conecte-se conosco


Polícia

Cáceres: Motorista de ônibus escolar é preso suspeito de abusar de alunos durante viagem

Publicado

Um motorista de ônibus escolar, de 53 anos, foi preso suspeito de ter abusado sexualmente de uma aluna de 11 anos em Cáceres, a 220 km de Cuiabá. Segundo a Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, da Criança e do Idoso (Dedm), a prisão ocorreu na sexta-feira (20) e foi divulgada nesta terça-feira (24).

A denúncia foi realizada na Polícia Civil em junho deste ano, após a diretora de uma escola, na zona rural, procurar a unidade policial, para denunciar o assédio.

A diretora contou que inicialmente tomou conhecimento, que o motorista teria tocado no ombro de uma criança de 9 anos e feito ‘elogios’.

O fato teria ocorrido atrás da escola na presença de outra aluna menor. Segundo a diretora, a mãe teria narrado à situação a diretora, mas resolveu não denunciar à polícia.

A diretora informou que começou a apurar a conduta do motorista e passaram a vigiá-lo.

Cinco dias depois duas crianças contaram à diretora que o motorista teria abraçado e beijado a colega de 11 anos.

A menina também confirmou o aliciamento e ainda relatou que o motorista ofereceu dinheiro a ela para não revelar nada.

A responsável pela escola contou que pediu o afastamento do motorista. Uma das famílias também revelou que foi procurada por familiares do motorista e recebeu ameaças para não levaram o caso à polícia.

Diante dos fatos, foi instaurado inquérito policial na Delegacia da Mulher, ouvidas todas as crianças e testemunhas. A delegada Judá Maali Marcondes pediu a prisão do suspeito, que foi cumprida pelos policiais.

Por G1 MT

Comentários Facebook
Leia mais:  Polícia Civil autua reeducando do CRC por tráfico de drogas
publicidade

Polícia

Polícia Civil prende integrantes de quadrilha envolvida em roubos de caminhonetes na fronteira

Publicado

por

Assessoria | PJC-MT

Quatro integrantes de uma quadrilha envolvida em roubos de caminhonetes na região de fronteira foram presos, pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (18.10), em ação das Delegacias de Pontes e Lacerda e Vila Bela da Santíssima Trindade (448 e 521 km a Oeste de Cuiabá).

Robson Costa de Araujo Vieira, 27, Jacinto Neto Barbosa dos Santos, 38, Anderson Mateus Pedroso Camargo, 26 e Daniel Gomes de Toledo, 24, foram flagrados em um ponto de venda de entorpecentes em Vila Bela e confessaram a participação no roubo de um veículo na cidade de Conquista D’Oeste.

As investigações iniciaram quando os policiais da Delegacia de Pontes e Lacerda entraram em contado com a equipe da Polícia Civil de Vila Bela comunicando o roubo de uma caminhonete Chevrolet S10, ocorrido na quarta-feira (16), em Conquista D’Oeste, em que os suspeitos estariam deslocando com o veículo com destino a Bolívia.

Durante as diligências para interceptar o veículo, os policiais receberam informações de que a caminhonete foi encomendada por um traficante da Vila Bela, para ser trocado por drogas no país vizinho.

Leia mais:  Polícia Civil apreende carga irregular de madeira avaliada em R$ 16 mil

Com base na informação, os policiais passaram a monitorar pontos conhecidos por atuarem como bocas de fumo na cidade, onde foram verificadas fundadas suspeitas na casa de dois traficantes da cidade.

Após mais de 24 horas de vigilância, os policiais flagraram o momento que três suspeitos com características pessoais semelhantes às passadas pela vítima chegaram a casa. Diante das suspeitas, os policiais civis solicitaram o apoio da equipe da Polícia Militar para entrar na residência, onde surpreenderam os quatro suspeitos.

Durante a abordagem, os investigados tentaram resistir a prisão, porém acabaram detidos pelos policiais. Questionados, os presos confessaram a participação no roubo da caminhonete e disseram que o veículo foi levado para Bolívia ainda no dia 16.

Em buscas na casa, os policiais encontraram documentos pessoais de outros dois integrantes da quadrilha, que seriam os responsáveis pela boca de fumo e também por levar a caminhonete para a Bolívia. Também foi apreendido no endereço, um prato com resquícios de entorpecente, aparelhos celulares de origem duvidosa e dois botijões de gás produto de furto.

Leia mais:  Polícia Civil desarticula grupo atuante com jogos de azar em Colíder

Diante das evidências, os suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Pontes e Lacerda, onde foi lavrado o flagrante pelos crimes de roubo e associação criminosa.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana