conecte-se conosco


Fronteira

1° Tenente Ladislane Simonini Silva se despede do GEFRON, após quase cinco anos de serviço prestado à unidade

Publicado

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livreA jovem oficial iniciou sua carreira policial militar no ano de 2011, ingressando no Curso de Formação de Oficiais da PMMT e se formou em 2013, tendo trabalhado por volta de um ano e meio no serviço ordinário da instituição.

Sua experiência no GEFRON se iniciou no dia 11 de março de 2015, com sua apresentação na unidade, época que tinha apenas 22 anos e foi destaque na imprensa do Estado por ser a primeira policial feminina, nomeada para comandar operações do grupo.

Desde então Ladislane exerceu constantemente a função de chefe de operações, ficando à frente das mais diversas missões policiais, conquistando uma alta produtividade que lhe deixou famosa por conduzir as jornadas de serviço com maior volume de apreensões.

Neste tempo, ainda acumulou diversas outras funções, dentre elas gerente de instruções em duas das três edições do Curso de Policiamento de Fronteira (CPFRON), Vice-coordenadora da primeira corrida e Coordenadora da segunda corrida do GEFRON – O Desafio da Fronteira.

Além destas, sua última função foi como Comunicadora social e Assessora de imprensa do Grupo, sendo a responsável pela divulgação das ações da unidade nas redes sociais e contato com a imprensa.

A tenente Ladislade também realizou diversos cursos durante sua permanência no GEFRON: o Curso de Policiamento de Fronteira (CPFRON) no DOF/MS, Estágio de Adaptação ao Pantanal (EAPAN) no 2°BFRON e Curso de Operações Temáticas (COTEM) na PRF, experiências que engrandeceram seu conhecimento técnico, lhe capacitando a atuar como instrutora em diversas disciplinas nas três edições do Curso de Policiamento de Fronteira, nas Instruções de Nivelamento de Conhecimento e em outras atividades de ensino da unidade.

A tenente retornará para as fileiras da PMMT, levando consigo toda a bagagem de conhecimento e principalmente experiência adquirida em seus anos a serviço do Grupo.

Texto/Assessoria 

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e sapatos

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e sapatos

Comentários Facebook
Leia mais:  Criminoso morre na fronteira de MT em confronto com a polícia ao tentar levar carro roubado para a Bolívia
publicidade

Fronteira

Criminoso morre na fronteira de MT em confronto com a polícia ao tentar levar carro roubado para a Bolívia

Publicado

Um homem morreu nesse domingo (17) em confronto com policiais do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) na região de Cáceres, a 220 km de Cuiabá. Segundo o Gefron, o suspeito estava em um carro roubado e tentava atravessar a fronteira para a Bolívia.

O nome dele não foi divulgado.

De acordo com o Gefron, os policiais patrulhavam a zona rural quando viram a aproximação de uma motocicleta e um carro.

O motociclista, ao ver a polícia, abandonou a moto fugiu a pé. Já o motorista do carro desceu do veículo armado com um revólver e apontou.

O Gefron reagiu e atirou. O suspeito ainda tentou fugir a pé e foi encontrado a 50 metros do local onde deixou o automóvel.

O suspeito foi levado ao Hospital Regional de Cáceres onde não resistiu e morreu durante o atendimento. Tanto a motocicleta quanto o carro tinham registro de roubo. A moto, modelo NXR Bros, havia sido roubada no dia 9 em Cáceres e o veículo, um Ka, foi roubado no dia 14 na capital.

O boletim de ocorrência foi registrado e entregue na Delegacia Especial de Fronteira (Defron).

Por g 1 MT

Leia mais:  Criminoso morre na fronteira de MT em confronto com a polícia ao tentar levar carro roubado para a Bolívia

Comentários Facebook
Continue lendo
publicidade

Pontes e Lacerda

publicidade

Polícia

Cidades

Mais Lidas da Semana