conecte-se conosco



Política

AL cobra cumprimento de metas da educação fixadas em 2019

Publicado


Foto: ANGELO VARELA / ALMT

A Assembleia Legislativa aprovou requerimento (802/2019), de autoria do deputado estadual Wilson Santos (PSDB), que solicita informações a respeito das ações desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) nas ações elencadas como prioridades pelo Poder Executivo durante o ano de 2019.

No rol de ações que integraram as metas do Executivo estão a valorização dos profissionais da educação por meio de programas permanentes de formação inicial e continuada, a retomada e conclusão de obras paralisadas e estímulo a programas e projetos de desenvolvimento de leitura e escrita.

Também foi tido como prioridade pelo Executivo a implementação de em parceria com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, para combate ao tráfico e uso de drogas no meio estudantil; a criação do Conselho de Segurança Escolar; realização de concurso público para preenchimento de vagas e garantia do repasse dos recursos para aquisição de equipamentos e infraestrutura das escolas, alimentação e transporte escolar.

Membro da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, o deputado Wilson Santos explica que seu pedido de informações tem a disposição de auxiliar o governo do Estado no cumprimento de metas.

“Queremos saber os motivos de metas que não tenham sido cumpridas. A proposta é contribuir com propostas para que a educação dos mais pobres avance em graus significativos em Mato Grosso”, disse.

Em 2018, o Ministério da Educação (MEC) divulgou que Mato Grosso ultrapassou as metas previstas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), no ensino fundamental. No entanto, o ensino médio nas escolas continuou com a média abaixo da meta estabelecida para 2017, apesar de ter apresentado avanço em relação à avaliação feita em 2015.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
publicidade

Política

ELEIÇÕES 2020: Partido do Deputado Moretto, Republicanos lança médico à prefeitura de Cáceres

Publicado

Cenário negativo da saúde gerado pela crise do novo coronavírus (Covid-19) levou o partido, sob a liderança do deputado Valmir Moretto, a lançar o nome do Médico Dr. Odenilson para chefiar o executivo municipal.

O Partido Republicanos decidiu lançar o médico Odenilson José da Silva para a disputa pela prefeitura de Cáceres (a 220 km de Cuiabá). A decisão de formar uma chapa majoritária (prefeito/vice) foi tomada após reunião da Comissão Executiva do partido na cidade, realiza em (1°) de julho, por videoconferência.

A candidatura tem o aval do deputado Valmir Moretto, que é do partido e tem fortes ações na cidade, como a retomada das obras da MT-343, funcionamento do Porto Fluvial de Cáceres, e novos leitos de UTI1s para o Hospital Regional.

O Partido afirma também que um nome médico é necessário para que o executivo tenha uma gestão mais humana, com foco no desenvolvimento social, econômico da cidade.

Após a reunião, o deputado Valmir Moretto determinou que o presidente do Partido na cidade, professor Salmo Cesar da Silva, elaborasse uma ata com as demandas para o pleito municipal em 2020. Uma das demandas é de que haja reuniões com outras agremiações políticas para formar alianças.

Também ficou determinada reuniões com representantes de setores como da educação, saúde, segurança, empresarial, grandes e pequenos produtores, além de movimentos sociais. O objetivo é entender cada uma das necessidades para resolvê-las ao assumir o executivo municipal.

“Desde já o Presidente do Partido Republicanos fica autorizado a reunir e a buscar alianças, com a finalidade de formar a melhor chapa majoritária e que corresponda aos anseios da população cacerense, sendo uma combinação entre candidatos de partidos que se afinam em suas ideias”, consta na ata.

Além de ser especialista na área da saúde, o médico ainda representa outros setores, por atuar no município também como pecuarista e empresário.

Currículo de peso

O médico Odenilson José da Silva é graduado em Medicina pela Universidade Federal De Mato Grosso. É especialista em oftalmologia e medicina de tráfego, além de ser proprietário do Centro Oftalmológico de Cáceres (COC).

Ainda na área da saúde, Odenilson é professor do curso de Medicina da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e também servidor do Hospital Regional de Cáceres, onde atendia no setor de Trauma e Emergência (atualmente afastado para disputar as eleições).

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana