conecte-se conosco



Mato Grosso

Apartamento e casa de ex-governador de MT vão a leilão com lances iniciais de R$ 1,2 milhão e R$ 2,4 milhões

Publicado

Colocados em leilão, um apartamento e uma mansão do ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, já estão abertos para lances. Na quarta-feira (18), a leiloeira, a serviço do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), divulgou fotos dos imóveis e abriu prazo para os lances, com valores iniciais de R$ 1.202 milhão e R$ 2.440 milhões, respectivamente.

Os imóveis estão entre os nove bens entregues à Justiça pelo ex-governador após acordo de delação premiada para restituir os cofres públicos. Juntos, eles estão avaliados em cerca de R$ 52 milhões.

O apartamento fica em um condomínio de luxo, no Bairro Jardim das Américas, em Cuiabá, próximo a um shopping.

Os lances foram ser feitos pelo site da leiloeira e também presencialmente.

O prazo máximo para habilitação eletrônica dos interessados termina no dia 14 de outubro, ou seja, 48 horas antes do encerramento do leilão presencial, que ocorrerá no dia 16 de outubro.

Para participar do leilão presencial não é necessário o cadastro prévio. Basta ir ao local do leilão, no dia e horário marcado pela Justiça, com documentos pessoais para pessoa física e contrato social com procuração assinada pela pessoa jurídica, e fazer o lance. Já o leilão eletrônico requer cadastro em até 48 horas antes do leilão.

A casa oferecida em leilão fica em Matupá, a 696 km de Cuiabá, e ocupa três terrenos. Antes se tornar deputado e governador, Silval Barbosa morava em Matupá. Em dezembro do ano passado, ele voltou para a cidade, depois de conseguir autorização da Justiça.

Os bens – entre apartamentos, terrenos e imóveis rurais –, ficam nos municípios de Cuiabá, Peixoto de Azevedo, Matupá e Chapada dos Guimarães.

O imóvel mais caro é uma fazenda, que fica no município de Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá, no valor de R$ 33 milhões. A área rural tem 1.248.6647 hectares.

Condenação

O ex-governador foi condenado a 13 anos e sete meses de prisão por liderar uma organização criminosa que desviou mais de R$ 2,5 milhões dos cofres públicos por meio da concessão fraudulenta de incentivos fiscais a empresários por meio do Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Prodeic).

O crime, investigado na Operação Sodoma I, ocorreu durante a segunda gestão de Silval, entre os anos de 2011 e 2014.

Como confessou a participação no crime e firmou acordo de delação premiada com o Ministério Público Federal (MPF), Silval cumpre a pena em regime domiciliar diferenciado, não podendo se ausentar da sua residência sem autorização da Justiça e devendo ser submetido ao uso de tornozeleira eletrônica em tempo integral.

Silval teve a prisão domiciliar decretada mediante a entrega dos bens.

FONTE: G1

Comentários Facebook
Leia mais:  Vítimas de covid-19 serão sepultadas, obrigatoriamente, na cidade que falecerem
publicidade

Mato Grosso

NOTA DE ESCLARECIMENTO: Detran-MT não tem caso confirmado de servidor com coronavírus

Publicado

O Detran-MT reforça que, desde que as unidades voltaram a funcionar de forma presencial, foram tomadas todas as medidas de prevenção e segurança necessárias para preservar a saúde dos servidores e da população

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) informa que, até o momento, não tem nenhum caso confirmado oficialmente de servidor com o novo coronavírus.

No caso do município de Várzea Grande, o Detran-MT tem dois postos localizados dentro do Várzea Grande Shopping, com os servidores trabalhando em regime de revezamento. Um posto fica no primeiro piso, onde presta os serviços de Habilitação, dentro do Centro Estadual de Cidadania. O outro posto está localizado no segundo subsolo, prestando os serviços de Veículos.

No último dia 19 de maio, uma servidora do Detran-MT, lotada no Centro Estadual de Cidadania, relatou alguns sintomas de gripe e foi imediatamente afastada do trabalho pela equipe de Gestão de Pessoas da Autarquia.

Desde o afastamento da referida servidora, nenhum outro servidor da unidade apresentou sintomas gripais, sendo que todos encontram-se em acompanhamento pela equipe de Saúde do Detran-MT. Até o momento, sem relatos de sintomas.

O Detran-MT ressalta ainda que existe um procedimento de higienização periódica de todas as unidades, contando com apoio do Corpo de Bombeiros Militar e do Exército Brasileiro na desinfecção dos ambientes nas unidades de Cuiabá e Várzea Grande. 

O Detran-MT também reforça que, desde que as unidades voltaram a funcionar de forma presencial, foram tomadas todas as medidas de prevenção e segurança necessárias para preservar a saúde dos servidores e da população, com a distribuição de máscara, álcool 70%, manutenção do distanciamento mínimo, bem como o acompanhamento de possíveis casos suspeitos de Covid-19. 

Lidiana Cuiabano | Detran-MT

Leia mais:  NOTA DE ESCLARECIMENTO: Detran-MT não tem caso confirmado de servidor com coronavírus

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana