conecte-se conosco



Pontes e Lacerda

Autor de latrocínio que vitimou idoso na Paraíba tem prisão cumprida em Pontes e Lacerda

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Civil de Mato Grosso por meio da Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol) com apoio das Delegacias Regional e Municipal de Pontes e Lacerda (500 km ao Norte de Cuiabá), prendeu o autor do latrocínio que vitimou um idoso no estado da Paraíba.

A prisão do suspeito aconteceu após a equipe da Polínter ser acionada por Policiais de Riachão do Bacamarte (PB), distante 100 quilômetros da capital João Pessoa, que solicitaram apoio para localizar e prender o procurado da justiça, que estaria em Cuiabá.

O garimpeiro, Wilson Pereira dos Santos, 49, foi apontado nas investigações como autor de um crime de roubo seguido de morte (latrocínio) que vitimou o idoso, Everaldo Martins de Souza, de 68 anos, no dia 28 de novembro, na região do semiárido no agreste paraibano.

Com as informações repassadas ao Núclio de Inteligência da Polinter, os policiais prosseguiram com as investigações e empreenderam diligências nos prováveis endereços onde poderia ser encontrado o garimpeiro.

Após os levantamentos preliminares, os policiais da Polinter concluíram que o procurado não estava mais em Cuiabá e portanto, e muito provavelmente teria se evadido para o interior do estado se refugiando no município de Pontes e Lacerda.

Leia mais:  SEGURANÇA: Falta efetivo policial e viaturas na Delegacia Regional de Pontes e Lacerda

Com base no levantamento de dados, o Núcleo de Inteligência da Polinter descobriu o paradeiro do procurado na cidade de Pontes e Lacerda, entrando em contato com a Delegacia Regional, que por sua vez acionou os policiais Delegacia do município.

Em posse das informações repassadas, os investigadores diligenciaram incansavelmente até encontrar o suspeito, nesta quarta-feira (04.12), no município, ocasião em que foi dado cumprimento a ordem de prisão contra o procurado.

 

Fonte: PJC MT

Comentários Facebook
publicidade

Pontes e Lacerda

SEGURANÇA: Falta efetivo policial e viaturas na Delegacia Regional de Pontes e Lacerda

Publicado

O deputado estadual Claudinei realizou levantamentos na Delegacia Regional da Polícia Judiciária Civil do município que atende 10 municípios

A Delegacia Regional da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, em Pontes e Lacerda (MT), conta apenas com três delegados e oito viaturas para atender 10 municípios mato-grossenses da região de fronteira. Essa necessidade foi apontada pelo delegado regional, Clayton Queiroz, ao deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) que esteve na instituição, na última quinta-feira (24). Também, estiveram presentes os delegados de polícia Maurício Maciel e Alexandre Nazaré.

Este encontro faz parte das visitas realizadas pela Comissão de Segurança Pública e Comunitária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), em que é presidida por Claudinei. “Quando eu assumi a presidência da Comissão de Segurança este ano, tracei o propósito de visitar os 13 polos regionais do interior da Risp (Região Integrada de Segurança Pública), conversar com todos os chefes das regionais e ver como a gente pode ajudar. É a primeira vez, na história, que essa Comissão visita todos os polos. Agora essa é a sexta regional que visitamos”, diz o parlamentar.

Panorama

O delegado regional, inicialmente, apresentou para Claudinei um mapa com todos os municípios que a unidade atende, além de Pontes e Lacerda, para ter uma compreensão real da região e extensão territorial atendida pelos policiais civis.

“As distâncias entre os municípios apontam a necessidade de mais delegados de polícia, escrivães e investigadores. Ainda mais por ser uma região de fronteira. Só para se ter uma ideia, a distância de Pontes e Lacerda é de quase 700 km de Rondolândia. Temos cobrado muito para nomeação dos aprovados, sendo que já conseguimos a convocação de 30 delegados de polícia. Agora é saber para quais municípios eles serão encaminhados”, comenta o deputado.

Para Clayton é muito importante que a Comissão de Segurança Pública tenha conhecimento da realidade da região, principalmente da polícia civil que é carente de estrutura, viaturas e de todo tipo de infraestrutura para executar o trabalho com excelência. “Esperamos que essas dificuldades sejam sanadas com a visita do deputado Claudinei. Falta de viatura, efetivo e problemas de questões estruturais das delegacias. Espero que através desta Casa de Leis, os problemas possam ser solucionados”, diz o delegado regional.

Viaturas

O presidente da Comissão se comprometeu em levar as demandas da instituição para o governo estadual, bem, como, ao governo federal por meio do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) para a substituição da frota de viaturas que fazem parte do convênio da Estratégia Nacional de Segurança Pública na Fronteira (Enafron), firmado em 2012 juntamente com os governos de Mato Grosso e federal.

“Todos estes levantamentos que realizamos pela Comissão, como a falta de viaturas, vamos levar para o governo federal. Já solicitamos uma agenda que está tramitando. A gente vai estar lá pessoalmente cobrar, pedindo para substituir estes veículos para toda essa região que está próxima da fronteira. Tem que ter uma atenção. A falta de delegados é preocupante também”, posiciona Claudinei.

Queiroz salienta que os policiais atuavam com viaturas descaracterizadas do Enafron na fronteira, pois os outros veículos da unidade são todos caracterizados – sendo que não são mais utilizadas por falta de manutenção. “Aqui tem viaturas próprias. Fazer manutenção é cômodo, porque a prefeitura ajudava e o Conseg (Conselho de Segurança Pública e Comunitária) do município. Parece que (o governo estadual) comprou para usar até acabar. Precisamos de uma condição mínima para trabalhar”, lamenta Clayton.

Indicação – Delegado Claudinei já apresentou na Casa de Leis, importantes proposições para atender a região de fronteira, como as indicações de nº 854/2019 e n.º 1.913/2020 que apontaram a necessidade de renovação da frota da Polícia Judiciária Civil para atender as delegacias regionais de Cáceres, Pontes e Lacerda e Tangará da Serra.

Instituição – Além de Pontes e Lacerda, a Delegacia Regional atende os municípios de Comodoro, Rondolândia, Vila Bela da Santíssima Trindade, Conquista d´Oeste, Nova Lacerda, Figueirópolis d´Oeste, Jauru, Vale de São Domingos e Campos de Júlio.

Informações:
Samantha dos Anjos – Assessoria de Imprensa

Comentários Facebook
Leia mais:  SEGURANÇA: Falta efetivo policial e viaturas na Delegacia Regional de Pontes e Lacerda
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana