conecte-se conosco



Polícia

Autor de tentativa de homicídio contra policial militar é preso em ação integrada

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Um dos autores da tentativa de homicídio contra um policial militar no município de Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km a Oeste de Cuiabá) foi preso na manhã desta quarta-feira (11.12) em ação da Polícia Judiciária Civil com apoio da Polícia Militar. 

O trabalho integrado para cumprimento de prisão temporária resultou na prisão do foragido, Renan Kenedy Solis Aliendre, 22 anos.

O jovem é apontado como responsável pelos disparos de arma de fogo, na tentativa de homicídio contra servidores da Segurança Pública, na base da Polícia Militar de Vila Bela da Santíssima Trindade, durante a realização do evento tradicional “Festança” no dia 21 de julho.

Na ocasião do atentado, o então comandante da Polícia Militar no município, Tenente Pamplona, foi alvejado nas costas, porém o projétil ficou retido no colete balístico, em região próxima à nuca, protejendo à vítima.

Durante diligências investigativas para apurar o crime, a Delegacia de Vila Bela da Santíssima Trindade logrou êxito identificar Renan como autor dos disparos. Diante dos indícios de autoria, o suspeito teve a ordem de prisão decretada pela Justiça da Comarca local.

Leia mais:  Polícia Civil cumpre prisão de último alvo da operação Hydrus

De posse do mandado judicial, os policiais civis e militares montaram uma barreira na Rodovia BR 174-b, conseguindo abordar o veículo em que o suspeito estava. Na ocasião,,Renan tentou se esconder no banco de trás do automóvel, mas foi detido. 

Segundo o delegado de Vila Bela da Santíssima Trindade, Maurício Maciel Pereira Junior, as informações apontam que o suspeito e outro comparsa (ainda foragido), identificados como autores do crime vinham se ocultando desde o dia fatos, possivelmente se refugiando na Bolívia.

“Com a prisão do suspeito será possível avançar para a conclusão do inquérito policial, bem como as investigações continuam com objetivo de prender o segundo envolvido”, destacou Maurício Maciel.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Polícia

Polícia Civil apreende 17 quilos de maconha e prende um suspeito em Várzea Grande   

Publicado


Assessoria/PJC-MT

Durante diligências na manhã deste sábado, equipes da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) apreenderam 17 quilos de maconha tipo skank e prendeu uma pessoa em flagrante suspeita pelo comércio de entorpecentes . A apreensão foi realizada em uma casa no Jardim Eldorado, em Várzea Grande.

Além da maconha, os policiais apreenderam substâncias utilizadas para mistura ao entorpecente, embalagens e apetrechos para a distribuição de drogas, celulares e uma motocicleta.

A equipe da delegacia localizou a residência após investigações que apontavam a casa como um provável ponto utilizado para o tráfico de entorpecentes. Durante a ação foi constatado que a residência é um ponto de armazenagem, empacotamento e distribuição de entorpecentes.

A droga e os materiais apreendidos foram encaminhados à DRE. O delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira autuou o suspeito em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. O suspeito confessou que estava sendo pago para cuidar da droga. Ele foi encaminhado para audiência de custódia na justiça.

As diligências continuam para apurar se há envolvimento de outras pessoas com o comércio de drogas na região.

Leia mais:  Polícia Civil apreende 17 quilos de maconha e prende um suspeito em Várzea Grande   

Denúncia

A Polícia Civil tem o serviço de denúncia pelo número 197 e também um canal exclusivo via WhatsApp para recebimento de informações referentes ao tráfico de drogas: (65) 9 9989-0071. O sigilo é absoluto.

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana