seria o primeiro dele com a camisa azul, depois de quase três anos no clube.

O ano de 2018 foi o que Arrascaeta realmente mudou de patamar. Desde o início foi bem. Campeão mineiro, fez gol na decisão contra o Atlético-MG. Na Copa do Brasil, também foi importante na caminhada e, assim como em 2017, marcou gol na final. Ele estava com a seleção uruguaia para um amistoso no Japão, chegou a São Paulo no dia do jogo decisivo e garantiu o título do Cruzeiro diante do Corinthians.

Recordes

E foi também em 2018 que Arrascaeta chegou a números que o tornaram o estrangeiro com os melhores números na história quase centenária do Cruzeiro. É o “gringo” que mais atuou (188 vezes) e que mais fez gols (50) usando a camisa estrelada. Com 30 bolas na rede, o uruguaio é, também, o maior artilheiro do Mineirão desde que o estádio foi reaberto após obras de modernização, em 2013.

Litígio

Marcando gols decisivos e acumulando recordes, Arrascaeta se tornara ídolo da torcida cruzeirense. No fim de 2018, a preocupação dos torcedores era só uma: será que o Cruzeiro conseguiria manter o jogador na Toca, mesmo com um possível interesse do futebol europeu?

Não houve nada forte por parte dos clubes do Velho Continente. Quem entrou na briga para ter o jogador foi o Flamengo, o mais novo rico do futebol brasileiro. Na apresentação do elenco cruzeirense, no início de janeiro, o camisa 10 não estava na Toca. Ficou no Uruguai. Depois de dias consecutivos sem comparecer aos trabalhos comandados pelo então técnico Mano Menezes, foi negociado com o Rubro-Negro (o Cruzeiro ficou com aproximadamente R$ 55 milhões), e só saiu da sua terra natal para desembarcar no Rio de Janeiro e assinar contrato com o novo clube.

FONTE: Globo esportes

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana