conecte-se conosco



Mato Grosso

Beneficiários do Mato Grosso Saúde utilizaram aplicativo 27,1 mil vezes em 2019

Publicado


Os beneficiários do Mato Grosso Saúde acessaram o aplicativo MT Cidadão 27.111 vezes, entre fevereiro e dezembro de 2019. O aplicativo proporciona acesso a serviços como segunda via de faturas, cartão virtual, verificação de extrato de utilização do Plano, bem como para visualizar os 345 prestadores de saúde divididos nas mais diversas áreas.

A opção mais procurada foi a consulta do cartão virtual (carteirinha), com 5.786 visualizações, seguido por consulta de especialistas por cidade (5.786) e pela busca de médicos (4.445). 

Para a presidente do Mato Grosso Saúde, Misma Thalita dos Anjos, oportunizar a modernização dos acessos aos beneficiários, além de levar comodidade à palma da mão, contribui para uma agilidade nos atendimentos.

“Queremos levar a praticidade aos beneficiários do Mato Grosso Saúde e é isso que o MT Cidadão oferece. Para 2020, estudamos formas de melhorar e incrementar a ferramenta digital para levar mais facilidade aos usuários do plano”, disse. 

Desenvolvido pela Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI), o aplicativo MT Cidadão pode ser baixado nos Smartphones com o sistema operacional iOS e Android, disponíveis gratuitamente nas lojas da App Store e Play Store.

Leia mais:  Governo convoca candidatos classificados no processo seletivo do Hospital Regional de Rondonópolis
Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
publicidade

Mato Grosso

Polícia Civil prende homem que agrediu ex-companheira com chave de fenda em Várzea Grande

Publicado


Um homem acusado de agredir a namorada com golpes de chave de fenda teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil nesta quarta-feira (22.01), em ação da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Várzea Grande (DEDMCI-VG) com apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres (228 km a Oeste de Cuiabá).

O suspeito conviveu cinco anos com a vítima e já havia a agredido anteriormente, no mês de dezembro de 2019. Assim que saiu da prisão, em janeiro, mesmo ciente das medidas protetivas, rompeu a tornezeleira eletrônica para praticar a nova agressão.

O crime ocorreu no dia 10 de janeiro em uma residência no bairro Parque do Lago, em Várzea Grande. O suspeito, pelo fato de não aceitar o fim do relacionamento, pulou o muro da casa em que a vítima estava e a agrediu com diversos golpes com chave de fenda, ferindo a vítima na barriga,  costas, nuca, tórax e rosto.

Enquanto a agredia, o suspeito xingava, ameaçava de morte e ao mesmo tempo pedia perdão à vítima. Após o crime, o agressor foi embora, porém, voltou a passar em frente à casa, apontado uma arma de fogo e dizendo que iria matar a vítima.

Leia mais:  Adolescentes são apreendidos por tentativa de roubo de Cáceres

Diante da gravidade da situação e para evitar um futuro feminicídio, a delegada Mariel Antonini Dias representou pela prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela Justiça. A ordem judicial foi cumprida nesta quarta-feira (22), na cidade de Cáceres, com apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher do município.

“Para evitar consequências maiores, como um possível feminicídio, a Delegacia da Mulher de Várzea Grande atuou de maneira grave e eficaz, fazendo que o agressor retornasse à prisão”, disse a delegada.

Fonte: GOV MT

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana